Publicidade

Posts com a Tag Angoua

segunda-feira, 29 de setembro de 2014 Francês da 1ª divisão | 12:56

O Marseille será o Cruzeiro da França?

Compartilhe: Twitter

Atualizado horas depois da postagem inicial

Setembro foi um ótimo mês para o Olympique de Marseille, que confirmou o status de melhor clube do Campeonato Francês ontem, batendo o terceiro colocado Saint-Etienne por 2 a 1. Terá a equipe do argentino Marcelo Bielsa condições de se segurar na ponta e ir abrindo vantagem, como o Cruzeiro tem feito no Brasil desde o ano passado?

Também pela 8ª rodada da Ligue 1, o Bordeaux fez sua parte para não deixar o líder escapulir, vencendo o Rennes pelo mesmo placar, também em casa. Então ficam os Girondinos a dois pontos dos marselheses, tendo o Lille agora na terceira colocação, dois pontos abaixo, depois de ter derrotado o Bastia em casa, 1 a 0, placar adivinhado por este bolonista!

-> Imbula (Marseille) e Doucouré (Rennes): duas revelações desse início de temporada na França

Logo atrás na tabela, Paris Saint-Germain e Metz se igualaram ao Saint-Etienne em pontos, o primeiro somando um ponto diante do Toulouse (1 a 1) e o segundo vencendo o Reims por 3 a 0 (apostei 3 a 1, por pouco!). Em seguida, estão Montpellier e Nice, ambos vitoriosos na rodada: 2-1 no Guingamp e 0-1 no Monaco, no duelo da Côte D’Azur.

Como eu previra, o Lyon empatou com o Nantes fora (acabou 1 a 1) e os dois se mantêm no miolo da tabela de classificação. Por fim mas não menos importante, convém informar que me recuperei no Bolão da Ligue 1 Brasil do Face, subindo para o 8º lugar, entre 20 participantes ativos (26 ainda estão inscritos) -> :)

Piada!
O questionamento da arbitragem rendeu momentos engraçados em duas partidas (clique nos links para ver os vídeos):

1) Em Bordeaux 2 x 1 Rennes, o técnico Sagnol e o volante Armand, de times adversários, concordaram em um quesito: “parece que esse árbitro fumou um antes do jogo!”

2) Em Montpellier 2 x 1 Guingamp, o goleiro do time visitante, Samassa, peitou o juiz e ia receber o vermelho. Mas o ágil zagueiro Angoua chegou antes do cartão e meteu a mão pra obstruir a advertência, que pantomima!

Demais resultados:
FC Lorient 2 x 0 Evian TG FC
RC Lens 0 x 0 SM Caen – CRAVEI TAMBÉM!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 10 de junho de 2014 Copa do Mundo | 19:22

Estrangeiros do futebol francês na Copa 2014

Compartilhe: Twitter
Antes mesmo de Falcao ser oficialmente cortado, os colombianos já tinham bolado a substituição perfeita, com um atacante cuja seleção não se classificou pra Copa...

Antes mesmo de Falcao ser oficialmente cortado, os colombianos já tinham bolado a substituição perfeita, com um atacante que também atua na França e cuja seleção não se classificou pra Copa…

Copa do Mundo não é torneio pra gente falar só de seleção francesa neste espaço, mas também de lembrar ao planeta bola os jogadores do Mundial que atuam no nosso querido futebol francês.

Lembrando que, dos 23 franceses convocados por Deschampsapenas 8 jogam atualmente no país. Quase o mesmo número de atletas que representam as seleções africanas de Camarões (7) e Costa do Marfim (6)!

Uma curiosidade: nos maiores campeões mundiais, Brasil e Itália, apenas o PSG cedeu destaques, três em cada. E o hoje bicampeão francês é o maior cessor de atletas para todas as 32 seleções, entre todos os clubes do país: 11, bem à frente do Monaco, o segundo nessa relação, com 4.

Bora lá (me baseei nesse link do bom site espanhol Futbol desde Francia, cruzando depois com os 23 confirmados da página da Fifa sobre a Copa):

Argélia: Carl Medjani (defensor do Valenciennes), Mehdi Mostefa (defensor do Ajaccio) e Aissa Mandi (defensor do Reims). Ryan Boudebouz (meia do Bastia) e Foued Kadir (meia do Stade Rennais) foram pré-selecionados, mas cortados.

ArgentinaSergio Romero (goleiro reserva do Monaco) e Ezequiel Lavezzi (atacante do Paris Saint Germain).

Bélgica: Divock Origi (lateral/ala do Lille).

Brasil: Thiago Silva (zagueiro capitão), David Luiz (zagueiro vindo agora do Chelsea) e Maxwell (lateral-esquerdo), todos do Paris Saint Germain.

Camarões: Nicolas Nkoulou (lateral do Olympique de Marseille), Henri Bedimo (lateral-esquerdo do Lyon); Jean Illes Makoun (volante do Rennes); Landry Nguemo (volante do Bordeaux); Edgar Salli (meia do Lens, recém-promovido da Ligue 2); Benjamin Moukandjo (meia-atacante do Nancy, da Ligue 2) e Vincent Aboubakar (atacante do Lorient). Guy Ndy Assembe, goleiro do Guingamp, e Jean-Armel Kana-Biyik, zagueiro do Rennes, ficaram fora.

Aboubakar foi um principais goleadores do último Campeonato Francês, empatado na vice-liderança do ranking geral com o também convocado Cavani, do Uruguai, ambos atrás do sueco Zlatan Ibrahimovic, lamentavelmente fora desta Copa.

Colômbia: David Ospina (goleiro do Nice); Ábel Aguilar (volante do Toulouse); James Rodríguez (meia do Monaco).

O goleador monegasco Radamel Falcao García foi pré-relacionado entre os 30, mas não se recuperou da cirurgia no joelho como torcíamos. Porém, o país conta com a habilidade de Rodríguez, maior assistente da última Ligue 1.

Costa do Marfim: Serge Aurier (lateral-direito do Toulouse); Benjamin Angoua (zagueiro do Valenciennes); Jean Daniel Akpa-Akpro (ala do Toulouse); Ismäel Diomande (meia do Saint Étienne); Salomon Kalou (meia do Lille) e Max-Alain Gradel (atacante do Saint Étienne). O lateral-direito Brice Dja Djedje, do Olympique de Marseille, e o volante Romaric (Bastia) não ficaram entre os 23.

Tem o único técnico francês de nascimento entre uma seleção estrangeira do Mundial: Sabri Lamouche, 42 anos, naturalizado tunisiano.

Croácia: Danijel Subasic (goleiro titular do Monaco).

Estados Unidos: Alejandro Bedoya (meia do Nantes).

Gana: Jonathan Mensah (zagueiro do Évian Thonon Gaillard); John Boye (zagueiro do Stade Rennais); Andre Ayew (atacante do Olympique de Marseille); Jordan Ayew (atacante do Sochaux) e Abdul Majeed Waris (atacante do Valenciennes) – que fez uma segunda metade de temporada muito boa na Ligue 1.

Andre é irmão mais velho de Jordan Ayew, ambos filhos do ex-atacante Abedi Pelé, que é o maior artilheiro da história da seleção mas, ironicamente, nunca disputou uma Copa do Mundo.

Itália: Salvatore Sirigu (goleiro titular); Thiago Motta (volante/meia); Marco Verratti (volante/meia), todos do Paris Saint Germain, e acima da média, principalmente os dois de linha.

México: Guillermo Ochoa (goleiro que disputou a última temporada pelo Ajaccio e está sem clube) – costuma pegar muito quando acossado;

Nigéria: Vincent Enyeama (goleiro titular do Lille). O meia Sunday Mba (CA Bastia, Ligue 2) foi pré-relacionado, mas acabou fora.

Enyeama fez uma excelente Ligue 1 2013/14 pelo LOSC, sendo um dos arqueiros menos vazados do campeonato francês.

Portugal: João Moutinho (volante/meia do Monaco).

Uruguai: Edinson Cavani (atacante do Paris Saint Germain) – craque!

-> Link para todos os convocados para a Copa 2014 do site do O Globo

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 11:52

Lille se confirma como melhor time do turno do Francês

Compartilhe: Twitter

Com tanto equilíbrio, todos podem tirar pontos dos líderes na Ligue 1. Essa foi a tônica do primeiro turno, repetida na décima nona rodada, nesta quarta-feira, que encerrou o ano de 2010 na França – o returno começa nos dias 15 e 16 de janeiro de 2011. Melhor para o Lille, que mesmo empatando em casa se consagrou como champion d’automne, graças às derrotas de PSG e Rennes e aos empates de Lyon e Olympique de Marselha (o LOSC tem ainda um jogo adiado por fazer, contra o Nancy).  

moussa_sow_lille_afp

Como dizem os locutores nos estádios após os gols, o goleador-mor desta primeira metade foi Moussa... Sooowww! (AFP)

Contra o Saint-Etienne, que poderia alcançar a mesma pontuação em caso de vitória, o Lille não venceu, como esperava, mas garantiu o artilheiro do turno, Moussa Sow, com 14 gols. O ASSE não pôde contar com seu artilheiro Payet, em razão de uma gastroenterite (ué, já mandou ver a ceia natalina?). O Rennes não teve a mínima chance contra o Caen: saiu perdendo antes dos 10 minutos de jogo e assim terminou a partida, caindo longe de casa.

Com um a menos desde o começo do jogo, o PSG não resistiu ao Nancy fora de casa na segunda etapa. O Lyon também não teve o que comemorar: foi para o intervalo ganhando do Auxerre e na condição de líder da competição por causa dos resultados combinados. Mas o AJA empataria assim que a bola voltou a rolar no Gerland, o que deixou os lioneses chupando o dedo… 

Sem Brandão, lesionado no tendão de Aquiles, e com Gignac mais reclamando da marcação do que jogando como deveria, um instável OM, demasiado nervoso com a arbitragem, parou na segunda melhor defesa do torneio (15 gols sofridos), atrás do Rennes (12 gols). O Stade Brestois, porém, se destaca pela ruindade do gramado do acanhado estádio Francis Le Blé, que pasto!

Veja os resultados completos da 19ª journée:

Lille 1 x 1 Saint-Etienne (Sow aos 27 do 2º; Sako de pênalti aos 31 do 2º) 
Nancy 2 x 0 Paris Saint-Germain (Hadji aos 22 e 37 do 2º) – Sakho-PSG foi expulso aos 14 do 1º
Caen 1 x 0 Rennes (Hamouma aos 9 do 1º)
Lyon 1 x 1 Auxerre (Mignot contra aos 48 do 1º; Quercia no 1º do 2º)
Brest 0 x 0 Olympique de Marselha – Fanni-OLY saiu machucado no 1º tempo, Kaboré-OLY foi expulso aos 39 do 2º 
Bordeaux 2 x 2 Lens (Alou Diarra aos 22 do 2º e Gouffran aos 47 do 2º; Eduardo aos 16 do 1º e Boukari aos 47 do 1º) – Alou Diarra-BOR foi expulso aos 27 do 2º 
Lorient 0 x 0 Montpellier 
Monaco 2 x 1 Sochaux (Malonga aos 8 do 1º e Park aos 48 do 2º; Maiga aos 2 do 2º) 
Valenciennes 2 x 1 Toulouse (Angoua aos 44 do 1º e Danic aos 47 do 1º; Sissoko aos 35 do 1º)  
Arles-Avignon 0 x 0 Nice

>> Classificação: Lille (um jogo a menos) lidera com 32; PSG, Rennes e Lyon somam 31; Marselha e Saint-Etienne, 29.  Confira tabela completa

Joyeux Noël à tous! (Feliz Natal a todos!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,