Publicidade

Posts com a Tag Áustria

quarta-feira, 21 de julho de 2010 Seleção francesa | 19:42

Novo festival ofensivo

Compartilhe: Twitter

“Nouveau festival offensif”. Assim a Federação Francesa de Futebol classificou a goleada da seleção sub-19 sobre a Áustria, por 5 a 0, nesta terça-feira, pela Eurocopa da categoria. Em dois jogos, foram nove gols marcados e apenas um sofrido.

frança sub-19 uefa

Eta mulecada porreta! (Foto: Uefa.com)

Antoine Griezmann e Alexandre Lacazette, com dois gols cada um, comandaram a elástica vitória. Enzo Reale fechou o placar em Flers. Agora, um empate contra a Inglaterra (que hoje perdeu para a Holanda), no sábado, coloca os Petit Bleus nas semifinais do torneio, disputado em solo francês. Os meninos vão diminuir o ritmo para jogar pelo regulamento ou atropelar mais um adversário para mostrar serviço ao mundo do futebol adulto?

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 14 de outubro de 2009 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 18:06

Bom para a estima ofensiva

Compartilhe: Twitter

Já garantida na repescagem, a França encerrou sua participação nas Eliminatórias europeias com vitória, 3 a 1 sobre a Áustria no Stade de France. De fato, Raymond Domenech fez alguns testes, e Karim Benzema, reserva contra as Ilhas Faroe, aproveitou bem, deixando o seu. Thierry Henry converteu pênalti e cravou seu 51º gol com a camisa da seleção, consolidando-se como maior goleador da história dos Bleus. Por fim, André-Pierre Gignac manteve o embalo e também marcou.

Hoje, a França começou a partida em Saint-Denis com Lloris; Fanni, Squillaci, Escudé e Clichy; Sissoko, Alou Diarra, Govou e Malouda; Henry e Benzema. No segundo tempo, os atacantes foram trocados por Gignac e Gomis. Só pra efeito de comparação, os 11 que começaram o jogo contra Ilhas Faroe foram: Mandanda; Sagna, Gallas, Abidal e Evra; Lassana Diarra, Toulalan, Govou e Henry; Anelka e Gignac.

Como a Sérvia, assegurada na África do Sul-2010, perdeu para a Lituânia por 2 a 1, a distância final entre franceses e sérvios na tabela do grupo 7 ficou em apenas um ponto, se é que isso também ajuda na estima. Ah, a melhor imagem da partida é essa aí da agência Reuters, provando que ainda há franceses patriotas, idiotas e péssimos na segurança de um grande evento…

Avisa o Alain Prost que esse esporte é outro...

Avisa o Alain Prost que esse esporte é outro...

O que falta para a Copa?
Além da França, disputam as quatro vagas da repescagem Rússia, Portugal, Grécia, Ucrânia, Irlanda, Eslovênia e Bósnia-Herzegovina. Os oito países serão divididos em dois grupos de quatro, na próxima segunda-feira, conforme ranking a ser estabelecido pela Uefa, com base na Fifa. Ou seja, Les Bleus, como devem fazer parte do grupo dos quatro melhores junto com Rússia, Portugal e Grécia, não devem enfrentar esses países no mata-mata que valerá a esperada vaga no Mundial. Para mim, seria mais fácil enfrentar, nessa ordem: Eslovênia, Bósnia, Irlanda e Ucrânia.

Se quiser saber mais sobre o jogo, leia o relato publicado no iG Esporte clicando aqui. Mas se quiser comentar a respeito, faça-o aqui embaixo, porque neste blog ele vale muito mais!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 13 de outubro de 2009 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 19:51

Hoje e amanhã

Compartilhe: Twitter
 

 

Hoje, Yann M'Vila disputa bola com belga (AFP)

Hoje, Yann M'Vila disputa bola com belga (AFP)

 

Hoje, os jogadores da seleção francesa Sub 21 – que devem conquistar espaço no futebol profissional num amanhã próximo – empataram com a Bélgica pelas eliminatórias da Eurocopa 2011, em duelo de líderes do grupo 8. A partida teve duas expulsões, mas nenhum gol. Mesmo jogando em Mouscron, solo belga, Les Bleuets foram melhores em campo.

Amanhã, é a vez dos atletas que fazem parte dos Bleus hoje, na derradeira partida pelas Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo do ano que vem, que se avizinha. A partir das 16h de Brasília (21h na França), os comandados por Raymond Domenech, classificados para a repescagem, recebem a Áustria, terceira colocada e sem chances de ir à Àfrica do Sul como participante do Mundial, no glorioso Stade de France.

Deve existir um resto de sentimento vingativo, afinal a única derrota francesa no torneio foi pelo placar de 3 a 1 em Viena, lá na primeira rodada, em setembro passado. Mas creio que o técnico deveria virar esta página desbotada e aproveitar a chance de apenas cumprir tabela para testar alterações e novidades na equipe. Só que isso não veremos hoje, só amanhã!

 

Amanhã, prováveis equipes no Saint-Denis, segundo AFP

Amanhã, prováveis equipes no Saint-Denis, segundo AFP

Autor: Tags: , , , ,

sábado, 10 de outubro de 2009 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 19:22

Dia de passeios

Compartilhe: Twitter
Domenech e Henry passearam antes do jogo em Perros Guirec (AP)

Domenech e Henry passearam antes do jogo em Perros Guirec (AP)

E Gignac passeou com a bola rolando. Será que Benzema aplaudiu? (Reuters)

E Gignac, com a aprovação do chefe, passeou com a bola rolando. Será que Benzema aplaudiu? (Reuters)

A França começou o duelo contra Ilhas Faroe empolgada, com a torcida empurrando, o que não é nada difícil no acanhado Stade du Roudourou. Chegar à beira da área de Faroe era fácil, mas daí para frente a marcação não permitia chances perigosas de gol. Porém, aos 23 minutos, Govou bateu da risca da grande área, o goleiro ficou olhando e bola rebateu na “forquilha”, ângulo formado pela trave e pelo travessão: quaase! A torcida visitante, pintada e com flâmulas, tentou fazer barulho no 1º tempo em Guingamp, mas depois não teria motivos para comemorar.

Os visitantes mostravam resistência, e chegaram ao ataque por volta dos 30 minutos. Mesmo eliminada, a seleção do arquipélago levava a parada a sério, com muito afinco, o que começou a deixar os franceses irritados à medida que o tempo passava. Com 32, Henry recebeu lançamento, entrou na área na frente do goleiro mas tocou um pouco forte demais, com a bola caindo na rede pelo lado de fora. Mas um minuto depois, alívio no norte da França: boa trama de passes entre Henry, Anelka e Gignac, que recebeu no meio da área, girou, finalizou e contou com desvio na zaga para atrapalhar o arqueiro – 1 a 0.

Ficaria tudo mais fácil ainda aos 38, quando o artilheiro do último Campeonato Francês mostrou que estava inspirado: dividiu bola alta na intermediária, ganhou na sorte, veio trazendo para a área, e mesmo seguido por uns quatro adversários conseguiu bater cruzado, com precisão! André-Pierre Gignac 2 x 0 Ilhas Faroe.

Nenhum dos dois treinadores fez substituições no intervalo. Logo aos 7 minutos, floresceu a goleada quando Henry cruzou no segundo pau e Gallas ampliou de cabeça, fazendo 3 a 0. Dez minutos depois, Domenech promoveu duas alterações, com a estreia de Sissoko, no lugar de Toulalan, e a vinda de Malouda, substituindo Govou. Por fim, Benzema seria o último reserva a vir para campo, aos 28, no lugar do aplaudido Gignac – que, contando a partida de ida, em Torshavn, marcou três gols contra os “faroenses”.

A anunciada goleada se concretizaria no finzinho, com Anelka e Benzema deixando suas marcas – o primeiro só empurrando rebote do goleiro, e o segundo concluindo bela jogada no cantinho. Numa noite em que o pobre guarda-metas Mikkelsen se acostumou a buscar a bola dentro do gol, Domenech viu seus atacantes mostrarem um bom serviço nestes 5 a 0 em Guingamp.

Como a Sérvia não deu qualquer chance para a Romênia e também meteu 5 a 0, os sérvios estão na Copa e os franceses vão para a repescagem mesmo, pois, com a goleada de hoje, frustraram qualquer esperança da Áustria, que bateu a Lituânia por 2 a 1. Veja como está a classificação do grupo 7 e qual a rodada que resta, só pra cumprir tabela, na próxima quarta-feira:

1º Sérvia – 22 pontos, 7 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 21 gols pró, 6 gols contra, saldo de 15
2º França – 18 pontos, 5 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 15 gols pró, 8 gols contra, saldo de 7
3º Áustria – 14 pontos, 4 vitórias, 2 empates, 3 derrotas, 13 gols pró, 12 gols contra, saldo de 1
4º Lituânia – 9 pontos, 3 vitórias, 0 empate, 6 derrotas, 8 gols pró, 10 gols contra, saldo de -2
5º Romênia – 9 pontos, 2 vitórias, 3 empates, 4 derrotas, 9 gols pró, 17 gols contra, saldo de -8
6º Ilhas Faroe – 4 pontos, 1 vitória, 1 empate, 7 derrotas, 4 gols pró, 17 gols contra, saldo de -13

14 de outubro (quarta-feira)
França x Áustria
Romênia x Ilhas Faroe
Lituânia x Sérvia

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 9 de setembro de 2009 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 18:00

Pelo menos a repescagem: obrigação!

Compartilhe: Twitter

Cheguei mais cedo à redação do iG para acompanhar Sérvia x França ao vivo. Mais cedo, para mim, é 16h mesmo, porque às quartas eu costumeiramente faço o peculiar horário das 17 às 25 horas… Logo de cara, tive que aguentar os colegas jornalistas torcendo contra os bleus, afinal eles comungam do surpreendente fato de serem… brasileiros. Bom, vamos ao que rolou em Belgrado.

Logo aos 8 minutos, não poderia ficar pior: Lloris derruba Zigic na área, é expulso e o pênalti está marcado. Quatro minutos depois, Gignac é sacrificado e Mandanda vai para o gol, mas o placar está aberto: Milijas bateu no alto, com eficiência, 1 a 0. 

Indecisão de Gallas e Abidal + precipitação de Lloris = tudo mais difícil (AFP)

Apesar de jogar com um a menos, a França adiantou a marcação, afinal, para a Sérvia, o jogo podia acabar ali. Mas chegar à área adversária estava difícil; aos 24, Gourcuff tentou de longe, mas o chute foi mais longe ainda. Henry brigava muito, mas nada produtivo. 

Até que os franceses “acharam” um gol: Anelka abriu espaço, chutou na direção de Stojkovic mas o goleirão bateu roupa e largou nos pés de Thierry: 1 a 1 e sobrevida aos Bleus! A partida ficou equilibrada, com os visitantes, com destaque para Lass, se defendendo bem das investidas de Stankovic e companhia. O volante do Real Madrid faria a primeira boa jogada do 2º tempo, arrancando pelo meio e provocando o primeiro cartão amarelo do jogo, justamente para o meia da Inter de Milão. 

Em três minutos, dois lances de perigo: Anelka chutou bola venenosa aos 12, deixando Stojkovic irritado com sua defesa. Aos 15, Mandanda foi testado e respondeu muito bem, desviando bomba de Jovanovic que explodiu no travessão. O duelo ficava mais aberto e agradável de acompanhar, pois a Sérvia, buscando o ataque, dava espaços para Henry e Anelka. Evidentemente, os ânimos se acirraram também.

Aos 30, Domenech trocou Henry por Ribéry, afinal um gás extra era necessário no ataque francês, sempre minoria contra a defesa sérvia. Estar em desvantagem numérica aumentava o número de faltas cometidas e cartões amarelos para o lado dos Bleus. Também cansado, Gourcuff deu lugar a Alou Diarra aos 40 minutos. Com 44, Lazovic leva vermelho por reclamação, mas aí era tarde demais para a França: fim de papo, 1 a 1. 

Não veio a vitória, mas ainda restam razões para se manter a cabeça erguida (AFP)

Agora o babado é o seguinte: restam duas rodadas para todos no grupo 7 (seis pontos a disputar) e quatro pontos separam a vice França tanto da líder Sérvia quanto da terceira, a Áustria. Ou seja, ganhar as duas próximas é preciso para manter alguma chance de liderança ou, se apenas sobrar a segunda colocação, espantar a possibilidade de ser a pior segunda colocada dos nove grupos europeus. Veja os próximos jogos: 

10 de outubro 
França x Ilhas Faroe 
Áustria x Lituânia
Sérvia x Romênia

14 de outubro
 
França x Áustria
Romênia x Ilhas Faroe
Lituânia x Sérvia

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 10 de junho de 2009 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 20:37

Emoções fortes à vista

Compartilhe: Twitter

O futebol está aberto a surpresas de vez em quando. Mas a milagres, raramente. Se algum francês na face da França esperava que a seleção das Ilhas Faroe, lanterna do grupo 7, fosse tirar algum ponto da líder Sérvia nas Eliminatórias para a Copa de 2010, mesmo jogando em casa, só nos cabe dizer: Désolé!

O placar de 2 a 0 para os ex-iugoslavos os deixa com 18 pontos, 8 a mais que a França, vice-líder da chave. Restam três partidas (9 pontos em jogo) para os sérvios e cinco (15 pontos a disputar) para os franceses, que, se não conseguirem tomar a ponta, serão obrigados a garantir o segundo posto para evitar o desastre de ficar fora da África do Sul em 2010. Um ponto atrás dos Bleus está a Lituânia, mas ela só tem mais três jogos a fazer. Áustria e Romênia, três pontos atrás da França, também não podem ser considerados fora do páreo.

Veja as próximas e derradeiras partidas do grupo 7, que promete fortes emoções na definição dos dois primeiros colocados – o campeão vai direto para o Mundial, mas o vice precisará eliminar um outro vice europeu no enfartante sistema de mata-matas:

19 de agosto 
Ilhas Faroe x França 

05 de setembro
  
França x Romênia
Áustria x Ilhas Faroe

09 de setembro
Sérvia x França
Romênia x Áustria
Ilhas Faroe x Lituânia 

10 de outubro
 
França x Ilhas Faroe 
Áustria x Lituânia
Sérvia x Romênia

14 de outubro
 
França x Áustria
Romênia x Ilhas Faroe
Lituânia x Sérvia

É melhor Henry ter condições de jogo, senão as Eliminatórias podem não acabar assim para ele (AP)

Autor: Tags: , , , , , ,