Publicidade

Posts com a Tag Argentina

quarta-feira, 25 de junho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 20:02

França e Equador ficam no zero: classificação em primeiro!

Compartilhe: Twitter
Terceira combinação de uniforme diferente da França: hoje toda de branco, contra Suíça de branco-azul-branco, e contra Honduras de azul-azul e vermelho, de cima para baixo (Le Monde)

Terceira combinação de uniforme diferente da França: hoje toda de branco, contra Suíça de branco-azul-branco, e contra Honduras de azul-azul-vermelho, de cima para baixo (Le Monde)

Não deu para repetir a façanha da Copa de 1998, com 100% de aproveitamento na fase de grupos, mas a invencibilidade foi mantida hoje no Rio de Janeiro e, o que é mais importante, o posto de líder do Grupo E para o próximo desafio nesta Copa 2014. Pelas oitavas de finais, o adversário a ser batido é a Nigéria, segunda colocada do Grupo F, na segunda-feira, dia 30, às 13h, em Brasília. À Suíça, que se classificou atrás dos Bleus, cabe a tarefa inglória de encarar a Argentina, na terça-feira, 13h, em São Paulo.

-> Principal jogador francês na Copa, Karim Benzema não canta o hino nacional em protesto contra a xenofobia

Benzema, que havia marcado 9 vezes nas últimas 8 partidas pela França, passou em branco pela primeira vez no torneio, mantendo-se com 24 gols com a camisa francesa – é o 9º maior artilheiro bleu, dois gols atrás de Wiltord, que atuou de 1999 a 2006 e foi vice-campeão mundial na última Copa disputada na Alemanha. O duelo do 10 gaulês contra Enner Valencia, goleador equatoriano, prometia ser bom, porém não estavam calibrados nesta quarta-feira – tanto que o melhor em campo, segundo o Man of The Match, foi o arqueiro Domínguez…

O jogo
Com Cabaye suspenso e a classificação 99% assegurada antes do apito inicial, Deschamps optou por poupar alguns titulares, como Debuchy, Varane, Evra e Valbuena. O primeiro tempo foi mais pegado do que bem jogado, com poucas chances claras de gols, algumas trombadas e até uma cotovelada de Sakho, que ainda bem que o árbitro não viu…

Os jogadores deixaram o gramado para o intervalo sob vaias dos brasileiros no Maracanã, que teve mais de 73 mil pessoas de público! Os franceses estavam tranquilos, e os equatorianos apreensivos, pois com o empate e a vitória da Suíça por 2 a 0 sobre Honduras, era preciso vencer para seguir no Mundial.

-> Em família: belas esposas e namoradas dos atletas franceses posam para foto no Maraca

O segundo tempo começou muito bom para os Bleus. Logo no primeiro minuto, Sagna apareceu bem, perto da linha de fundo, cruzou rasteira e Griezmann desviou rumo ao gol. Domínguez defendeu no reflexo e a bola tocou a trave! Dois minutos depois, Digne tentou desarmar Antonio Valencia no carrinho, e o meia-atacante sul-americano deixou as travas da chuteira na perna do lateral do PSG: vermelho pra ele!

A partida ganhava em emoção, pois o Equador não esmorecia, mesmo com um a menos, pela necessidade premente do gol, consequentemente dando mais espaço para a França contra-atacar com perigo. Com 15 minutos, Deschamps colocou Varane, para poupar Sakho, com dor na coxa esquerda, e dar ritmo de jogo ao zagueiro do Real Madrid.

-> A ESPN do Brasil deslocou o competente comentarista Leonardo Bertozzi para acompanhar a França na Copa. Para acompanhá-lo, seu Twitter é @lbertozzi

Outro que teve mais uma chance foi Giroud, aos 21, substituindo o motor do time, Matuidi – fez muito bem Didier em dar uma descansada nele! O Equador foi cansando, se arriscando e dando mais posse de bola aos franceses, enquanto a Suíça ampliava pra 3 a 0 sua vitória… Aos 28, Sissoko levantou na medida para Pogba, mas o cabeceio do volante da Juventus saiu torto, que chance desperdiçada!

Cinco minutos depois, a última troca de DD, permitindo a Rémy estrear na Copa com a saída de Griezmann. Valente, o adversário não desistia de atacar e preocupar, ao passo que Les Bleus também não abdicavam do jogo, apesar de errar e se lamentar muito na frente – Pogba era um dos que mereciam o gol. E assim foi até o final, na segunda vez em que as seleções se enfrentaram – na primeira, houve vitória francesa por 2 a 0 em amistoso disputado em 2008.

Que venham os nigerianos! Lembrando que, todas as vezes em que foi além da primeira fase, nossa seleção chegou pelo menos às semifinais (58, 82, 86, 98 e 06)!!

Ficha técnica francesa: Lloris; Sagna, Koscielny, Sakho (Varane), Digne; Pogba, Matuidi (Giroud), Sissoko e Schneiderlin; Griezmann (Rémy) e Benzema. Técnico: Deschamps

No twitter @obrunopessa, com a hashtag #leblogdufoot, tem mais informações e comentários meus sobre a França e a Copa ;)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 10 de junho de 2014 Copa do Mundo | 19:22

Estrangeiros do futebol francês na Copa 2014

Compartilhe: Twitter
Antes mesmo de Falcao ser oficialmente cortado, os colombianos já tinham bolado a substituição perfeita, com um atacante cuja seleção não se classificou pra Copa...

Antes mesmo de Falcao ser oficialmente cortado, os colombianos já tinham bolado a substituição perfeita, com um atacante que também atua na França e cuja seleção não se classificou pra Copa…

Copa do Mundo não é torneio pra gente falar só de seleção francesa neste espaço, mas também de lembrar ao planeta bola os jogadores do Mundial que atuam no nosso querido futebol francês.

Lembrando que, dos 23 franceses convocados por Deschampsapenas 8 jogam atualmente no país. Quase o mesmo número de atletas que representam as seleções africanas de Camarões (7) e Costa do Marfim (6)!

Uma curiosidade: nos maiores campeões mundiais, Brasil e Itália, apenas o PSG cedeu destaques, três em cada. E o hoje bicampeão francês é o maior cessor de atletas para todas as 32 seleções, entre todos os clubes do país: 11, bem à frente do Monaco, o segundo nessa relação, com 4.

Bora lá (me baseei nesse link do bom site espanhol Futbol desde Francia, cruzando depois com os 23 confirmados da página da Fifa sobre a Copa):

Argélia: Carl Medjani (defensor do Valenciennes), Mehdi Mostefa (defensor do Ajaccio) e Aissa Mandi (defensor do Reims). Ryan Boudebouz (meia do Bastia) e Foued Kadir (meia do Stade Rennais) foram pré-selecionados, mas cortados.

ArgentinaSergio Romero (goleiro reserva do Monaco) e Ezequiel Lavezzi (atacante do Paris Saint Germain).

Bélgica: Divock Origi (lateral/ala do Lille).

Brasil: Thiago Silva (zagueiro capitão), David Luiz (zagueiro vindo agora do Chelsea) e Maxwell (lateral-esquerdo), todos do Paris Saint Germain.

Camarões: Nicolas Nkoulou (lateral do Olympique de Marseille), Henri Bedimo (lateral-esquerdo do Lyon); Jean Illes Makoun (volante do Rennes); Landry Nguemo (volante do Bordeaux); Edgar Salli (meia do Lens, recém-promovido da Ligue 2); Benjamin Moukandjo (meia-atacante do Nancy, da Ligue 2) e Vincent Aboubakar (atacante do Lorient). Guy Ndy Assembe, goleiro do Guingamp, e Jean-Armel Kana-Biyik, zagueiro do Rennes, ficaram fora.

Aboubakar foi um principais goleadores do último Campeonato Francês, empatado na vice-liderança do ranking geral com o também convocado Cavani, do Uruguai, ambos atrás do sueco Zlatan Ibrahimovic, lamentavelmente fora desta Copa.

Colômbia: David Ospina (goleiro do Nice); Ábel Aguilar (volante do Toulouse); James Rodríguez (meia do Monaco).

O goleador monegasco Radamel Falcao García foi pré-relacionado entre os 30, mas não se recuperou da cirurgia no joelho como torcíamos. Porém, o país conta com a habilidade de Rodríguez, maior assistente da última Ligue 1.

Costa do Marfim: Serge Aurier (lateral-direito do Toulouse); Benjamin Angoua (zagueiro do Valenciennes); Jean Daniel Akpa-Akpro (ala do Toulouse); Ismäel Diomande (meia do Saint Étienne); Salomon Kalou (meia do Lille) e Max-Alain Gradel (atacante do Saint Étienne). O lateral-direito Brice Dja Djedje, do Olympique de Marseille, e o volante Romaric (Bastia) não ficaram entre os 23.

Tem o único técnico francês de nascimento entre uma seleção estrangeira do Mundial: Sabri Lamouche, 42 anos, naturalizado tunisiano.

Croácia: Danijel Subasic (goleiro titular do Monaco).

Estados Unidos: Alejandro Bedoya (meia do Nantes).

Gana: Jonathan Mensah (zagueiro do Évian Thonon Gaillard); John Boye (zagueiro do Stade Rennais); Andre Ayew (atacante do Olympique de Marseille); Jordan Ayew (atacante do Sochaux) e Abdul Majeed Waris (atacante do Valenciennes) – que fez uma segunda metade de temporada muito boa na Ligue 1.

Andre é irmão mais velho de Jordan Ayew, ambos filhos do ex-atacante Abedi Pelé, que é o maior artilheiro da história da seleção mas, ironicamente, nunca disputou uma Copa do Mundo.

Itália: Salvatore Sirigu (goleiro titular); Thiago Motta (volante/meia); Marco Verratti (volante/meia), todos do Paris Saint Germain, e acima da média, principalmente os dois de linha.

México: Guillermo Ochoa (goleiro que disputou a última temporada pelo Ajaccio e está sem clube) – costuma pegar muito quando acossado;

Nigéria: Vincent Enyeama (goleiro titular do Lille). O meia Sunday Mba (CA Bastia, Ligue 2) foi pré-relacionado, mas acabou fora.

Enyeama fez uma excelente Ligue 1 2013/14 pelo LOSC, sendo um dos arqueiros menos vazados do campeonato francês.

Portugal: João Moutinho (volante/meia do Monaco).

Uruguai: Edinson Cavani (atacante do Paris Saint Germain) – craque!

-> Link para todos os convocados para a Copa 2014 do site do O Globo

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 Franceses no mundo | 09:51

Vídeo: Trezeguet debuta com gol na Argentina!

Compartilhe: Twitter

Franco-argentino, o atacante David Sergio Trezeguet começou a jogar futebol no Platense, das imediações de Buenos Aires, quando criança. Mas optou por seguir carreira no país de nascimento, a França, marcando época no Monaco (1995-00), na Juventus de Turim (2000-10) e na seleção gaulesa (1998-2008), da qual é o terceiro maior artilheiro da história (34 gols), atrás apenas de Thierry Henry (51) e Michel Platini (41).

Em 2010, se transferiu para o modesto Hércules de Alicante, na Espanha, e ano passado passou rapidamente pelo Baniyas, dos Emirados Árabes Unidos. Em 2012, voltou a vestir uma camisa de peso: River Plate, da tão conhecida Argentina, embora precisando recuperar a boa fase, atualmente na segunda divisão.

E tal qual Henry, estreou fazendo gol! Foi semana passada, em um dos jogos dos chamados Torneos de Verano, que os grandes argentinos disputam em janeiro antes do início do campeonato nacional, em fevereiro. Por curiosidade, David finaliza, no lance, com estilo semelhante ao do agora camisa 12 do Arsenal, conforme podemos conferir no vídeo abaixo:

Autor: Tags: , , , , , , , ,

segunda-feira, 20 de junho de 2011 Seleção francesa | 13:08

Começo auspicioso no México

Compartilhe: Twitter
benzia-efe

Yassine Benzia, promessa lionesa, vai lembrar Karim Benzema não apenas pelo segundo nome de prefixo igual? (Foto: EFE)

A estreia francesa no Mundial sub 17 não poderia ter sido melhor: 3 a 0 para cima da Argentina, no sábado. Ou melhor, poderia, não fossem as chances desperdiçadas no segundo tempo.

Yassine Benzia, atacante do Lyon, se destacou marcando dois gols. Sebastien Haller, ofensivo do Auxerre, fez o outro gol (e que golaço!) da partida no estádio Universitário, em Monterrey. Lenny Nangis, camisa 9 que defende o Caen, não balançou as redes mas deixou uma boa impressão, como podemos constatar no vídeo com os melhores momentos da contenda.

Os três tentos saíram nos dez minutos finais do primeiro tempo. Apesar do belo resultado, o técnico Patrick Gonfalone não quis saber de empolgação, lembrando que os argentinos tiveram de enfrentar o desgaste por terem chegado ao México apenas um dia antes, o que fez a diferença em campo, sob sol forte. Faz sentido, pois no vídeo com os melhores momentos não se vê o goleiro francês sendo incomodado…

Também em Monterrey, no mesmo dia, o Japão bateu a Jamaica por 1 a 0, na outra partida da primeira rodada do grupo B. Portanto, quem vencer o duelo França x Japão, amanhã, na segunda rodada (17h de Brasília – o Esporte Interativo abre a transmissão ao vivo às 16h45), toma a ponta isolada da chave e encaminha a classificação. Não tirem o pé, Bleuets!

(Para quem quiser assistir à estreia do Brasil, o Esporte Interativo mostra o jogo contra a Dinamarca a partir das 16h45 de hoje, logo mais)

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 17 de junho de 2011 Seleção francesa | 21:42

Mundial sub 17: tem França na TV!

Compartilhe: Twitter

A estreia francesa no México é contra, nada mais nada menos, do que a Argentina, neste sábado. O Esporte Interativo exibe ao vivo, às 17h de Brasília (o site geralmente transmite o que a emissora mostra simultaneamente), e o SporTV2 mostra o VT às 22h10.

Leia mais sobre o Mundial sub 17 no meu post anterior que menciona o tema.

Allez, les Bleuets!

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 13 de outubro de 2010 Seleção francesa | 21:16

Para fechar o ano, Wembley

Compartilhe: Twitter
A harmonia pro desenvolvimento dos Bleus passa pelo bom relacionamento entre Blanc e Benzema. O técnico já questionou a disciplina do atacante, que respondeu voltando a demonstrar sua importância pro time (AFP)

A harmonia pro desenvolvimento dos Bleus passa pelo bom relacionamento entre Blanc e Benzema. O técnico já questionou a disciplina do atacante, que respondeu voltando a demonstrar sua importância pro time (AFP)

França e Brasil estão fazendo um pós-Copa com duas claras semelhanças (não vamos comparar os fracassos no Mundial, combinado?…): trocaram de comando técnico imediatamente depois da campanha na África do Sul e encerrarão o ano com um amistoso mais do que especial, cercado de grande rivalidade. O dia 17 de novembro registrará Inglaterra x França e Brasil x Argentina, é mole? Curiosamente, o primeiro adversário francês programado para 2011 é o… time do Mano! (9 de fevereiro, Stade de France)

O teste no lendário estádio de Wembley será ótimo para avaliarmos o desempenho crescente dos Bleus avec* Blanc. Não serei exigente a ponto de não entender uma derrota para a equipe de Fábio Capello como natural, dado que técnico e jogadores ingleses se conhecem há mais tempo e realmente estão um nível acima. E como o English Team está vindo de um decepcionante empate com Montenegro ontem, pelas Eliminatórias da Euro 2012, os britânicos precisam dar uma resposta em campo para a torcida, e nada mais empolgante do que fazê-lo contra a histórica rival, a vizinha do lado. 

Não podemos perder de vista também que reconstruir uma seleção, como vem fazendo Laurent Blanc, leva algum tempo – mais até do que em um clube, onde o treinador pode trabalhar quase que diariamente com o plantel. E que o trauma do papelão em território sul-africano afetou a seleção de forma geral, pois não apenas aquele grupo de jogadores passou a ser visto negativamente, mas toda a instituição administrada pela FFF e que se enfileira para ouvir a Marselhesa antes de cada partida. 

Ou seja, um futebol consistente e mais solto deve aparecer no ano que vem mesmo. Sem problemas, desde que a França some os pontos suficientes para atingir a Eurocopa e aí sim renda tudo que pode render, deixando a palavra vexame esquecida lá em junho de 2010. 

*avec = com

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

domingo, 13 de junho de 2010 Copa do Mundo, Extracampo, Francês da 1ª divisão | 07:14

O Olympique aprovou e lamentou. E uma do PSG

Compartilhe: Twitter

Em Argentina 1 x 0 Nigéria, neste sábado, dois jogadores que defendem o Olympique de Marselha, ambos na defesa, chamaram a atenção por motivos bem distintos.

O zagueiro/lateral Gabriel Heinze fez o gol do jogo, deu uma valorizada em si próprio (marcar em Copa não é para qualquer um…) e gerou sorrisos nos campeões franceses da última temporada.

O lateral-esquerdo Taye Taiwo, por sua vez, errou por muito pouco uma conclusão a gol, mas logo depois dela se machucou e deixou o gramado amparado. Que não seja nada grave, devem ter pensado os marselheses…

*Falando em clube francês, uma novidade de mercado: Claude Makélélé desistiu da aposentadoria e estendeu o contrato com o Paris Saint-Germain por mais um ano. Que ainda “haja bala” para o volante de 37 anos!

heinze argentina nigeria copa 2010

Gabriel Heinze festejou muito seu valioso gol... (AFP)

taiwo-nigeria-argentina

... enquanto que Taiwo merecia sorte melhor em Joanesburgo (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , ,

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009 Copa do Mundo, Seleção francesa | 18:39

África do Sul, México e Uruguai

Compartilhe: Twitter

Estes são os adversários da França no grupo A da Copa do Mundo de 2010, conhecidos hoje. Foi ótimo cair na chave dos sul-africanos, cabeças mais fracos, embora empolgados como anfitriões. Mas México e Uruguai devem dar muito trabalho, ainda mais porque a Celeste é o rival da estreia.

Passando para a segunda fase, o cruzamento é com o grupo B, de Argentina, Nigéria, Coreia do Sul e Grécia. Nada mole, mas tudo bem, afinal, trata-se de Copa do Mundo e é razoável que seja assim para quem quiser ser campeão.

Desculpe escrever tão pouco sobre um evento tão importante, mas justamente pela relevância do acontecido hoje na Cidade do Cabo nós tivemos um dia cheíssimo na redação e não consegui fazer mais. Com o passar do tempo, a gente destrincha mais o assunto, bien sûr. Amanhã à tarde, ponho os jogos da rodada do Francês.

Parreira e a bela Charlize Theron vão ter que aturar os Bleus (AFP)

Parreira e a bela Charlize Theron vão ter que aturar os Bleus (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , ,