Publicidade

Posts com a Tag André

terça-feira, 3 de maio de 2011 Brasileiros na França | 18:21

André não deve seguir no Bordeaux: Corinthians na parada

Compartilhe: Twitter

Não ficou à vontade nem na foto pro site, que pena (Girondins.com)

Notícia fresca do iG Esporte: o Timão já acertou salário e tempo de contrato com o atacante ex-Santos. Se houver acordo com o Dínamo de Kiev, detentor do jogador, ele vem por empréstimo para São Paulo em agosto.

Deve terminar a temporada pelos Girondinos, mas como não deu certo no time de Jean Tigana, sendo pouco aproveitado (oito jogos, sete como reserva) e não tendo balançado as redes sequer uma vez (nem contra o Arles-Avignon!), é bem provável que queira muito deixar a França para não cair no esquecimento e voltar a ser chamado para a seleção brasileira, como Mano Menezes vinha fazendo até o compromisso brasuca no Stade de France.

Veja números de André nesta Ligue 1, do site dos Marine et Blanc. Porque será que o jovem de 20 anos deu errado por lá? Muito jovem pra jogar bem num grande francês em pouco tempo, sem poder fazer pré-temporada?

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 11 de abril de 2011 Francês da 1ª divisão | 17:24

Lille perdeu, mas Olympique bobeou…

Compartilhe: Twitter

Sim, a diferença entre os dois líderes do Campeonato Francês caiu: de quatro para três pontos. Mas poderia ter vindo a apenas um, se o Marselha fizesse o dever de casa e tivesse vencido o Toulouse. No fim, a derrota no Principado de Mônaco não custou tanto ao Lille, perto do título mais do que os adversários a oito rodadas do fim.

Sem pestanejar desta vez, o Lyon bateu o Lens, cada vez mais próximo da Ligue 2, passou o Rennes e deu uma encostada no OM – dois pontos. O Stade Rennais não conseguiu segurar o Brest, fora de casa, e se distanciou do caneco. Dois pontos atrás vem o PSG, que ao derrotar o Caen como visitante (Nenê foi bem, com uma assistência) se manteve na briga, ainda, por vaga na próxima Liga dos Campeões da Europa.

Digna de nota também a decepção que representa o Bordeaux nesta temporada: não conseguiu vencer o Arles (sim, o ACA!) em casa, apostando no brasileiro André. Renovação já!

gignac

André-Pierre Gignac marcou contra o ex-time, só que a vitória necessária não sorriu aos marselheses (AFP)

Os resultados do final de semana:

Monaco 1 x 0 Lille (Park, aos 12 do 1º) – Gervinho-LIL foi expulso aos 38 do 1º
O. Marseille 2 x 2 Toulouse (Rémy e Gignac; Braaten e Cetto) – Mais de 50 mil pessoas no Vélodrome
Lyon 3 x 0 Lens (Bedimo contra, Briand e Lisandro López) – Mais de 34 mil pessoas no Gerland. Ederson sofreu e desperdiçou pênalti
Brest 2 x 0 Rennes (Roux e Grougi) 
Caen 1 x 2 Paris-SG (Hamouma; Jallet e Chantôme)
Auxerre 2 x 2 Saint-Etienne (Oliech e Dudka; Rivière e Aubameyang)
Bordeaux 0 x 0 Arles-Avignon
Lorient 1 x 1 Sochaux (Morel; Dramé)
Valenciennes 1 x 1 Nancy (Pujol; Vahirua) – Bisevac-VAL e Chrétien-NAN foram expulsos 
Montpellier 1 x 1 Nice (Dernis; Jourdren contra)

*Classificação: Lille lidera com 58 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 55, Lyon, com 53, Rennes, com 51, e PSG, com 49. Veja tabela completa

Hoje estou com afazeres extras na redação do iG; se der tempo, volto mais tarde

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 8 de abril de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:08

Ligue 1, 30ª rodada. André desencanta?

Compartilhe: Twitter

Líder Lille pega ameaçado Monaco no Principado, enquanto que o vice Olympique encara um despreocupado Toulouse no Vélodrome: a diferença de quatro pontos vai cair?

É a grande chance para André marcar seu primeiro gol pelo Bordeaux: o técnico Jean Tigana o confirmou como titular pela primeira vez, depois de sete entradas ao longo das partidas nas rodadas anteriores. E logo contra o fraquíssimo Arles, o pior dos piores (vide post anterior), no Chaban-Delmas. Agora vai?

Ainda falta para o atacante girondino, ex-Santos e Dínamo de Kiev, o principal para um camisa 9: gols (Girondins.com)

Sábado, 9/4
14h – Monaco (18º) x Lille (1º)
14h – Caen (14º) x Paris-SG (5º)
14h – Auxerre (17º) x Saint-Etienne (7º)
14h – Bordeaux (8º) x Arles-Avignon (20º)
14h – Lorient (9º) x Sochaux (10º)
14h – Valenciennes (16º) x Nancy (12º) 
16h – Brest (13º) x Rennes (3º) 

Domingo, 10/4
12h – O. Marseille (2º) x Toulouse (11º)
12h – Montpellier (6º) x Nice (15º) 
16h – Lyon (4º) x Lens (19º)

*Classificação: Lille lidera com 58 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 54, Rennes, com 51, Lyon, com 50, e PSG, com 46. Veja tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 Francês da 1ª divisão | 17:44

Lille perde e opositores encostam (maravilha!) após 24ª rodada

Compartilhe: Twitter

Sinal de alerta no líder do Campeonato Francês, depois do deslize pela Liga Europa: derrota para o Montpellier – gol solitário do marroquino Younes Belhanda, após bela jogada individual – e fim de uma invencibilidade que vinha desde outubro.

E com as vitórias combinadas de Rennes (43 pontos), Olympique (42 p), PSG (41 p) e Lyon (41 p), todos eles se aproximaram do LOSC (45 p), fechando o grupo dos cinco postulantes ao título, desgarrados do sexto – justamente o Montpellier – em 4 pontos. Ótimo para os que desejam emoção na reta final, heim?

A journée começou na sexta com o Lyon goleando o Nancy, em partida marcada por belos gols de Gourcuff e Briand além da cavadinha falha de Hadji, visíveis aqui. Muito bom para ganhar moral para a partidaça desta terça-feira contra o Real Madrid, no Gerland, abrindo o confronto das oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa.

Motivação idem para o Marselha, que bateu o Saint-Etienne em casa e chega mais otimista para tentar fazer o mesmo contra o Manchester United, na quarta-feira. Outro que precisava voltar aos dias de triunfos, e voltou, foi o Paris Saint-Germain, mesmo longe da capital.

O passeio lionês só não foi a maior goleada da rodada porque o Bordeaux conseguiu levar cinco do Lorient, que se aproveita cada vez mais da bela fase de Kevin Gameiro, agora vice-artilheiro da Ligue 1 com 15 gols, um a menos que Moussa Sow. Em que buraco foi se meter o André, heim? E que roubada a do Bordeaux em achar que o André poderia ser útil rapidamente, né não?

montpellier_lille_camara_mavuba_afp

Camara vibra, Mavuba desabafa: o gol do Montpellier mexeu com a briga pelo caneco (AFP)

Os resultados do fim de semana:

Montpellier 1 x 0 Lille (Belhanda)
Toulouse 1 x 2 Rennes (Théophile-Catherine contra; Mvila e Montaño de pênalti)
O. Marseille 2 x 1 Saint-Etienne (Rémy e Lucho González; Landrin) – Mais de 53 mil pessoas no Vélodrome
Nice 0 x 3 Paris-SG (Giuly, Hoarau e Armand) – Diakité-NIC foi expulso
Lyon 4 x 0 Nancy (Gourcuff, Pied, Pjanic e Briand) – Quase 32 mil pessoas no Gerland
Lorient 5 x 1 Bordeaux (Amalfitano, Gameiro 3 e Mvuemba de pênalti; Fernando) – Sosa-LOR e Carrasso-BOR foram expulsos
Brest 2 x 0 Monaco (Ayité 2, sendo um de pênalti) – Adriano-MON foi expulso
Caen 2 x 2 Valenciennes (Nivet e Yatabaré; Pujol e Langil)
Lens 2 x 3 Sochaux (Jemaa e Yahia; Maurice-Belay, Maïga e Boudebouz) – Maoulida-LEN e Anin-SOC foram expulsos. Mais de 30 mil pessoas no Felix-Bollaert 
Auxerre 1 x 1 Arles-Avignon (Jelen; N’Diaye)

>> Classificação: Lille lidera com 45 pontos, seguido por Rennes, com 43, e Olympique de Marselha, com 42. Veja tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011 Brasileiros contra a França, Seleção francesa | 19:53

France 1 x 0 Brésil! Mais uma vitória, lance a lance

Compartilhe: Twitter
Toma fôlego, Karim, que a comemoração é pra lá de justificada (AP)

Toma fôlego, Karim, que a comemoração é pra lá de justificada, amigo! (AP)

Tabu mantido há 19 anos! Não foi o mais justo, mas foi bem compreensível.

Na primeira etapa, o Brasil foi claramente melhor até a expulsão (besta do ponto de vista do jogador, acertada da parte do juiz) de Hernanes. Antecipou a marcação pro campo francês, criou dificuldades pros Bleus atacarem e rapidamente chegava à grande área adversária. A destacar nos anfitriões, mais a força nos desarmes do que as poucas oportunidades de gol.

(Parêntese: Dizer que Benzema “cavou” a expulsão de Hernanes, como fez Milton Neves, e que o juiz não daria vermelho se quem desse a voadora fosse um francês, como fez Júlio César, é demais heim…)

Com um a mais, os franceses se animaram e foram recompensados com um gol logo no alvorecer da etapa complementar, em ótima jogada de Ménez e oportunismo de “Benzebut” (by Filipe Papini). A confiança mudou de lado, com o time europeu conseguindo criar novas chances e controlando o jogo, dando poucas chances pro Brasil atacar. A partida então permaneceu morna na maior parte do tempo, mesmo com as alterações efetuadas, com uma ou outra oportunidade mais aguda pra ambos os lados.

No fim das contas, a França fez mais faltas, jogou menos bonito e deu sorte por ter tido mais cabeça e eficiência. Que os torcedores, a imprensa e principalmente Laurent Blanc não se iludam…


>> Veja a cronologia dos principais lances no Stade de France:

 
1º tempo

1 min – Daniel Alves arrisca da intermediária. A bola pinga na frente de Lloris, que tem dificuldade para defender em dois tempos
2 min – Robinho leva carrinho de Rami perto do bico da grande área. Hernanes levantou na área e o Brasil ganhou escanteio. O Brasil começa apertando a marcação e roubando a bola no campo adversário
5 min – A França consegue tocar bola no campo de ataque, mas Malouda chuta fraco e torto da intermediária
8 min – Lindo passe de Gourcuff para Benzema, colocando o atacante em ótimas condições para finalizar na entrada da área. O chute cruzado passa perto da trave de Júlio César

Ao menos nisso o Brasil nunca perde... (Mowa Press)

Ao menos nisso o Brasil nunca perde... (Mowa Press)

12 min – Elias rouba bola de Malouda, serve Pato e o atacante chuta colocado com perigo, um pouco acima do travessão
15 min – Malouda arranca bem, mas tromba com André Santos e perde a bola. O francês se machuca após o lance, aparentemente sentindo o rosto, porém volta pro jogo
17 min – Pato dribla Rami em contra-ataque brasileiro e sofre falta na altura da intermediária. Na cobrança de falta, a barreira desvia para escanteio a batida de Dani Alves
19 min – O Brasil tem mais posse de bola e cria mais jogadas ofensivas a partir de rápidos toques
22 min – Dani Alves dribla Alou Diarra, por baixo das pernas, e é obstruído pelo capitão gaulês
24 min – 63% de tempo de bola pros visitantes, que parecem em casa nesse quesito. Mesmo assim, a torcida faz festa com a “ola” e constantes manifestações
27 min – A defesa francesa tem muita dificuldade para levar a bola adiante, em função da adiantada marcação sul-americana. Se o ataque brasileiro tivesse mais capricho, já poderia ter aberto o placar
29 min – Bola na área brasileira, desvio de cabeça passa por cima do gol de Julio Cesar, com perigo
32 min – Sagna chega duro sobre André Santos, que fica caído, e leva advertência verbal
34 min – Belo lançamento de Alves para Pato, que não contava com a falha de Rami no cabeceio e deixou sair
35 min – Nova roubada brasileira, Robinho tem condições de ajeitar e disparar na meia-lua da área. O tiro sai rente ao travessão de Lloris
36 min – Gourcuff cobra falta na área muito fechada no primeiro pau, direto para as mãos do arqueiro brasileiro
38 min – Chutão na defesa brasileira encontra Pato na lateral, mas o contra-ataque é desarmado por ótima intervenção “carrinhística” de Mexès
*39 min – Benzema recebe de costas pro gol, na intermediária, chapela Lucas, tenta chapelar Hernanes de joelho e leva um chute de sola na lateral do peito. Vermelho pro brasileiro da Lazio, inconsequente num lance totalmente sem perigo!
42 min – Menez arranca em direção à linha de fundo e bate cruzado com perigo na direção da área. Julio Cesar faz ponte para espalmar
43 min – A França sente o bom momento e se empolga, mas para sorte brasileira a primeira etapa está acabando
46 min – Wolfgang Stark aponta o centro de campo, diz o galvânico

2º tempo

0 min – Times voltam sem substituições
2 min – Benzema recebe cruzamento de Malouda, sozinho, mata no peito e bate forte. A bola explode no peito/mão de David Luiz e o Brasil se safa
6 min – David rouba bola, avança no campo de ataque e serve Pato. O atacante tenta passar “por cima” do zagueiro francês e a bola sobra para Lloris
**9 min – Ménez arranca belo lado direito do ataque, passa por Robinho e André Santos, vai à linha de fundo e cruza rasteira. A bola passar por Julio e acha Benzema perto do segundo pau. O camisa 10 só empurra pras redes e corre pro abraço, 1 a 0!
10 min – Outra jogada pela direita do ataque gaulês, Sagna cruza, Gourcuff disputa com brasileiro no alto, ela cai na cabeça de Benzema. A testada iria pro gol não fosse a excelente espalmada de Julio Cesar
12 min – Ménez sente o momento favorável, dribla bonito e sofre falta perto do bico da área
13 min – O Brasil troca: Jadson substitui Renato Augusto, desaparecido no 2º tempo
15 min – Benzema chuta cruzado, dentro da área, pelo chão, e Julio Cesar rebate com a perna
15 min – A França troca: sai M’vila, vem Diaby
17 min – Escanteio pro Brasil, David Luiz ganha por cima mas cabeceia muito longe do gol
19 min – Mexès breca contra-ataque com falta em Pato. Robinho reclama demais pedindo amarelo pro francês que ele mesmo é advertido com o cartão
21 min – Ménez erra lance e, na saída brasileira, chega forte em carrinho pra cima de David. Amarelo pro romanista
23 min – Blanc mexe de novo: Menez, recém-amarelado, deixa o jogo para a entrada de Rémy
24 min – Mano idem: Sandro vem, Robinho vai
25 min – Inversão na posse de bola: França 51%, Brasil 49%
28 min – Benzema parte em velocidade pela esquerda, chega à entrada da área e tenta cruzar no segundo pau. A bola faz curva na direção do gol e quase trai Julio Cesar
31 min – A França segura a bola no campo de defesa até irritar a torcida
32 min – Em ultrapassagem pela esquerda, André Santos chega chutando cruzado rasteiro. Pra sorte de Lloris, Pato não consegue acompanhar o lance
36 min – Brasil toca a bola na defesa sem conseguir chegar a ataque
38 min – Após desarmar perigoso ataque brasileiro pelo meio, a França chega com Benzema, que faz boa jogada pela esquerda mas escorrega na hora de cruzar e manda longe
39 min – Hulk substitui Pato no Brasil
40 min – Cabaye e Gameiro substituem Gourcuff e o ovacionado Benzema no Stade de France
43 min – André, o novo Girondino de Bordeaux, está em campo. Elias, não mais
44 min – Hulk recebe pelo passe na área de Jadson, mas dominou errado e a bola ficou mais para Lloris, que abafou na dividida
47 min – Rémy puxa contra-ataque, entra na área e chuta cruzado. Com Gameiro longe, Julio Cesar só acompanha a bola sair
48 min – Acabooou!

Karembeu, o pé-quente Zidane e uma senhora distinta

Karembeu, o pé-quente Zidane e uma senhora distinta

FICHA TÉCNICA – FRANÇA 1 x 0 BRASIL

Árbitro: Wolfgang Stark (Alemanha)
Assistentes: Jan Hendrik Salver e Detlef Scheppe (ambos da Alemanha)
Cartões amarelos: Ménez (França) e Robinho (Brasil)
Cartão vermelho: Hernanes (Brasil)

Gol: Benzema, aos 9 minutos do 2º tempo, para a França

FRANÇA: Hugo Lloris; Bacay Sagna, Philippe Mexès, Adil Rami e Eric Abidal; Alou Diarra, Yann M’vila (Abou Diaby), Yoann Gourcuff (Yohan Cabaye), Florent Malouda e Jérémy Ménez (Loïc Rémy); Karim Benzema (Kevin Gameiro). Técnico: Laurent Blanc

BRASIL: Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e André Santos; Lucas, Elias (André), Hernanes e Renato Augusto (Jadson); Robinho (Sandro) e Alexandre Pato (Hulk). Técnico: Mano Menezes

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 Francês da 1ª divisão | 17:27

Lille se desgarra mais um pouco. Confira os placares

Compartilhe: Twitter

Nesta 22ª rodada, o Lille perdeu, a poucos minutos do fim, uma vitória quase certa contra o Auxerre. Mas o empate foi suficiente para abrir de quatro para cinco pontos sua distância para o vice-líder do Campeonato Francês, graças à derrota do PSG para o Rennes. A gordura lilleana já permite que uma derrota aqui ou ali não atrapalhe o posto de maior candidato ao título, o que num longo torneio por pontos corridos é bastante útil.

hoarau_mvila_afp

Hoarau e M'vila tentam cabeceio em PSG x Rennes. Ambos foram convocados por Laurent Blanc (AFP)

Fora de casa, o LOSC saiu na frente do AJA logo nos primeiros minutos, com Moussa Sow, artilheiro da Ligue 1 agora com 16 gols, três à frente do brasileiro Nenê. Porém, aos 41 do 2º, alívio no L’Abbé-Deschamps com o empate do Auxerre, por meio do primeiro gol do polonês Dudka na competição.

No jogo de seis pontos da rodada, entre os principais perseguidores do Lille, melhor para o Rennes, que com a vitória magra contra o Paris Saint-Germain alcançou o mesmo número de pontos do adversário da capital. Já o clássico da journée decepcionou do ponto de vista de bolas na rede. Com brasileiros e tudo, Lyon e Bordeaux não saíram do zero e perderam posições na tabela de classificação (o OL perdeu duas). André debutou no lado girondino, mas bem brevemente: substituiu Modeste aos 42 minutos do 2º segundo tempo, num jogo em que até os cartões amarelos, tão comuns nessas disputas tradicionais, tardaram a vir (o primeiro foi dado com 70 minutos).

Deixaram o Lyonnais para trás o Marselha, que fez o básico contra o lanterna em casa, e o Saint-Etienne, que obteve motivador triunfo contra o Montpellier, rival direto na tabela – estaria o ASSE revivendo a boa campanha do princípio de campeonato? Por fim, vale destacar o apurado faro de gol do selecionável Kevin Gameiro. Frente a frente com Youssef El-Arabi, do Caen, ele se saiu melhor, deixou o seu e se igualou ao francês naturalizado marroquino na tábua de goleadores, também com 11 gols.

 diarra_gourcuff_afp

Alou Diarra, ex-Lyon, na marcação de Gourcuff, ex-Bordeaux, no clássico. Agora, eles pensam em França x Brasil

Os resultados do fim de semana:

O. Marseille 1 x 0 Arles-Avignon (Gignac)
Montpellier 1 x 2 Saint-Etienne (Jonas Martin; Rivière 2)
Nice 1 x 0 Sochaux (Pejcinovic) – Anin-SOC foi expulso 
Brest 2 x 1 Nancy (Ayité e Grougi; Apanga contra)
Caen 0 x 2 Lorient (Amalfitano e Gameiro)
Lens 1 x 1 Valenciennes (Jemaa; Dossevi) – Mais de 32 mil pessoas no Felix-Bollaert 
Rennes 1 x 0 Paris Saint-Germain (Brahimi)
Auxerre 1 x 1 Lille (Dudka; Sow)
Toulouse 2 x 0 Monaco (Sissoko 2)
Lyon 0 x 0 Bordeaux – Quase 36 mil pessoas no Gerland


>> Classificação
: Lille lidera com 42 pontos, seguido por PSG e Rennes, com 37, e Olympique de Marselha, com 36. Veja tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:33

Ligue 1, 22ª rodada

Compartilhe: Twitter
michel_bastos_fernando_ff

Bastos x Fernando agitará o meio de campo no clássico (France Football)

No domingo, clássico reúne dois dos três últimos campeões nacionais. Lembrando que o Bordeaux reúne o maior número de brasucas do Francês, 5 (Henrique, Fernando, Wendel, Jussiê e agora André), à frente justamente do Lyon (Cris, Ederson e Michel Bastos) e do Marselha (Elinton, Hilton e Brandão), com 3.

O duelo Rennes x PSG também promete, devendo mexer na corrida pelo título e talvez fortalecer ainda mais o líder Lille.

 

Sábado, 5/02

16h – O. Marseille (5º) x Arles-Avignon (20º) – TV5 anuncia transmissão a partir das 16h45*. SporTV2 anuncia transmissão do VT às 22h
Brandão voltou a ser relacionado no OM após lesão, assim como André Ayew. Valbuena e Hilton seguem fora

16h – Montpellier (6º) x Saint-Etienne (7º)
16h – Nice (17º) x Sochaux (10º) 
16h – Brest (11º) x Nancy (14º)
16h – Caen (16º) x Lorient (12º)
16h – Lens (18º) x Valenciennes (13º) 
18h – Rennes (4º) x Paris Saint-Germain (2º) – SporTV2 anuncia transmissão ao vivo

Domingo, 6/02
14h – Auxerre (15º) x Lille (1º)
14h – Toulouse (9º) x Monaco (19º) 

18h – Lyon (3º) x Bordeaux (8º)
Nos Girondinos, André pode ser utilizado por alguns minutos, embora ainda não reúna condições de jogar 90 minutos, segundo o técnico Tigana. Planus e Henrique, por sua vez, seguem fora. Os lioneses terão Bastos e Delgado, que eram dúvida dias atrás, mas continuam sem Lovren (suspenso) e Ederson (cuja recuperação deve permitir que figure entre os reservas no próximo final de semana).

 
>> Classificação: Lille lidera com 41 pontos, seguido por PSG, com 37, Lyon e Rennes, com 34. Veja tabela completa


*A TV5 anuncia, antes de OM x ACA, a transmissão do torneio Six Nations de rúgbi, que os franceses também adoram…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011 Brasileiros na França, Extracampo | 18:03

Resumo de mercado de inverno 2

Compartilhe: Twitter

A quem questionar o novo layout do blog, menos azul e vermelho e mais verde, digo que não foi vontade minha alterá-lo. Ele segue a padronização que atingiu outros blogs do iG Esporte. Como não somos autônomos, seguimos as regras…

Mais tarde, falo das oitavas de finais da Copa da França

Fechou-se a janela europeia de transferências ontem, segunda-feira. Então vamos só de negócios fechados recentemente:

– O mais estrondoso do fim da janela parece ter sido André no Bordeaux, não? Fiquei contente, é sempre bom ver brasileiros adentrando terras gaulesas. O atacante de 20 anos revelado pelo Santos não se deu bem no Dínamo de Kiev e a esperança é que a França seja mais calorosa do que a Ucrânia – e nesse sentido, ter compatriotas (Wendel, ex-Santos, Jussiê, Fernando e Henrique) como colegas é uma boa. Chega por empréstimo até o fim da temporada, com opção de compra. O curioso é que antes mesmo de estrear como girondino ele deverá estar no banco de reservas da seleção brasileira que enfrenta os Bleus no amistoso da semana que vem…

tigana_triaud_andre_afp

O técnico Tigana, o presidente Triaud e o ex-"Menino da Vila" André (AFP)

– Depois de emprestar Fernando Cavenaghi para o Mallorca, o mesmo Bordeaux o repassou para o Internacional de Porto Alegre. O argentino de 27 anos não deve encontrar dificuldades para se adaptar ao futebol do Rio Grande do Sul, onde os sul-americanos colecionam histórias de sucesso. Quem também deixa a terra dos ótimos vinhos é o atacante nigerense Moussa Maazou, 22 anos, emprestado pelo CSKA Moscou novamente ao Monaco, onde fora feliz na última metade da temporada 2009/2010.

– O PSG perdeu o habilidoso meia Stéphane Sessegnon para o Sunderland, um pequeno clube, sim, mas do futebol inglês, o que explica bastante coisa…  A transferência está estimada em 7 milhões de euros e o contrato é de três anos e meio. O beninense de 26 anos estava desde 2005 na França.

– O Monaco não conta mais com os préstimos do atacante Dieumerci (traduzindo: Obrigado Deus – ?!) Mbokani, emprestado até o final da temporada para o Wolfsburg, que buscava um substituto para o bósnio Edin Dzeko, recém-saído para o Manchester City. Vindo do belga Standard de Liège, onde não lhe faltaram gols, o congolês de 25 anos acabou decepcionando no clube francês. Vamos ver como se sai na Alemanha, pois ele não foi revelado por qualquer time, mas pelo Tout Puissant Mazembe!

–  Mas o Monaco também acaba de se reforçar: está de chegada o volante Mahamadou Diarra, vindo do Real Madrid. A assinatura do contrato virá após a realização de exames médicos. Reserva no clube espanhol há um bom tempo, o malinês de 29 anos volta ao país por onde atuou, de forma vitoriosa, entre 2002 e 2007, defendendo o rolo compressor da época, o Lyon.

Lyon que perdeu mesmo Jean Il Makoun para o Aston Villa. Depois de quase dez anos na França (sete no Lille e dois e meio no OL), o volante camaronês de 27 anos será parceiro de meio de campo de Robert Pirès no clube inglês.

– O Saint-Etienne se reforçou com o meio-campista Alejandro Alonso, que deixa o Monaco, onde estava desde meados de 2008. Com 28 anos, o argentino assinou contrato de dois anos e meio. Em compensação, perdeu um argentino, o atacante Gonzalo Bergessio, emprestado ao Catania, da Itália. Também chegou o meia-atacante Pierre-Emerick Aubameyang, de 21 anos, eternamente emprestado pelo Milan desde que virou profissional. O franco-gabonês passou antes por Dijon, Lille e Monaco. Vamos ver se agora vai…

Caçapa-fotoVipcomm

Claudio Caçapa: Bienvenue de retour!

– Outro brasileiro que de fato foi para a França, ou melhor, retornou, foi Cláudio Caçapa. Depois de ter tido poucas oportunidades no Cruzeiro, o zagueiro de 34 anos defenderá o Evian, um dos destaques da Ligue 2, até o final da temporada, com possibilidade de extensão do contrato. Ele já foi muito feliz em terras gaulesas, quando defendeu o Lyon entre 2001 e 2007. Tomara que dê certo!

– Fora da França, Jonathan Biabiany deixa o elenco da Internazionale e segue para a Sampdoria, envolvido em transação que trouxe o também atacante Giampaolo Pazzini para o time de Milão. O jovem de 22 anos não estava nos planos de Leonardo e saiu como contrapeso para a vinda de Pazzini. Que levante a cabeça e mostre o que sabe em outro clube italiano, então.

>>> Dá pra ver os negócios concretizados nos 20 times da Ligue 1, a elite francesa, no site do L’Equipe.

Faltou alguém importante?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,