Publicidade

Posts com a Tag Antonetti

domingo, 30 de setembro de 2012 Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 21:00

Marselha cai em Valenciennes e PSG se aproxima; Lyon perde do Bordeaux e vem em 3o após 7a rodada

Compartilhe: Twitter

Reforçado às 21h55 de 01/10

Valenciennes FC 4 x 1 Olympique de Marseille (Le Tallec 2, Danic e Kadir; Jordan Ayew – Assista aos gols)
Paris Saint-Germain 2 x 0 FC Sochaux-Montbéliard (doublé de Kevin Gameiro)
Olympique Lyonnais 0 x 2 Girondins de Bordeaux (Trèmoulinas e Diabaté)
Evian TG FC 1 x 1 FC Lorient (Khlifa; Sunu)
Stade Rennais FC 2 x 0 LOSC Lille (Assista aos gols. O capitão Mavuba deixou o jogo lesionado, desfalque pro Lille na Champions?)
AC Ajaccio 1 x 0 Stade Brestois 29 (Mostefa)
AS Nancy Lorraine 0 x 2 Montpellier Hérault SC (Belhanda e Camara)
OGC Nice 2 x 2 SC Bastia (Cvitanich e Civelli; Rothen e Modeste)
ESTAC Troyes 0 x 2 Toulouse FC (Ben Yedder e Rivière)
AS Saint-Etienne 0 x 0 Stade de Reims

Gols do fim de semana: Assista ao vídeo no site da ESPN

Estatísticas oficiais: leia o arquivo da LFP

Classificação: 1) OM, 18 pts; 2) PSG, 15; 3) OL, 14; 4) LOR e BOR, 13.
Zona do Rebaixamento: 17) EVI, 5; 18) NAN, 4; 20) TRO, 2.

Se mantivesse os inabaláveis 100% de aproveitamento, o Marselha igualaria um recorde do Lille da década de 30! Mas a equipe de Elie Baup dormiu na partida que abriu o domingo, caindo para o bom time do Valenciennes com notáveis falhas individuais de seus jogadores. Mandanda esteve num dia bastante negativo, bem como seus companheiros de defesa (Nkoulou, Morel, Fanni). Com a surpreendente goleada (que o OM não sofria desde 2006!), comandado pela dupla Danic-Le Tallec, o VAFC do beque brasuca Gil foi a 11 pontos e à 7a colocação, não distante dos líderes.

Desta vez Ibrahimovic passou em branco, mas o Paris Saint-Germain mostrou que tem outro goleador, Kevin Gameiro, em mais um triunfo, agora contra o Sochaux. Gameiro foi titular pela 1a vez e já correspondeu, o que mostra a Ancelotti que é possível escalá-lo como “9”, tirando Ibrahimovic da área e variando ofensivamente a equipe. A squadra do técnico italiano segue com a melhor defesa (3 gols sofridos em 7 rodadas), e vai animada tanto para o duelo com o Porto (co-líder do Português ao lado do Benfica) pela liderança do grupo A da Liga dos Campeões, na quarta, quanto especialmente para Le Classico que agora pode tirar a liderança isolada do Olympique no domingo.

O Lyon também poderia ter se aproximado do líder, mas saiu derrotado diante do Bordeaux e foi outro a perder a invencibilidade na L1. Ambos têm compromissos na Liga Europa na quinta, os Girondinos contra o Newcastle, por onde vem brilhando o meia francês Hatem Ben Arfa, e os Lioneses contra o desconhecido Hapoel Ironi Kiryat Shmona…

Nada espetacular o empate do Lorient com o Evian, de fraca campanha até aqui, mas o FCL segue no top 4, como um dos três invictos que restaram (ao lado de PSG e Bordeaux) e com o melhor ataque do Francês até agora, 13 gols marcados, pasmem!

Abertura da rodada com duelo de nortistas, Rennes e Lille, que vinham na metade de baixo da tabela, e deixaram Tulio de Melo e o selecionável Mvila no banco. Com Erding (ex-PSG) no ataque titular, o rubro-negro abriu o placar quando era mais atacado e tinha menos posse de bola, curiosamente. Pitroipa fez bela jogada pela esquerda, chutou, Landreau se atrapalhou com uma bola que dava pra agarrar, Feret apareceu em sua frente e o encobriu com um totózinho, aos 19 do 2o.

Logo depois do gol, Tulio veio pro jogo em mudança ofensiva de Rudi Garcia, que tirou o volante Gueye. E os visitantes acertaram a trave de Costil pela segunda vez (após bela intervenção do goleiro). Mas a sorte estava com os anfitriões. Alessandrini, que veio pro lugar do turco Mevlut, pegou um rebote de rebatida da área, pouco à frente da intermediária, dominou e acertou um lindo tirambaço curvilíneo, encobrindo Landreau, 2 a 0 até o apito final, que Garcia teve de ver longe do banco, expulso que foi. Antonetti só colocou Mvila aos 35, ele vinha de lesão?

Além de ver o jogo na tribuna do Parc des Princes, o ex-presidente Nicolas Sarkozy foi ao vestiário local, tietou Ibrahimovic e pegou Maxwell e outros de calças curtas...

No fim, o Rennes (14o) atingiu a pontuação do Lille (15o), 7 pontos. O LOSC levou gols em todas as partidas do campeonato até aqui, o que é bem preocupante não só no certame, mas também porque há uma UCL em curso! (o SRFC começou a rodada com o mesmo retrospecto ruim, mas conseguiu superá-lo depois dos 90 minutos). Nesta terça, o time busca seus primeiros pontos no torneio continental fora de casa, contra o Valencia, que faz campanha regular no Espanhol (10o colocado com 6 rodadas).

Providencial vitória do campeão Montpellier em Nancy, que o levou para o 13o lugar na tabela. Que seja uma injeção de ânimo para o grupo de René Girard, a despeito da fragilidade do adversário, agora penúltimo colocado, pois o MHSC tem parada dura nesta quarta-feira, enfrentando o Schalke 04 (4o na Bundesliga após 6 rodadas) na Alemanha pela Liga dos Campeões, na qual ainda não pontuou.

Pro Saint-Etienne não foi legal empatar em casa, por mais que o Stade de Reims esteja melhor colocado na competição. Brandão foi reserva e entrou no 2o tempo novamente, desta vez no lugar de Hamouma, dias depois ter recebido uma boa notícia com o arquivamento da acusação de estupro de que era alvo na França.

Franceses fora da França
Pelo que pude acompanhar, o meia Franck Ribéry foi muito bem na vitória do Bayern de Munique sobre o Werder Bremen no Campeonato Alemão, mantendo o time bávaro com 100% de aproveitamento na Bundelisga. E o zagueiro Laurent Koscielny foi mal na derrota do Arsenal para o Chelsea no clássico pelo Campeonato Inglês. No lance do gol de Fernando Torres, o beque tentou segurar o atacante, esqueceu da bola, e o espanhol esticou a perna para encostar para as redes…
Outro desempenho internacional de francês que valha o registro?

Meio de semana, 2a rodada de UCL e UEL:
Terça, 2/10 – Champions: Valencia (ESP) x Lille
Quarta, 3/10 – Champions: Porto (POR) x PSG / Schalke (ALE) x Montpellier
Quinta, 4/10 – Liga Europa: Hapoel Shmona (ISR) x Lyon / Marseille x AEL Limassol / Newcastle (ING) x Bordeaux

Programação da 8a rodada, que tem tudo pra pegar fogo no domingo, com os 4 primeiros se enfrentando e o Paris com a perspectiva de se igualar ao Marselha no topo da classificação:

Vendredi 5 octobre 2012
AS Saint-Etienne x AS Nancy Lorraine

Samedi 6 octobre 2012
Montpellier Hérault SC x Evian TG FC
SC Bastia x ESTAC Troyes
LOSC Lille x AC Ajaccio
Stade de Reims x Nice
FC Sochaux-Montbéliard x Stade Rennais FC
Toulouse FC x Valenciennes FC

Dimanche 7 octobre 2012
Stade Brestois 29 x Girondins de Bordeaux
*FC Lorient x Olympique Lyonnais
**Olympique de Marseille x Paris Saint-Germain

– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (Já são mais de 70 membros!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 15 de abril de 2011 Francês da 1ª divisão, Seleção francesa | 10:06

Lille, cuidado com o… Lille

Compartilhe: Twitter

Quando um time lidera um campeonato de pontos corridos na reta final, com boa vantagem na classificação, a ponto de os concorrentes mais próximos terem de torcer por tropeços contra outros adversários, podemos dizer que ele só perde, principalmente, para ele mesmo. Certo?

Eis o caso do Lille, líder do Francês, que depois da derrota para o Monaco, na última rodada, viu o clima se desestabilizar entre seus jogadores: Rami falou em falta de comprometimento dos colegas, a turma não gostou e Landreau tentou esfriar a quentura, como informa a boa coluna de França do Trivela.com. É bom que Rudi Garcia faça seus comandados manterem o foco e se unirem em campo para que o trabalho de toda a temporada não desmorone a poucos metros da linha de chegada…

rudi_garcia_lille_afp

O técnico do LOSC também se irritou após a derrota em Mônaco. Mas agora precisa de muita calma (AFP)

Prejuízo pro Lyon
Miralem Pjanic pegou dois jogos de suspensão pela Comissão de Disciplina da Liga de Futebol Profissional (LFP) por uma suposta agressão (alguém viu se foi mesmo?) não vista pela arbitragem de então sobre Victor Hugo Montaño, do Rennes, no empate entre os times quase um mês atrás. A reclamação acintosa do técnico Fréderic Antonetti depois da referida partida, quanto à impunidade do meia do Lyon, acabou surtindo resultado, prejudicando um rival direto na luta pelas vagas na próxima Liga dos Campeões da Europa…

Se lhe devem…
Raymond Domenech foi demitido pela Federação Francesa de Futebol depois do fiasco da Copa 2010 sem nada receber. Por mais que isso faça sentido pelos desserviços que ele vinha prestando, é seu direito não aceitar o acordo com a entidade e cobrar uma indenização, como de fato ocorreu nesta quinta. Assim como a FFF pode buscar argumentos como a dispensa por falta grave para não ter que desembolsar milhões. O tribunal de Prud’hommes deve examinar o caso só em 13 de janeiro de 2012

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 11 de março de 2011 Francês da 1ª divisão | 20:33

Olympique supera Rennes e cresce na briga

Compartilhe: Twitter

Com o técnico do seu próximo adversário (Manchester United), Sir Alex Ferguson, vendo tudo de perto, o Olympique de Marselha conquistou uma importante vitória contra um rival direto na luta pelo título nacional. Os gols de Loïc Rémy e Lucho González levam o OM para 48 pontos, enquanto o co-líder Rennes permanece com 49. Ambos torcem para que o Lille, também com 49, não ganhe pontos contra o Valenciennes no desenrolar da journée.

Tendo começado melhor, o Olympique mereceu abrir o placar fora de casa. Aos 24 minutos, André Ayew, que já havia desperdiçado ótima chance em tabela com Lucho, cruzou e Remy mergulhou livre, de peixinho, no centro da área, por cima de Douchez: 1 a 0. Porém, o Stade Rennais cresceu no jogo no decorrer da primeira etapa. Poderia ter ganho um pênalti quando Mbia puxou Marveaux durante cruzamento pelo alto da área marselhesa. Teve falta perigosa novamente de Mbia, que se enroscou e pisou em Dalmat. E se lamentou quando Boukari recebeu em condições de finalização na grande área, mas meteu pra fora.

om_afp

Jordan se emocionou após o gol de Lucho. E Brandão não fez falta no Stade de la Route de Lorient (AFP)

Veio o segundo tempo e continuou a pressão do Rennes. Logo aos 3, Mvila concluiu cruzamento chutando de primeira, com perigo, entre Mandanda e a trave. Troco à altura foi visto aos 9: bela trama de passes no ataque marselhês, Remy fuzilou e Douchez espalmou em grande intervenção.

Frédéric Antonetti experimentou mudanças, com Lemoine e Kembo nos lugares de Dalmat e Leroy. Só que o SRFC não conseguia ser conclusivo no ataque e ainda por cima oferecia perigosos contragolpes aos visitantes. Aos 24, Gignac ganhou do zagueiro em disputa duvidosa (achei que foi falta), entrou na área, chutou e Douchez rebateu com o pé. Pouco tempo depois, Jordan Ayew, substituto de APG, bobeou quando ficou cara a cara com o goleiro rival, esperando demais para finalizar até ser desarmado pela zaga.

Minutos depois, entretanto, o irmão de André se recuperou com estilo, quando recebeu lançamento, ganhou no corpo a corpo e, de frente pra Douchez, serviu Lucho, que só complementou para as redes. Ainda deu tempo par Remy ser aplaudido na vinda de Valbuena e, já nos 45, o disciplinado Taiwo fazer linda jogada e carimbar o travessão em chute de longe, uma pena.

Veja os demais jogos da 27ª rodada:

Sábado, 12/03
15h – Sochaux (9º) x Lyon (4º) – TV5 anuncia transmissão ao vivo
15h – Arles-Avignon (20º) x Lorient (8º)
15h – Saint-Etienne (10º) x Brest (11º)
15h – Lens (19º) x Toulouse (12º)
15h – Nancy (17º) x Caen (14º)
15h – Nice (15º) x Auxerre (16º)

Domingo, 13/03
13h – Lille (1º) x Valenciennes (13º)
13h – Bordeaux (7º) x Monaco (18º)
17h – Paris-SG (5º) x Montpellier (6º) – SporTV2 anuncia transmissão ao vivo

* Classificação: Lille e Rennes lideram com 49 pontos, seguidos por Olympique de Marselha, com 48, Lyon, com 45, e PSG, com 44. Veja tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 25 de outubro de 2010 Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 16:29

Embolado é pouco

Compartilhe: Twitter

O que você diria de um campeonato de 20 times no qual a diferença entre o primeiro e o 17º colocado fosse de oito pontos? Muito embolado. É assim que está o Campeonato Francês decorridos 25% da edição 2010/2011, após dez rodadas. Entre o líder Rennes (19 pontos) e o Nancy (11 pontos), último antes da tríade que compõe a zona de rebaixamento da Ligue 1, 15 equipes se misturam, o que torna muito difícil estabelecer prognósticos hoje sobre quem lutará pelo quê na reta final.

O Monaco decepciona bastante, ao dividir a vice-lanterna com o Lens depois de somar apenas 9 pontos em 30 possíveis. Depois de perder as oito primeiras partidas, o Arles Avignon conseguiu dois empates seguidos, mas ainda é muito pouco para deixar a condição de pior time do torneio.

lille_olympique_marselha_loic_remy_afp

O voo de Loïc Rémy no Lille-Metropole: estaria o Olympique de Marselha perto de galgar a liderança e se firmar como favorito ao bicampeonato? (AFP)

Podemos dizer que o Olympique de Marselha (3 a 1 no Lille, de virada) foi o maior vencedor da rodada, pois ganhou fora de casa e viu outros três ponteiros tropeçarem em seus domínios: Rennes perdeu (1 a 0 para o Montpellier), PSG também (3 a 2 para o Auxerre) e Saint-Etienne empatou (1 a 1 com o Caen). O OM, que acertou em trazer Loic Rémy do Nice, acabou com a invencibilidade do LOSC em casa, que durava nove partidas (desde fevereiro deste ano!), com dois do atacante.

Além de Rémy, mais três jogadores marcaram dois gols na rodada do último fim de semana: o zagueiro/lateral Daniel Congré, do Toulouse (que fez 3 a 1 no Sochaux fora), o atacante Grégory Pujol, do Valenciennes (2 a 0 no Monaco) e o meia-atacante brasileiro Nenê, pelo Paris Saint-Germain (derrotado pelo Auxerre, acredite, por 3 a 2). Nenê e o também eficiente El-Arabi, do Caen, chegaram a 6 gols na artilharia geral e encostaram em Payet (Saint-Etienne), que tem 8. Pujol vem logo atrás com 5, ao lado de Sow, do Lille. Congré não está nesta disputa mas tem o que comemorar: em um jogo no sábado marcou o mesmo número de gols que havia conseguido em seis temporadas pelo TFC, que defende desde 2004/2005!

>> Classificação: Rennes lidera com 19 pontos, seguido por Saint-Etienne, Olympique de Marselha e Brest com 18. Confira tabela completa

frederic_antonetti_rennes_montpellier

O sorriso de Frederic Antonetti, técnico do Stade Rennais, está ameaçado depois que seu time perdeu em Montpellier e viu três rivais encostarem na tabela, um ponto atrás (AFP)

 

*COPA DA LIGA FRANCESA*
A fase de oitavas de finais, em partidas únicas e eliminatórias (não há ida e volta), acontece amanhã e depois. Dois oito jogos, dois se destacam. Confira:

Terça, 26 de outubro
16h – Monaco x Lorient   
           Montpellier x Ajaccio (2ª)  
           Valenciennes x Boulogne (2ª)  
16h45 – Saint-Etienne x Bordeaux  

Quarta, 27 de outubro
13h – Guingamp (3ª) x Olympique de Marselha  
14h45 – Lille x Caen  
16h – Auxerre x Bastia (3ª)  
16h45 – Lyon x Paris Saint-Germain

Logo mais tem mais

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 4 de outubro de 2010 Francês da 1ª divisão | 16:44

Não tem mais bobo na Bretanha

Compartilhe: Twitter
Torcedores do Rennes empunharam bandeiras da Bretanha no Stade de la Route de Lorient ontem (AFP)

Torcedores do Rennes empunharam bandeiras da Bretanha no Stade de la Route de Lorient ontem (AFP)

Pois é, quem diria que veríamos o Rennes na ponta do Campeonato Francês depois de oito rodadas, o que já não depende do acaso de uma vitória particular por goleada numa estreia, por exemplo. Enquanto o Saint-Etienne, então comandante da tabela, perdia gols e a chance de vencer o Olympique de Marselha em casa, o Stade Rennais não economizou gols e bateu o Toulouse por 3 a 1, nos seus domínios, um dia depois – com destaque para o primeiro, uma linda trivela cruzada do lateral-direito Danzé.

Com cinco vitórias e três derrotas na atual Ligue 1, o rubro-negro do norte francês divide com o Lille, terceiro colocado, o raro privilégio de ainda se manter invicto no torneio. Realmente não é um time de estrelas e vaidades individuais: o jogador com a melhor média de notas do time no campeonato segundo a France Football, por exemplo, é o zagueiro senegalês Abdou Kader Mangane. Essa soma de bons valores (entre outros, Douchez no gol, Mangane, o selecionável Mvila, ao lado de Marveaux e Dalmat no meio-campo, e o atacante colombiano Montaño, ex-Montpellier) tem alcançado um resultado bastante satisfatório até aqui. Porém, como a equipe de Frédéric Antonetti caiu precocemente na Copa da Liga Francesa, perdendo para o Guingamp (3ª divisão), não vamos nos empolgar antes da hora…

Vendo Rennes x Toulouse por uma transmissão de TV na internet, pude conferir um pouco do animado clima no vestiário do time vencedor instantes após a chegada ao topo da classificação. Os caras se cumprimentando e se reunindo no centro do vestiário, para fazer uma espécie de “grito de guerra”, não surpreende a ninguém. O que achei diferente foi um banner pendurado numa das paredes, onde se podia ler: “Toda a Bretanha está com você, Stade Rennais“. Não sei o que as torcidas dos também bretões Lorient e Brest pensam, mas enfim, estava lá… (os fãs de Nantes e Vannes não devem ter reclamado, pois seus times estão na segunda divisão, o que é oooutro campeonato).

Havia um seguro Mandanda no meio do caminho entre Rivière e o gol (AFP)

Havia um seguro Mandanda no meio do caminho entre Rivière e o gol (AFP)

O clássico entre ASSE e OM foi bastante movimentado, com os goleiros Janot e Mandanda se sobressaindo em relação aos atacantes. Quando o time da casa pressionava, saiu o gol marselhês em lance confuso, um bate e rebate que incluiu até o juizão, sobrou para Lucho enfiar com maestria e Gignac encher o pé (foi seu primeiro tento no clube). Valbuena ainda acertou o travessão, perdendo a chance de definir para os visitantes. De tanto martelar, o St. Etienne empatou no segundo tempo, após ótimo cruzamento do selecionável Matuidi que Batlles só escorou. Apesar da frustração verde por não acumular 3 pontos no Geoffroy-Guichard, não foi de todo mal o empate, afinal o Olympique, virtual concorrente ao título, segue atrás na classificação, em 8º.

Frustração maior foi a do Paris Saint-Germain, que tanto bateu mas não furou a defesa do Nice, cujo goleiro colombiano Ospina foi cumprimentado pelos colegas após o jogo, tamanha a importância dele no ponto conquistado fora de casa. Quem também comemorou longe do seu estádio foi o Lyon, que graças sobretudo ao atacante Jimmy Briand (dois gols e uma assistência), ex-Rennes, venceu o Nancy por 3 a 2 e caminha para se distanciar da incômoda zona de rebaixamento.

>> Classificação da Ligue 1: O Rennes assumiu a liderança, com 18 pontos, ultrapassando o Saint-Etienne, que tem  17. O Lille subiu para terceiro, com 14, ao lado de Toulouse e Brest (!). Confira tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 8 de junho de 2009 Francês da 1ª divisão | 21:18

Quem seria a jóia de Deschamps?

Compartilhe: Twitter

“Para o gol” é o que se espera que Deschamps não apenas leia, mas realize no OM (clique para ampliar)

Didier Deschamps, novo técnico do Olympique de Marselha, conversou com a France Football e já apresentou seu projeto para o clube. Em entrevista cuja íntegra será publicada nesta terça-feira, o substituto de Eric Gerets identificou uma falha grave do time no último Francês (perder pontos em demasia no Vélodrome) e deixou claro que pretende contar com novas e prontas peças para fortalecer o elenco.

Além disso, DD simplesmente afirmou: “Quero um Juninho ou um Gourcuff” (só você, meu filho??). Ou seja, um meia capaz de ser decisivo e marcar gols (coisa que Ben Arfa poderia fazer, mas não vem fazendo). Como Juninho não joga mais na França e Gourcuff não deixa Bordeaux tão cedo, os dois só valem como metáfora. Quem seria a jóia de Deschamps ao alcance do Marselha? Um Michel Bastos estaria de bom tamanho??

Falando em novo técnico, o mercado francês anda agitado desde o fim da Ligue 1, há pouco mais de uma semana. Veja como foi o troca-troca (com todo o respeito) dos últimos dias na França:

Paris Saint-Germain: Antoine Kombouaré subiu na vida ao se mudar de Valenciennes para Paris
Monaco: rompeu o namoro com o brasileiro Ricardo Gomes e assumiu outro com Guy Lacombe, ex-Rennes
Rennes: como perdeu Lacombe, foi atrás de Frederic Antonetti, ex-Nice
Le Mans: trouxe o português Paulo Duarte, que conciliará o cargo com a seleção de Burkina Faso (caraca!)
Saint-Etienne: renovou com o técnico que deu o último caneco ao Lyon, Alain Perrin
Valenciennes: contratou Philippe Montanier, que levou o Boulougne-sur-Mer pela 1ª vez à Ligue 1
Boulogne-sur-Mer: o calouro agora conta com Laurent Guyot, ex-defensor do Nantes de 39 anos* 
Montpellier: “recém-subido” da Ligue 2, trocou Rolland Courbis por René Girard*incluído no dia 09/06

 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,