Publicidade

Posts com a Tag amistoso

segunda-feira, 8 de setembro de 2014 Seleção francesa | 14:46

Empate bleu com a Sérvia foi bem aproveitado por alguns

Compartilhe: Twitter

Corrigido em 10/09

Mathieu em ação ontem (L'Equipe)

Mathieu em ação ontem (L’Equipe)

Três dias depois de vencer a Espanha em casa, a França foi a Belgrado e ficou na igualdade com os anfitriões, por 1 a 1, em mais um amistoso neste primeiro período de datas Fifa após a Copa do Mundo disputada em junho e julho.

Portaram-se bem para o chefe Deschamps, novamente, o volante Pogba (autor do único gol francês), o goleiro Lloris, o volante Sissoko, o meia Cabella e o atacante Rémy. Entre as novidades, destaque para Jeremy Mathieu, lateral-esquerdo convertido em zagueiro, atualmente no Barcelona.

Em outubro, o técnico Didier reúne novamente seus selecionados para mais dois amistosos, contra Portugal em casa (dia 11) e a Armênia fora (14). Como eu postei quando a seleção voltou da Copa, ela aproveita que já está assegurada na Eurocopa de 2016, da qual será a anfitriã, se preparando contra adversários que disputam as Eliminatórias Europeias para o torneio.

Cada jogador convocado volta para seu clube e, no próximo fim de semana, está de volta também o Campeonato Francês, pela 5ª rodada.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 4 de setembro de 2014 Seleção francesa | 14:27

Tem França x Espanha logo mais

Compartilhe: Twitter

O amistoso começa 16h de Brasília no Stade de France.

Jogando na sua principal casa, em Saint-Denis, os Bleus ganharam seus quatro últimos compromissos (Finlândia, Ucrânia, Holanda e Noruega).

Porém, não venceu nenhuma das cinco últimas partidas contra os espanhóis (um empate e quatro derrotas).

Qual estatística prevalecerá logo mais?

Autor: Tags:

segunda-feira, 9 de junho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 08:38

Seleção se despede em grande estilo da França

Compartilhe: Twitter
Olivier Giroud, Moussa Sissoko, Hugo Lloris, Karim Benzema, Raphael Varane e Mamadou Sakho; Yohan Cabaye, Blaise Matuidi, Patrice Evra, Mathieu Valbuena e Mathieu Debuchy (AP)

Olivier Giroud, Moussa Sissoko, Hugo Lloris, Karim Benzema, Raphael Varane e Mamadou Sakho; Yohan Cabaye, Blaise Matuidi, Patrice Evra, Mathieu Valbuena e Mathieu Debuchy (AP)

O último jogo diante dos franceses antes do embarque para o Brasil não poderia ter tido melhor resultado. Ontem, em Lille, os Bleus ensacaram 8 a 0 na fraca Jamaica, em clima de festa e entrosamento entre jogadores e destes com o público.

Os titulares que Deschamps deve escalar na estreia do Mundial foram a campo, com exceção do poupado Pogba, que deu lugar a Sissoko (foto posada acima), e vários reservas puderam participar e se movimentar. Benzema, que herda a condição de principal nome do elenco com o corte de Ribéry, deitou e rolou. Griezmann, vindo do banco, entrou muito bem.

Ótimo pra dar confiança e otimismo pra equipe, torcida e opinião pública. Mas que saibam separar bem o cenário de ontem do que a campeã mundial em 1998 vai enfrentar a partir do dia 15, domingo que vem, na Copa 2014. Honduras não enche os olhos de ninguém, porém a atmosfera, a importância e a obrigação serão bem diferentes.

Enfin, le Brésil!
A previsão de desembarque francês hoje em Cumbica (Guarulhos) é 17 horas de Brasília, e depois a delegação segue viagem para Ribeirão Preto, base da comitiva durante a Copa.

Valbuena (de azul), Benzema (à direita) e Lloris (atrás), no aeroporto de Lille para pegar o voo rumo ao país da Copa!Valbuena (de azul), Benzema (centro) e Lloris (atrás) no aeroporto de Lille para pegar o voo rumo ao país da Copa!

-> FALTAM 6 DIAS PARA A ESTREIA FRANCESA NA COPA 2014! <-

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 2 de junho de 2014 Seleção francesa | 19:29

Paraguai encerra fase vitoriosa da França em amistoso

Compartilhe: Twitter

Depois de uma pequena série imbatível de gols nos últimos três jogos – dois amistosos (Noruega e Holanda) e um oficial (Ucrânia, decisão das Eliminatórias) -, Les Bleus não conseguiram superar os paraguaios, que não jogam a Copa 2014, ontem em Nice (no retorno à cidade que será uma das sedes da Euro 2016).

O segundo teste dos convocados pro Mundial acabou 1 a 1, com gols de Griezmann aos 82 e Cáceres no finalzinho, aos 89 minutos. Mesmo assim, a equipe de Deschamps não perde desde a ida do playoff contra os ucranianos, em novembro.

-> Confira os melhores momentos da partida segundo o site do L’Equipe

Valbuena e Giroud voltaram a ser os destaques do elenco. Ribéry foi novamente poupado, até especulado que não viria pro Brasil por sua lesão, mas acabou confirmado, E HÁ DE SE RECUPERAR A TEMPO!

O último jogo preparatório para a Copa será domingo, dia 8, contra a Jamaica.

** FALTAM 13 DIAS PARA A ESTREIA FRANCESA NA COPA 2014! **

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 27 de maio de 2014 Seleção francesa | 19:28

Giroud, Valbuena e Griezmann aproveitam bem amistoso contra Noruega

Compartilhe: Twitter

Incorpado em 28/05

Em seu segundo jogo pela seleção, Ruffier mostrou a segurança que estamos acostumados a ver no Saint-Etienne (Reuters)

Em seu segundo jogo pela seleção, Ruffier mostrou a segurança que estamos acostumados a ver no Saint-Etienne (Reuters)

Fazia tempo que a França não metia quatro no Stade de France (outubro de 2005, contra o pobre Chipre), por isso a alegria do placar de hoje contra os nórdicos, no primeiro teste dos convocados pra Copa 2014.

Com o goleiro Lloris poupado, Ruffier foi o titular sob as balizas e o zagueiro Sakho o terceiro capitão da era Deschamps (Lloris e Matuidi o antecederam). Didier escalou Ruffier; Debuchy, Sakho, Koscielny, Evra; Cabaye, Pogba, Matuidi, Valbuena; Griezmann e Giroud.

-> Impulsionadora de talentos: conheça a Casa do Futebol que a Federação Francesa mantém em Clairefontaine, concentração número 1 da seleção

Logo aos 15 minutos, Pogba abriu o placar, o primeiro gol de cabeça da seleção desde março de 2013 (Giroud contra a Geórgia), após cruzamento de um impedido Valbuena. No segundo tempo, Sissoko e Digne vieram pros lugares de Pogba e Evra, e a goleada surgiu.

Mathieu Valbuena foi decisivo de novo, assistindo o arremate de Giroud aos 6 minutos. Rémy substituiu o participativo Griezmann aos 20, e dois minutos depois deixou o seu, após receber muito bom passe de Debuchy. Os 4 a 0 já vieram com 24 minutos, novamente num centro de Valb para a testada de Olivier Giroud, uma sombra real para o descansado Benzema.

O meia baixinho do Olympique de Marseille repetiu as três assistências que o poupado Ribéry conseguiu na última goleada francesa, os 6 a 0 na Austrália. Grenier, Mavuba e o estreante Cabella também participaram, nos lugares de Valbuena, Matuidi e Cabaye.

-> Confira os melhores lances do amistoso segundo o site do L’Equipe

A última vitória francesa sobre os noruegueses fora lááá em 1988, gol de Jean-Pierre Papin. O derradeiro embate, antes do de hoje em Saint-Denis, acontecera na estreia da Era Blanc: derrota por 2 a 1 em agosto de 2010.

A Noruega, que derrotou o Brasil na nossa Copa do Mundo de 1998, não consegue ir a um Mundial desde então.

Nostalgia
Apareceu na minha timeline tuítica hoje um vídeo com gol de Zidane sobre a Noruega, naquele mágico ano de 1998. Assista clicando aqui e, mais do que a conclusão pras redes, repare no domínio do mestre ao receber o lançamento de Djorkaeff. SEN-SA-CIO-NAL!

-> FALTAM 19 DIAS PARA A ESTREIA FRANCESA NA COPA 2014! <-

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 6 de março de 2014 Seleção francesa | 14:00

França derruba invencibilidade da Holanda e ganha confiança pro Mundial

Compartilhe: Twitter

Incorpado às 18h11

Parece uma pataquada, mas foi assim, observado pelo colega de seleção Griezmann e o colega de PSG van der Wiel que Blaise Matuidi mandou ver, com estilo, seu gol em Saint-Denis ontem (AFP)

Parece uma pataquada, mas foi assim, observado pelo colega de seleção Griezmann e o colega de PSG van der Wiel que Blaise Matuidi mandou ver, com estilo, seu gol em Saint-Denis ontem (AFP)

Muito bom ganhar da atual vice-campeã mundial, que vinha com a maior série invicta entre as grandes seleções (17 partidas), como apontava a coluna do PVC no ESPN.COM.BR.

Deschamps titularizou Lloris; Debuchy, Varane, Mangala e Evra; Pogba, Matuidi, Cabaye e Valbuena; Benzema e Griezmann (com o intuito de testar o jovem atacante, a certeza Ribéry começou no banco, tendo entrado no segundo tempo). Além do atacante do Bayern de Munique, participaram também, entrando no decorrer do amistoso, Sagna, Digne, Sissoko, Remy e Giroud.

Dos três novos observados, Griezmann não foi mal, mas também não arrancou suspiros. Digne idem (ainda acho Kurzawa mais completo). Já Mangala foi muito bem, ao lado do colega de zaga Varane, e pode ter mais chances de vir pro Brasil, ainda mais se Abidal não estiver bem fisicamente.

BenzeBut“, que fez 4 dos últimos 8 gols marcados pelos Bleus, abriu o placar aos 32 minutos, confirmando o faro de gols que vem apresentando no Real Madrid. Ainda no primeiro tempo, aos 41, o volante-elemento-surpresa Matuidi ampliou num semi-voleio, dentro da área, como nem atacantes de ofício conseguiriam fazer…

Foi uma vitória merecida e convincente, com dois belos gols no Stade de France, ideal para o último teste antes da convocação para a Copa do Mundo. Em 13 de maio, Didier convocará a lista para três derradeiros amistosos (Noruega em 27 de maio no Stade de France, Paraguai em 1 de junho em Nice e Jamaica em 8 de junho em Lille) para a Copa. Mas como tem até 2 de junho para enviar à Fifa seus 23 do Mundial, essa primeira lista pode conter mais nomes, como algumas seleções já disseram que farão (o Brasil) ou fizeram na África do Sul, em 2010 (como a própria França).

Como diria Silvio Santos, aguardemmmm!

-> Veja como foi a partida lance a lance

-> Assista aos gols e melhores momentos do jogo

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014 Seleção francesa | 11:17

Convocados pra França x Holanda e vitórias do passado

Compartilhe: Twitter

Atualizado às 13h38

Didier Deschamps anunciou hoje os nomes para o amistoso do dia 5 de março (quarta que vem), contra os Países Baixos no Stade de France, em Saint-Dennis.

As novidades são as estreias do lateral-esquerdo Lucas Digne, atualmente reserva no PSG, e do atacante Antoine Griezmann, destaque do espanhol Real Sociedad (tem 15 gols na liga nacional), que já cumpriu suspensão depois de ter sido punido por indisciplina na seleção de base, à época com outros colegas. Ambos os debutantes, porém, já fizeram bonito nas categorias juvenis dos Bleus, Les Espoirs, que foram campeões mundiais sub-20 ano passado.

Abidal, Nasri, Lacazette e Thauvin não foram chamados. O primeiro está gripado, não tendo treinado com o Monaco nesta quinta, e é dúvida para o compromisso do time de depois de amanhã, contra o Saint-Etienne, pelo Campeonato Francês. O terceiro vem bem com o Lyon na Ligue 1, sendo artilheiro do time, e concordo com quem o considera mais merecedor do que o Payet de estar na lista.

Layvin Kurzawa vem fazendo ótima temporada na lateral-esquerda do Monaco, como eu disse recentemente aqui, mas acabou sendo chamado para a seleção sub 21, justamente os Espoirs, que enfrentam Belarus pelas Eliminatórias da Eurocopa 2015 da categoria no dia 4.

É a última convocação programada antes do técnico chamar seus selecionados e pré-selecionados para vir à Copa, que no caso francês terá amistosos preparatórios antes do início do Mundial. Hora dos caras abaixo mostrarem o melhor trabalho possível!

La liste des Bleus

GARDIENS : Lloris (Tottenham/ANG), Mandanda (Marseille), Ruffier (St-Etienne)

DEFENSEURS : Debuchy (Newcastle/ANG), Evra (Manchester United/ANG), Koscielny (Arsenal/ANG), Sagna (Arsenal/ANG), Sakho (Liverpool/ANG), Varane (Real/ESP), Mangala (FC Porto/POR), Digne (PSG)

MILIEUX : Matuidi (PSG), Pogba (Juventus/ITA), Sissoko (Newcastle/ANG), Grenier (Lyon), Cabaye (PSG), Mavuba (Lille), Valbuena (Marseille)

ATTAQUANTS : Benzema (Real Madrid/ESP), Giroud (Arsenal/ANG), Payet (Marseille), Ribéry (Bayern Munich/ALL), Rémy (Newcastle/ANG), Griezmann (Real Sociedad/ESP)

**

Plus
O site da FFF disponibilizou vídeos com duas vitórias bleus sobre os laranjas, que trazem curiosidades, confira:

18/11/1981 – 2 x 0 pelas Eliminatórias pra Copa de 1982, gols de Michel Platini e Didier Six no estádio Parc des Princes (a base daquele time chegaria à 4ª colocação no Mundial espanhol). A vitória foi 50% do que a seleção de Michel Hidalgo precisava para conquistar a vaga. Como os outros 50% eram vencer o Chipre em casa semanas depois, assim que acabou a partida contra os neerlandeses teve invasão de campo e festa generalizada…

26/02/19972 x 1 em amistoso, um ano antes da Copa de 1998, gols do meia Robert Pires e do atacante Patrick Loko pros Bleus, também no campo do PSG. Detalhe que nenhum dos dois goleadores da partida, assim como o então goleiro titular, Bernard Lama, compuseram o elenco campeão mundial em casa no ano seguinte…

-> Recomendo um texto de Andres Onrubia, colaborador do site Futbol desde Francia, sobre as opções (muitas, segundo ele) de Deschamps para a Copa.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 12 de outubro de 2013 Seleção francesa | 17:30

França 6 x 0 Austrália: como o futebol é dinâmico!

Compartilhe: Twitter

Subtítulo: O dia em que a defesa australiana devolveu toda a confiança perdida ao ataque francês

O futebol é pródigo em criar e destruir tendências, fases, verdades. Durante alguns meses, até setembro, há pouco mais de 4 semanas, reclamávamos aqui da ineficácia ofensiva dos Bleus, que acumularam 5 partidas sem marcar um gol sequer, o que era muito preocupante.

Benzema, principal atacante da seleção francesa, estava há mais de 13 jogos sem balançar as redes. Somando suas participações no time até antes do jogo de ontem, Giroud, o reserva imediato de Karim, tinha feito 3 gols em 900 minutos em campo pela França, o equivalente a dez jogos. Desempenho pífio para dois goleadores.

Aí veio um compromisso contra um time médio da Europa, Belarus, pelas Eliminatórias: 4 a 2 pra equipe de Deschamps, fora de casa, em 10 de setembro. E ontem, um amistoso contra uma seleção fraca, a Austrália: 6 a 0. Ou seja: de 0 gols em 5 partidas (450 minutos), o retrospecto gaulês passou a 10 tentos em 2 jogos. Em 30 minutos, 4 gols ontem.

Loic Remy of France is challenged by Mark Bresciano

Até é bacana o uniforme australiano, mas o futebol precisa melhorar pra não eles não fazerem feio aqui, né? Na foto da Getty Images, Mark Bresciano e Loic Rémy

Olivier Giroud precisou de 27 minutos para marcar duas vezes, aumentando sensivelmente sua média. E até o zicado Karim Benzema fez as pazes com a maior alegria do futebol! Ótimo para o ataque francês, lembrando que os últimos 6 gols marcados pela seleção, antes da peleja contra os australianos, foram todos anotados por meio-campistas (Ribéry 3x, Valbuena, Nasri e Pogba).

Deschamps escalou Lloris; Debuchy, Varane, Abidal e Evra; Cabaye, Pogba, Nasri e Ribery; Remy (que não era titular desde novembro de 2011, contra a Bélgica) e Giroud, colocando Benzema e Valbuena no banco (a segunda opção surpreendeu, pois Mathieu foi o único jogador a disputar todas as partidas comandadas por Didier).

Tudo começou a dar muito certo pra França no Parc des Princes (onde não jogava desde 2007) bem cedo, aos 7 minutos, quando um pênalti duvidoso foi assinalado, quando a mão do australiano Neill se aproximou da bola. Ribéry, que não tem nada com isso, fez o papel dele e abriu o placar.

Com 16 minutos, o camisa 7 do Bayern de Munique foi à linha de fundo em bela jogada, cruzou pra trás e Giroud arrematou meio sem querer, ampliando. Aos 27, o atacante do Arsenal fez seu doblé aproveitando passe de Nasri na altura da marca penal. Dois minutos depois, Nasri e Ribery amarraram jogada que Cabaye definiu frontalmente: 4-0 em menos de meia hora!

Apostando nas jogadas de ataque pelo lado esquerdo, os Bleus não deixaram a Austrália dar sequer um tiro ao gol de Lloris na primeira metade do jogo (o que a França não obtinha há 3 anos, quando anulou as Ilhas Faroe em outubro de 2009). A volta do intervalo teve Benzema no lugar de Giroud, e Sakho no de Abidal na zaga.

Logo aos 2 minutos, um golaço de Debuchy, batendo de voleio após uma bola rechaçado pela zaga aussie. E aos 4, Benzema voltou a ser Benzebut, finalizando no primeiro pau depois de um cruzamento da esquerda de Ribérra, mais uma vez “acabando com o jogo” – o último atleta a dar três assistências em uma partida, antes de Franck Ribéry ontem, foi… Ribéry em outubro de 2007 (contra as pobres Ilhas Faroe…)

Aos 17 minutos, Valbuena, Matuidi e Clichy vieram pras vagas de Ribery, Pogba e Evra. Sissoko substituiu Cabaye aos 37, encerrando os testes de DD em termos de modificações. Mas os gols acabaram por aí (não, não estou reclamando!).

A seleção não fazia 4 gols no 1o tempo desde 2002 e a última vitória por 6 a 0 já fazia tempo, datando de outubro de 2007, contra elas mesmas, as Ilhas Faroe. Ou seja, como este Le Blog nasceu em abril de 2009, viu ontem a maior goleada bleu de sua era, superando os 5 a 0 nas Ilhas Faroe (!!) em outubro de 2009, pelas Eliminatórias da Copa de 2010, aquela desgracenta…

OK que o adversário era fraco, mas convém considerar que a Austrália já está garantida na Copa, e não disputando mais as Eliminatórias contra aquelas babas da Oceania, só que diante de razoáveis para boas seleções na Ásia. Então valeu a pena, porque a moral vai lá no alto pra decisiva partida de terça contra a Finlândia e uns pontinhos foram somados no ranking da Fifa, visando, em curto prazo, uma condição de decidir em casa no playoff das Eliminatórias Europeias, muito perto de ser o destino da França nessa reta final rumo a 2014.

Isso por dois motivos: primeiro porque, faltando uma rodada pro final da fase de grupos do qualificatório, a ser disputada na terça-feira agora, está quase certo que a Espanha acabará em primeiro e a França em segundo no Grupo I, pois a diferença está em 3 pontos. E segundo porque os Bleus, se não forem líderes, certamente acabarão na vice-colocação (não podem ser passados pela terceira, a Finlândia, que tem 5 pontos menos) e, o que é igualmente importante, já se garantiram entre os 8 melhores segundos dos grupos da Europa, pela campanha apresentada e pelo que alguns adversários não conseguiram em outras chaves.

Na terça, dia 15, teremos Espanha (1a, 17 pontos) x Geórgia (4a, 5 pts) e França (2a, 14 pts) x Finlândia (3a, 9 pts). Pra terminar líder, os franceses têm de vencer, tirar a diferença de 3 gols no saldo pros espanhóis e estes perderem -o que, cá pra nós, é bem improvável. Sendo vice, a França vai pra repescagem de novo, como aconteceu em 2009 (e foi de arrepiar…), com partidas nos dias 15 e 19 de novembro. #Allez!

– Quer comentar abaixo? Fique à vontade, só não se esqueça de iniciar seu texto com a palavra COMENTÁRIO, para eu identificá-lo mais facilmente entre os spams do mundo virtual e torná-lo público rapidamente!
– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (Já são mais de 180 membros!)

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 8 de agosto de 2013 Franceses no mundo, Seleção francesa | 14:08

Deschamps promove retorno de Abidal à França, para amistoso contra Bélgica

Compartilhe: Twitter

Divulgada hoje a convocação da seleção francesa para o amical contra os belgas, dia 14 agora (quarta-feira próxima), no Stade Roi-Baudoin, em Bruxelas.

Voilà:

Goleiros – Hugo Lloris (Tottenham / ING), Steve Mandanda (O. Marseille), Mickael Landreau (Bastia).

Defensores – Mathieu Debuchy (Newcastle / ING), Eric Abidal (Monaco), Eliaquim Mangala (Porto / POR), Adil Rami (Valencia / ESP), Gael Clichy (Manchester City / ING), Patrice Evra (Manchester United / ING), Bacary Sagna e Laurent Koscielny (Arsenal / ING).

Meias – Joshua Guilavogui (Saint-Etienne), Geoffrey Kondogbia (Sevilla / ESP), Rio Mavuba (Lille), E. Capoue (Toulouse), Moussa Sissoko (Newcastle / ING), Clement Grenier (Lyon).

Atacantes – Franck Ribery (Bayern de Munique / ALE), Mathieu Valbuena e Dimitri Payet (O. Marseille), Samir Nasri (Manchester City / ING), Karim Benzema (Real Madrid / ESP), Olivier Giroud (Arsenal / ING).

Lembrando que Ribérra concorre com nada mais nada menos do que Lionel Messi, do Barcelona, e Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, pelo título de Melhor Jogador da Europa segundo a UEFA.

O prêmio será revelado dia 29 de agosto, em Mônaco, capital europeia do glamour. #Allez, Scarface!

Autor: Tags: , , , , , , ,

domingo, 9 de junho de 2013 Brasileiros contra a França, Seleção francesa | 21:32

França decepciona e permite que Brasil encerre jejum

Compartilhe: Twitter
brasil-franca-cabaye-neymar-debuchy

Apática, a seleção bleu não conseguiu manter a escrita dos últimos jogos contra a brasileira, levando 3 a 0 no amistoso de hoje.

Foi a quarta derrota dos comandados por Deschamps nos últimos cinco compromissos, a um ano da Copa que ainda não está assegurada para os franceses. Como publicou o amigo Eduardo Junior, ainda há dúvidas e lacunas na base que o treinador tenta encorpar para o time.

É, haverá bastante trabalho e emoções de uma provável repescagem pela frente!

Autor: Tags: , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última