Publicidade

Posts com a Tag Arsenal

terça-feira, 17 de março de 2015 Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 23:45

Na maior das ligas, Ligue 1 bate Premier League

Compartilhe: Twitter
Wenger cumprimenta Jardim no estádio Louis II

Wenger cumprimenta Jardim no estádio Louis II

Dois confrontos França x Inglaterra na Liga dos Campeões da Europa, duas vitórias nossas. Não é pra se comemorar apenas porque ganhar do vizinho com quem se tem rixa histórica é gostoso. É principalmente pra dar um recado aos “analistas” de futebol, como alguns jornalistas brasileiros, que consideram a liga francesa fraca e a inglesa como a melhor da Europa. A distância não é tão grande assim, meus caros!

Se der a lógica amanhã e o Barcelona eliminar o Manchester City, não haverá nenhum bretão entre os oito melhores da Champions, o que imagino que não aconteça faz um bom tempo. E já sabemos que 25% dessa nata é francesa, relembrando a temporada 2009/10, a última em que o país de PSG e Monaco colocou dois postulantes nas quartas – na ocasião, Lyon e Bordeaux.

O Monacô hoje quase passou uma lição de como não administrar uma confortável vantagem construída na ida. Estava em casa mas deixou o Arsenal vir pra cima, tomou o primeiro, não mudou a postura, levou o segundo, e seguiu se segurando no sufoco pra não sofrer o terceiro. Ufa, deu certo! Recompensa para o bom trabalho do técnico português Leonardo Jardim. Tormenta para o treinador francês Arsene Wenger, que cai com os Gunners nessa etapa da UCL pelo quinto ano seguido!

Na sexta-feira de manhã, às 8h de Brasília, começará o sorteio da Uefa para a definição das quartas de finais, com transmissão da ESPN Brasil. Vamos torcer para não vir uma baita bucha!

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015 Brasileiros na França, Torneios europeus | 14:48

Great job, Monaco!

Compartilhe: Twitter
Kondogbia e Fabinho cercam o francês Coquelin, do Arsenal: improvisado na volância, o lateral-direito brasileiro foi muito bem ao lado do colega francês no Emirates Stadium

Kondogbia e Fabinho cercam o francês Coquelin, do Arsenal: improvisado na volância, o lateral-direito brasileiro foi muito bem ao lado do colega francês no Emirates Stadium

Arsenal 1 x 3 Monaco. Que baita resultado do time francês em Londres, que atuou de azul ontem, na sequência dos jogos de ida das oitavas de finais da Liga dos Campeões!

Pode até perder por dois gols de diferença pro adversário inglês na partida de volta, dia 17 de março (desde que não seja 2 x 4, 3 x 5, pra cima…), que avança!

Como isso não aconteceu em nenhum dos sete jogos disputados pelo Monacô no torneio até aqui, é pra gente se animar. Aliás, contando com o tento sofrido ontem, em toda a atual UCL a equipe de Leonardo Jardim só sofreu dois gols! E curioso que, antes da bola rolar no Emirates, o ataque havia marcado apenas 4 gols em 6 partidas. “Derrepente”, fez 75% disso em uma só…

O técnico francês Arsene Wenger, que passou 8 anos dirigindo o Monaco (1987-1994), está prestes a acumular mais uma eliminação com os Gunners nas oitavas da Champions. Em seu blog, o analista PVC diz que tem faltado liderança ao professor. Faz sentido.

Houve torcedor monegasco que ontem agradeceu a Wenger pela passagem no Principado #politesse

Houve torcedor monegasco que ontem agradeceu a Wenger pela passagem no Principado #politesse

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014 Ex-jogadores, Franceses no mundo | 19:12

Merci, Thierry Henry!

Compartilhe: Twitter

“Foi uma viagem incrível”, disse Thierry Henry no último dia 16, terça-feira, ao declarar a aposentadoria do futebol profissional aos 37 anos.

É claro que o atacante não se refere apenas aos cinco anos passados nos Estados Unidos, sua última caminhada na carreira iniciada no Principado mais famoso da Europa, há duas décadas.

Começando a carreira, à la Ruud Gullit (Thierry revelou que a preferência pela camisa 12 na seleção vem da admiração por outro holandês, Van Basten)

Começando a carreira, à la Ruud Gullit (Thierry revelou que a preferência pela camisa 12 na seleção vem da admiração por outro holandês, Van Basten)

Foram muitas conquistas e tantos, tantos gols na trajetória que incluiu Monaco, Juventus, Arsenal, Barcelona e New York Red Bulls, em cinco países diferentes. Com o cume no clube inglês, onde o camisa 14 se tornou o maior artilheiro da agremiação (quase 230 gols) e ganhou até estátua, em 2011.

Carreira vencedora e recordista também na seleção: foi do sub 16 aos Espoirs, galgando os degraus da base, até chegar aos Bleus em 1997. Até 2010, somou 123 partidas (só perde para Lilian Thuram, 142) e 51 gols: goleador-mor da história da França como seleção. Esteve nos dois feitos máximos do país no maior dos torneios que há, como meio titular/meio reserva na Copa de 1998 (o artilheiro daquele time) e titular na de 2006, quando foi “o carrasco” brasileiro da vez (artilheiro francês ao lado de Zidane).

Até pra dar um tapa pro gol o nêgo tinha estilo!

Até pra dar um tapa pro gol o nêgo tinha estilo!

Nos fiascos dos Mundiais de 2002 (expulso no segundo jogo) e 2010 foi titular também, tendo contribuído de forma bem peculiar, naquela repescagem contra a Irlanda em 2009, para que a equipe de Domenech fosse à África do Sul no ano seguinte. Enfim, é o jogador que mais Copas disputou com os Bleus, 4. Como ainda tem um título europeu (2000) e uma Copa das Confederações (2003), dá pra dizer que a passagem, no geral, foi positiva de fato.

França x Irlanda, 2009: A versão francesa da mão de Deus de Maradona-1986...

França x Irlanda, 2009: A versão francesa da mão de Deus de Maradona-1986…

Agora será comentarista da TV inglesa Sky Sports, mas vamos torcer para que apareça numas peladas de vez em quando, como esses jogos entre amigos que acabam sendo transmitidos pra preencher lacunas de programação televisiva em dias xoxos que todo ano tem. Porque aí vamos poder matar um pouco da saudade do craque, finalizador de classe e elegância que tanto aplaudimos (e tentamos imitar sem sucesso) nos últimos anos.

Merci Henry!

No final da carreira, com a camisa do NY Red Bulls, pela liga estadunidense, a MLS

No final da carreira, com a camisa do NY Red Bulls, pela liga estadunidense, a MLS

-> 14 momentos inesquecíveis (como golaços épicos) do 14 do Arsenal: leia no site Trivela

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014 Torneios europeus | 13:33

PSG revê algoz Chelsea, Monaco encara Arsenal, Guingamp pega o Kiev

Compartilhe: Twitter

Definidos hoje os confrontos das oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa, programados para fevereiro e março de 2015.

O Paris Saint-Germain reencontrará o adversário que o eliminou da última Champions, nas quartas de finais. Um duelo complicado, mas o bicampeão francês tem time para avançar de fase.

O Monaco também tem um obstáculo de respeito: outro time inglês, o Arsenal, que falhou nas últimas quatro oitavas de UCL que disputou, porém me parece favorito desta vez.

Matches aller
17 février : Paris SG – Chelsea, Shakhtar D. – Bayern
18 février : Schalke – Real Madrid, Basel – Porto
24 février : Manchester City – Barcelona, Juventus – B. Dortmund
25 février : B. Leverkusen – Atlético Madrid, Arsenal – Monaco

Matches retour
10 mars : Real Madrid – Schalke, Porto – Basel
11 mars : Chelsea – Paris SG, Bayern – Shakhtar D.
17 mars : Atlético Madrid – B. Leverkusen, Monaco – Arsenal
18 mars : Barcelona – Manchester City, Dortmund – Juventus

Também rolou o sorteio da Liga Europa, pra fase 1/32-avos de finais. Único representante gaulês ( :( ), o Guingamp tem um oponente difícil pela frente: o Dínamo de Kiev, com a partida de ida dia 19/2, na França, e a volta dia 26/2, na Ucrânia.

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 18 de agosto de 2014 Brasileiros na França, Ex-jogadores, Extracampo, Franceses no mundo | 14:50

Quem trocou de camisa antes da temporada começar

Compartilhe: Twitter

tsilva-dluiz

Muita movimentação de jogadores nessa janela de transferências, afinal foi a transição de temporadas na Europa, e tivemos a Copa do Mundo que valorizou seus destaques.

Uma vez adversários quando Paris Saint-Germain e Chelsea se enfrentaram na Liga dos Campeões 2013/2014, como revela a foto acima, Thiago Silva e David Luiz agora repetem, no PSG, a companhia de zaga que já trazem da seleção brasileira. Titulares na Copa do Mundo, devem repetir o feito no clube francês, já que Thiago é o capitão e David chega como zagueiro mais caro da história do futebol francês (50 milhões de euros. É o 3º jogador mais caro, atrás de Edinson Cavani e Radamel Falcao – 66 e 64 milhões!)

Beque brasileiro que entra, beque brasileiro sai: Alex foi pro Milan, assim como o atacante francês Menez, também sem espaço no time estrelado de Laurent Blanc. O brasileiro Marquinhos sim, continua sendo zagueiro reserva no clube.

Se o atual bicampeão da Ligue 1 ganhou um grande reforço, seu maior rival no último campeonato perdeu seu jogador que mais se destacou na Copa brasileira. O Monaco não conseguiu segurar o meia colombiano James Rodríguez, artilheiro do Mundial e atraído pelo estrelado Real Madrid, que parece que tentou levar o também colombiano e monegasco Radamel Falcao Garcia, mas pela graça do bon Dieu (ainda) não conseguiu!

Teve mudança também no banco de reservas do bicolor do Principado: saiu o experiente italiano Cláudio Ranieri, chegou o jovem português Leonardo Jardim. Outros novos técnicos no foot são o veterano argentino Marcelo “El Loco” Bielsa, no Olympique de Marselha, e dois debutantes que quando jogadores atuaram pela seleção francesa: Claude Makelele, no Bastia, e Willy Sagnol, no Bordeaux.

Bielsa terá um bom reforço no ataque, Romain Alessandrini, que foi muito bem pelo Rennes recentemente. Quem saiu do OM foi o também ofensivo Jordan Ayew, agora no Lorient, e o lateral/zagueiro brasileiro Lucas Mendes, que foi para o Catar (El-Jaish). Porém, o maior destaque do time nos últimos anos se foi: o pequenino meia Mathieu Valbuena, que esteve nas Copas de 2010 e 2014, acertou com o Dynamo Moscou, da Rússia.

Já Makelele recebe o experiente centroavante brasileiro Brandão, que deixou o Saint-Etienne. O Rennes ganhou um reforço belga, o meia Christian Bruls, que estava emprestado pelo Nice ao La Gantoise, da própria Bélgica.

Franceses fora da França
Na Inglaterra, o Manchester City pegou dois defensores da seleção que disputou a Copa: o lateral-direito Bacary Sagna, ex-Arsenal, e o jovem zagueiro Eliaquim Mangala, ex-Porto e nada barato, viu? O Arsenal não saiu no prejuízo, pois a saída do lateral reserva dos Bleus foi compensada pela vinda do titular, Mathieu Debuchy, ex-Newcastle.

Outro a disputar a Premier League é o atacante Bafetimbi Gomis, que deixa o Lyon e parte para o Swansea. A Ligue 1 perdeu seu maior artilheiro em atividade nela e uma de suas maiores figuras também!

Mais notícias do mercado bola encontramos no espanhol Futbol desde Francia e no francês L’Equipe.

Quem souber de algum nome importante que eu não tenha colocado aqui, favor me avisar! :)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 26 de maio de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 14:06

Sobre eleitos e preteridos pra Copa 2014

Compartilhe: Twitter

Atualizado depois dos cortes de Mandanda, Ribéry e Grenier

A bacana montagem colocada pelo amigo Filipe Papini de capa do grupo Ligue 1 Brasil no Facebook (No alto: Lloris,Ruffier, Landreau, Debuchy, Sagna, Koscielny, Sakho, Evra, Varane, Digne, Mavuba e Pogba; abaixo, Cabaye, Mangala,Matuidi, Sissoko, Schneiderlin, Valbuena, Cabella, Giroud, Rémy, Benzema, Griezmann e Deschamps)

A bacana montagem colocada pelo amigo Filipe Papini de capa do grupo Ligue 1 Brasil no Facebook (No alto: Lloris,
Ruffier, Landreau, Debuchy, Sagna, Koscielny, Sakho, Evra, Varane, Digne, Mavuba e Pogba; abaixo, Cabaye, Mangala,
Matuidi, Sissoko, Schneiderlin, Valbuena, Cabella, Giroud, Rémy, Benzema, Griezmann e Deschamps)

Enquanto a seleção já trabalha em Clairefontaine visando a Copa (amanhã faz o primeiro amistoso preparatório, contra a Noruega), vamos falar de convocados e ausentes. A lista do treinador Deschamps manteve a coerência, pilar que normalmente os técnicos consideram muito nessas situações, para ter mais controle do grupo e “fechá-lo” em torno do objetivo comum, como se diz no meio boleirístico.

O anúncio dos chamados confirmou esperadas ausências, como a do meia Nasri, do Manchester City, talentoso porém indisciplinado (e pouco útil para os Bleus, como lembrou o amigo Eduardo Madeira Jr). E tudo que Didier Deschamps quer é evitar a indisciplina que tanto fez mal ao grupo francês em 2010.

-> Caras pra gente ficar de olho: Franck Ribéry e Blaise Matuidi

Poderia ter levado os atacantes Lacazette, do Lyon, e Gignac, do Marseille, no lugar de nomes como Rémy e Griezmann, mas quem escolhe é ele. O lateral-direito Clichy, o volante Capoue e o meia Gourcuff provavelmente alimentavam alguma esperança de serem lembrados, mas nada. Até achei que o lateral-esquerdo e ultimamente zagueiro Abidal, atualmente no Monaco, poderia figurar, porém “foi aposentado” da seleção, com homenagem justa, “diga-se de passagem” (NETO, Craque).

Na contabilidade dos clubes que mais cederam atletas pra DD, a prova de que a maior parte dos destaques franceses estão fora da França: 16 nomes “estrangeiros”, 14 locais (considerando 23 + 7 suplentes). As agremiações que mais cederam convocados foram PSG, Arsenal (Inglaterra) e Newcastle (Inglaterra), o que revela a expressividade da Premier League como abrigo de importantes jogadores bleus.

-> Futbox: Veja dados e uniformes das seleções na história das Copas

A ausência de Abidal faz de Ribéry (31 anos) o mais longevo do grupo em termos de Copas: é o único que esteve nas de 2006 (era pré-Le Blog du Foot) e 2010 (quando já existíamos!). Lloris (o atual capitão), Sagna, Evra (33 anos) e Valbuena foram ao Mundial da África do Sul, enquanto que o vovô do elenco Landreau (35 anos) esteve na campanha do vice na Alemanha.

Portanto, Deschamps renovou bastante em relação há quatro anos, pois 16 dos seus 23 iniciais (com Mandanda, que iria para a segunda Copa) debutam no principal torneio da Fifa. Que eles tenham tranquilidade para não tremer caso tenham de mostrar serviço!

 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 1 de abril de 2014 Franceses no mundo | 14:56

Trezeguet ainda brilhando e Henry quase parando

Compartilhe: Twitter
Henry pelos Red Bulls

Henry pelos Red Bulls

Trezeguet pelo Newell's

Trezeguet pelo Newell’s

Dois dos três maiores artilheiros da história da seleção francesa* vivem momentos distintos. Enquanto que David Trezeguet ainda se destaca, mesmo fora do eixo europeu, Thierry Henry caminha, ao que tudo indica, para os últimos momentos da carreira.

O primeiro, aos 36 anos, tem ajudado o Newell’s Old Boys tanto no Campeonato Argentino quanto na Copa Libertadores da América. Filho de argentinos, Trezeguet retornou ao país onde foi criado e começou no futebol, pelo Platense, antes de defender Monaco, Juventus, Hercules (ESP), Bani Yas (EAU) e River Plate.

Na liga nacional, onde o time está em 9º entre 20 participantes, soma 19 partidas e 7 gols. Na Liberta, em que o próprio David já demonstrou estar bem empolgado, colaborou para a importante vitória fora de casa contra o Nacional, no Uruguai, que colocou a equipe na liderança do Grupo 6, que também conta com o brasileiro Grêmio e o colombiano Nacional de Medellín.

Já o segundo, embora também tenha 36 anos, parece próximo de terminar sua fase no New York Red Bulls, dos Estados Unidos, onde chegou em 2010 após ter defendido Monaco, Juventus, Arsenal (onde se tornou o maior artilheiro de sempre e voltou a jogar por empréstimo em 2012) e Barcelona. A temporada da liga norte-americana está só no início (4 rodadas até aqui), mas a imprensa francesa já especula que o amistoso da equipe com o Arsenal, no dia 26 de julho, pode ser o último da carreira de Henry (por ser contra o clube do qual foi e ainda é ídolo, até que teria cara de despedida mesmo…). No início do ano passado, quando soube publicamente que o clube inglês não o aceitaria por mais um período de empréstimo em função de sua limitação física, ele já havia declarado que “se dava mais dois anos jogando como profissional”.

*Thierry Henry tem 51 gols, seguido por Michel Platini, com 41, e David Trezeguet, com 34.

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013 Franceses no mundo, Torneios europeus | 13:10

Matchday 5 das ligas europeias: PSG e Lyon qualificados por antecipação!

Compartilhe: Twitter

Falta uma rodada para acabar as fases grupais em UCL e UEL. Eis o que os franceses fizeram (ou deixaram de fazer) na semana passada:

Lemina monta sobre o francês Giroud no Emirates Stadium, em Londres. O OM tem um uniforme azul muito bonito,<br /><p class=mas quem pode se classificar mesmo é o Arsenal (Photo: Getty Images)” width=”665″ height=”498″ class=”size-large wp-image-12092″ /> Lemina monta sobre o francês Giroud no Emirates Stadium, em Londres. O OM tem um uniforme azul muito bonito, mas quem pode se classificar é o Arsenal (Photo: Getty Images)

**Liga dos Campeões**

Arsenal 2 x 0 Olympique de Marseille
Wilshere fez os dois dos Gunners, do técnico francês Arsene Wenger. O OM conseguiu perder TODOS OS CINCO jogos dessa fase de grupos, e confirmará o vexatório aproveitamento de 0% se perder pro Borussia Dortmund, em casa, no dia 11/12.

PSG 2 x 1 Olympiacos
Ibrahimovic abriu o placar, assistido por Van der Wiel – quatro dos oito gols do sueco na atual Champions vieram após passes do lateral-direito holandês. Manolas empatou aos 35 do 2º, mas Cavani, outro matador com faro de gol do estrelado elenco parisiense, definiu o marcador e (finalmente) a classificação no finalzinho.

O Paris já garantiu o primeiro lugar da chave C, e na última rodada vai ajudar a definir quem avança com ele. Pega o Benfica, dia 10/12 em Portugal, que perde a segunda colocação pro grego Olympiacos, no momento, pelo confronto direto, já que estão iguais em pontos.

Com os 8 tentos na competição, Zlatan lidera a “tábua” da artilharia ao lado de Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, que infelizmente tirou o sueco da Copa 2014 no tira-teima recente entre as seleções, vencido pelos gajos.

*Liga Europa*

Lyon 1 x 0 Real Betis
Bafé Gomis foi o nome do gol contra a equipe espanhola, no segundo tempo, que combinado ao empate zerado entre Vitória e Rijeka garantiu a classificação antecipada do OL, très bien!

Os Gones vão a Guimarães enfrentar o português Vitória dia 12, com um ponto de vantagem sobre o Betis e dependendo só dele para confirmar a liderança do grupo I.

Bordeaux 0 x 1 Eintracht Frankfurt
Os Girondinos até tinham alguma chance de ir pra próxima fase se vencesse, mas foi derrotado na França, com gol de Lanig aos 83′, e acabou a rodada na lanterna da chave, eliminado já.

Encara o Maccabi em Tel Aviv, dia 12, com a motivação de tentar não acabar a fase em último (está a dois pontos do APOEL). A fraca participação da torcida nessa temporada, como ficou escancarado nesse duelo contra os alemães, também prejudica o já modesto elenco.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 30 de setembro de 2012 Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 21:00

Marselha cai em Valenciennes e PSG se aproxima; Lyon perde do Bordeaux e vem em 3o após 7a rodada

Compartilhe: Twitter

Reforçado às 21h55 de 01/10

Valenciennes FC 4 x 1 Olympique de Marseille (Le Tallec 2, Danic e Kadir; Jordan Ayew – Assista aos gols)
Paris Saint-Germain 2 x 0 FC Sochaux-Montbéliard (doublé de Kevin Gameiro)
Olympique Lyonnais 0 x 2 Girondins de Bordeaux (Trèmoulinas e Diabaté)
Evian TG FC 1 x 1 FC Lorient (Khlifa; Sunu)
Stade Rennais FC 2 x 0 LOSC Lille (Assista aos gols. O capitão Mavuba deixou o jogo lesionado, desfalque pro Lille na Champions?)
AC Ajaccio 1 x 0 Stade Brestois 29 (Mostefa)
AS Nancy Lorraine 0 x 2 Montpellier Hérault SC (Belhanda e Camara)
OGC Nice 2 x 2 SC Bastia (Cvitanich e Civelli; Rothen e Modeste)
ESTAC Troyes 0 x 2 Toulouse FC (Ben Yedder e Rivière)
AS Saint-Etienne 0 x 0 Stade de Reims

Gols do fim de semana: Assista ao vídeo no site da ESPN

Estatísticas oficiais: leia o arquivo da LFP

Classificação: 1) OM, 18 pts; 2) PSG, 15; 3) OL, 14; 4) LOR e BOR, 13.
Zona do Rebaixamento: 17) EVI, 5; 18) NAN, 4; 20) TRO, 2.

Se mantivesse os inabaláveis 100% de aproveitamento, o Marselha igualaria um recorde do Lille da década de 30! Mas a equipe de Elie Baup dormiu na partida que abriu o domingo, caindo para o bom time do Valenciennes com notáveis falhas individuais de seus jogadores. Mandanda esteve num dia bastante negativo, bem como seus companheiros de defesa (Nkoulou, Morel, Fanni). Com a surpreendente goleada (que o OM não sofria desde 2006!), comandado pela dupla Danic-Le Tallec, o VAFC do beque brasuca Gil foi a 11 pontos e à 7a colocação, não distante dos líderes.

Desta vez Ibrahimovic passou em branco, mas o Paris Saint-Germain mostrou que tem outro goleador, Kevin Gameiro, em mais um triunfo, agora contra o Sochaux. Gameiro foi titular pela 1a vez e já correspondeu, o que mostra a Ancelotti que é possível escalá-lo como “9”, tirando Ibrahimovic da área e variando ofensivamente a equipe. A squadra do técnico italiano segue com a melhor defesa (3 gols sofridos em 7 rodadas), e vai animada tanto para o duelo com o Porto (co-líder do Português ao lado do Benfica) pela liderança do grupo A da Liga dos Campeões, na quarta, quanto especialmente para Le Classico que agora pode tirar a liderança isolada do Olympique no domingo.

O Lyon também poderia ter se aproximado do líder, mas saiu derrotado diante do Bordeaux e foi outro a perder a invencibilidade na L1. Ambos têm compromissos na Liga Europa na quinta, os Girondinos contra o Newcastle, por onde vem brilhando o meia francês Hatem Ben Arfa, e os Lioneses contra o desconhecido Hapoel Ironi Kiryat Shmona…

Nada espetacular o empate do Lorient com o Evian, de fraca campanha até aqui, mas o FCL segue no top 4, como um dos três invictos que restaram (ao lado de PSG e Bordeaux) e com o melhor ataque do Francês até agora, 13 gols marcados, pasmem!

Abertura da rodada com duelo de nortistas, Rennes e Lille, que vinham na metade de baixo da tabela, e deixaram Tulio de Melo e o selecionável Mvila no banco. Com Erding (ex-PSG) no ataque titular, o rubro-negro abriu o placar quando era mais atacado e tinha menos posse de bola, curiosamente. Pitroipa fez bela jogada pela esquerda, chutou, Landreau se atrapalhou com uma bola que dava pra agarrar, Feret apareceu em sua frente e o encobriu com um totózinho, aos 19 do 2o.

Logo depois do gol, Tulio veio pro jogo em mudança ofensiva de Rudi Garcia, que tirou o volante Gueye. E os visitantes acertaram a trave de Costil pela segunda vez (após bela intervenção do goleiro). Mas a sorte estava com os anfitriões. Alessandrini, que veio pro lugar do turco Mevlut, pegou um rebote de rebatida da área, pouco à frente da intermediária, dominou e acertou um lindo tirambaço curvilíneo, encobrindo Landreau, 2 a 0 até o apito final, que Garcia teve de ver longe do banco, expulso que foi. Antonetti só colocou Mvila aos 35, ele vinha de lesão?

Além de ver o jogo na tribuna do Parc des Princes, o ex-presidente Nicolas Sarkozy foi ao vestiário local, tietou Ibrahimovic e pegou Maxwell e outros de calças curtas...

No fim, o Rennes (14o) atingiu a pontuação do Lille (15o), 7 pontos. O LOSC levou gols em todas as partidas do campeonato até aqui, o que é bem preocupante não só no certame, mas também porque há uma UCL em curso! (o SRFC começou a rodada com o mesmo retrospecto ruim, mas conseguiu superá-lo depois dos 90 minutos). Nesta terça, o time busca seus primeiros pontos no torneio continental fora de casa, contra o Valencia, que faz campanha regular no Espanhol (10o colocado com 6 rodadas).

Providencial vitória do campeão Montpellier em Nancy, que o levou para o 13o lugar na tabela. Que seja uma injeção de ânimo para o grupo de René Girard, a despeito da fragilidade do adversário, agora penúltimo colocado, pois o MHSC tem parada dura nesta quarta-feira, enfrentando o Schalke 04 (4o na Bundesliga após 6 rodadas) na Alemanha pela Liga dos Campeões, na qual ainda não pontuou.

Pro Saint-Etienne não foi legal empatar em casa, por mais que o Stade de Reims esteja melhor colocado na competição. Brandão foi reserva e entrou no 2o tempo novamente, desta vez no lugar de Hamouma, dias depois ter recebido uma boa notícia com o arquivamento da acusação de estupro de que era alvo na França.

Franceses fora da França
Pelo que pude acompanhar, o meia Franck Ribéry foi muito bem na vitória do Bayern de Munique sobre o Werder Bremen no Campeonato Alemão, mantendo o time bávaro com 100% de aproveitamento na Bundelisga. E o zagueiro Laurent Koscielny foi mal na derrota do Arsenal para o Chelsea no clássico pelo Campeonato Inglês. No lance do gol de Fernando Torres, o beque tentou segurar o atacante, esqueceu da bola, e o espanhol esticou a perna para encostar para as redes…
Outro desempenho internacional de francês que valha o registro?

Meio de semana, 2a rodada de UCL e UEL:
Terça, 2/10 – Champions: Valencia (ESP) x Lille
Quarta, 3/10 – Champions: Porto (POR) x PSG / Schalke (ALE) x Montpellier
Quinta, 4/10 – Liga Europa: Hapoel Shmona (ISR) x Lyon / Marseille x AEL Limassol / Newcastle (ING) x Bordeaux

Programação da 8a rodada, que tem tudo pra pegar fogo no domingo, com os 4 primeiros se enfrentando e o Paris com a perspectiva de se igualar ao Marselha no topo da classificação:

Vendredi 5 octobre 2012
AS Saint-Etienne x AS Nancy Lorraine

Samedi 6 octobre 2012
Montpellier Hérault SC x Evian TG FC
SC Bastia x ESTAC Troyes
LOSC Lille x AC Ajaccio
Stade de Reims x Nice
FC Sochaux-Montbéliard x Stade Rennais FC
Toulouse FC x Valenciennes FC

Dimanche 7 octobre 2012
Stade Brestois 29 x Girondins de Bordeaux
*FC Lorient x Olympique Lyonnais
**Olympique de Marseille x Paris Saint-Germain

– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (Já são mais de 70 membros!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 19 de setembro de 2012 Brasileiros na França, Torneios europeus | 17:59

Estreias na Champions: PSG confirma, Montpellier e Lille decepcionam

Compartilhe: Twitter

*PSG 4 x 1 Dínamo de Kiev* (Assista aos gols)
Bela estreia parisiense, comandado, como vem sendo a tônica nesta temporada, por Zlatan Ibrahimovic. O sueco abriu o placar convertendo pênalti, atingindo duas marcas únicas no Parc des Princes: disputou a Liga e fez gols por seis camisas diferentes (Ajax, Juventus, Internazionale, Barcelona, Milan e PSG) em seu retrospecto no torneio.

A equipe francesa ganhou tranquilidade no marcador depois que a dupla de zaga brasileira mostrou talento ofensivo em poucos minutos: o estreante Thiago Silva e seu parceiro Alex marcaram, aproveitando cruzamentos na área ucraniana. Nos minutos finais, o Dínamo descontou, mas ainda deu tempo para Pastore chutar rasteiro e o goleiro Koval aceitar.

O saldo de gols elástico foi importante, até por já colocar o time na liderança da chave, já que o Porto bateu o Dínamo Zagreb por 2 a 0 na outra partida, na Croácia. Um belo começo, impondo moral, como a ambição tricolor sugere.

Brasil e Argentina sorrindo: Nenê, vindo do banco como tem sido costume nos últimos jogos, celebra com Pastore o último gol no Parc (Uefa.com/Getty Images)

*Montpellier 1 x 2 Arsenal*
O começo foi deveras animador para a torcida franco-brasileira, com Belhanda abrindo o placar aos 9 minutos, batendo penalidade com ousada cavadinha. Mas a alegria caseira durou pouco, com Podolski e Gervinho, ex-Lille, virando o marcador antes dos 20, em gols com a participação e “fogo amigo” de Olivier Giroud, atacante bleu e campeão francês com o MHSC em 2011/12.

A reação do Montpellier veio no segundo tempo, mas não se confirmou em gols, tendo no máximo uma bola no travessão em chute colocado de Cabella. No ataque, o senegalês Camara foi muito mal (o pior avaliado pelo site Top Mercato), e nem o substituto argentino Herrera pôde fazer melhor. Resultado ruim, mas sabemos que dificilmente a equipe de Girard poderá fazer frente aos adversários do grupo. Por coincidência, o outro jogo da chave registrou mesmo placar: Olympiacos 1 x 2 Schalke (surpresa pra mim)

Mathieu Debuchy disputa bola na dura peleja para os Dogues, batidos pelo Bate... (Uefa.com/Getty Images)

*Lille 1 x 3 Bate Borisov*
Se a derrota do Montpellier era até previsível, pelo peso do adversário em questão, o revés do LOSC em seu primeiro jogo oficial continental no Grand Stade foi péssimo (pesou demais o retrospecto ruim em casa?). O primeiro tempo já selou o resultado, com a equipe bielorrussa aplicando 3 a 0. Chedjou descontou aos 15 do segundo, mas foi só. Tulio de Melo foi titular, mas só jogou meio tempo, dando lugar ao caboverdiano Ryan Mendes, ambos sem sucesso na busca do gol.

No outro jogo do grupo, o Bayern fez 2 a 1 no Valencia, em Munique. Pra quem já teria dificuldade em se classificar mesmo se vencesse, ficou ainda mais complicado pros comandados de Rudi Garcia. Como diz o L’Equipe no fligir dos ovos, o Lille “hipotecou” suas chances de avançar às 8as de finais…

E aí, o que acha dos resultados e perspectivas dos franceses nesta UCL? Commentez!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última