Publicidade

Posts com a Tag Alex

segunda-feira, 18 de agosto de 2014 Brasileiros na França, Ex-jogadores, Extracampo, Franceses no mundo | 14:50

Quem trocou de camisa antes da temporada começar

Compartilhe: Twitter

tsilva-dluiz

Muita movimentação de jogadores nessa janela de transferências, afinal foi a transição de temporadas na Europa, e tivemos a Copa do Mundo que valorizou seus destaques.

Uma vez adversários quando Paris Saint-Germain e Chelsea se enfrentaram na Liga dos Campeões 2013/2014, como revela a foto acima, Thiago Silva e David Luiz agora repetem, no PSG, a companhia de zaga que já trazem da seleção brasileira. Titulares na Copa do Mundo, devem repetir o feito no clube francês, já que Thiago é o capitão e David chega como zagueiro mais caro da história do futebol francês (50 milhões de euros. É o 3º jogador mais caro, atrás de Edinson Cavani e Radamel Falcao – 66 e 64 milhões!)

Beque brasileiro que entra, beque brasileiro sai: Alex foi pro Milan, assim como o atacante francês Menez, também sem espaço no time estrelado de Laurent Blanc. O brasileiro Marquinhos sim, continua sendo zagueiro reserva no clube.

Se o atual bicampeão da Ligue 1 ganhou um grande reforço, seu maior rival no último campeonato perdeu seu jogador que mais se destacou na Copa brasileira. O Monaco não conseguiu segurar o meia colombiano James Rodríguez, artilheiro do Mundial e atraído pelo estrelado Real Madrid, que parece que tentou levar o também colombiano e monegasco Radamel Falcao Garcia, mas pela graça do bon Dieu (ainda) não conseguiu!

Teve mudança também no banco de reservas do bicolor do Principado: saiu o experiente italiano Cláudio Ranieri, chegou o jovem português Leonardo Jardim. Outros novos técnicos no foot são o veterano argentino Marcelo “El Loco” Bielsa, no Olympique de Marselha, e dois debutantes que quando jogadores atuaram pela seleção francesa: Claude Makelele, no Bastia, e Willy Sagnol, no Bordeaux.

Bielsa terá um bom reforço no ataque, Romain Alessandrini, que foi muito bem pelo Rennes recentemente. Quem saiu do OM foi o também ofensivo Jordan Ayew, agora no Lorient, e o lateral/zagueiro brasileiro Lucas Mendes, que foi para o Catar (El-Jaish). Porém, o maior destaque do time nos últimos anos se foi: o pequenino meia Mathieu Valbuena, que esteve nas Copas de 2010 e 2014, acertou com o Dynamo Moscou, da Rússia.

Já Makelele recebe o experiente centroavante brasileiro Brandão, que deixou o Saint-Etienne. O Rennes ganhou um reforço belga, o meia Christian Bruls, que estava emprestado pelo Nice ao La Gantoise, da própria Bélgica.

Franceses fora da França
Na Inglaterra, o Manchester City pegou dois defensores da seleção que disputou a Copa: o lateral-direito Bacary Sagna, ex-Arsenal, e o jovem zagueiro Eliaquim Mangala, ex-Porto e nada barato, viu? O Arsenal não saiu no prejuízo, pois a saída do lateral reserva dos Bleus foi compensada pela vinda do titular, Mathieu Debuchy, ex-Newcastle.

Outro a disputar a Premier League é o atacante Bafetimbi Gomis, que deixa o Lyon e parte para o Swansea. A Ligue 1 perdeu seu maior artilheiro em atividade nela e uma de suas maiores figuras também!

Mais notícias do mercado bola encontramos no espanhol Futbol desde Francia e no francês L’Equipe.

Quem souber de algum nome importante que eu não tenha colocado aqui, favor me avisar! :)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 20 de maio de 2014 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 19:04

Recordes do PSG (e o bolão do feice) marcaram Campeonato Francês 2013/2014

Compartilhe: Twitter
A seleção da temporada segundo o site do jornal L'Equipe

A seleção da temporada segundo o site do jornal L’Equipe

A avassaladora campanha que tornou o Paris Saint-Germain o primeiro bicampeão consecutivo desde o Lyon naquela sequência incrível de sete títulos entre 2002 e 2008 foi marcada por recordes.

Líder da 10ª à 38ª rodada, foi o campeão com maior número de vitórias (27) e pontos ganhos (89) da história da Ligue 1. O maior pontuador era o Lyon de 2006, com 84. O quarto título da liga faz o PSG superar os três do Lille e se igualar ao Nice no ranking dos campeões do torneio. Uma equipe não marcava tantos gols em uma temporada (84 gols do time de Laurent Blanc) desde 78/79!, quando o Nantes fez 85.

-> Veja a classificação final da L1 no post que fiz após a última rodada

A supremacia parisiense sobre os outros 19 foi tamanha que seu SALDO DE GOLS (61) só perde para o ATAQUE do vice-campeão Monaco (63). Apenas em termos defensivos alguém lhe fez frente: a defesa do goleiro Sirigu sofreu 23 gols, tendo o Lille, terceiro colocado, levado 26 gols nas 38 rodadas.

Justamente o duelo das melhores defesas que produziu quatro gols teve o melhor público do torneio: 48.960 pessoas para Lille 1 x 3 PSG. As piores defesas foram dos três rebaixados (Ajaccio, Valenciennes e Sochaux), mas o pior ataque foi o do imediatamente acima deles: o Nice, 17º.

-> Leia uma análise da temporada pelo site espanhol Futbol desde Francia

Outras curiosidades (via OptaJean):

– O PSG ganhou, pela segunda vez consecutiva, o título, a melhor defesa e o melhor ataque. Isso não acontecia desde o Lyon em 2003/04 e 04/05.

– O St Étienne não ficava na frente do Lyon em uma Ligue 1 desde 92/93, quando ficaram em 7º e o OL, rival, em 14º

– O Lyon não terminava a temporada fora do TOP4 desde a temporada 97/98, quando ficou em 6º

– O Montpellier somou 18 empates na temporada. Mais do que qualquer time da França, Alemanha, Espanha, Inglaterra e Itália.

– Em 20 anos, somente o Arles-Avignon, em 10/11 conseguiu somar menos vitórias que o Ajaccio. O Arles ganhou 3 jogos, o Ajaccio, 4.

Destaques individuais
A tábua da artilharia, como diriam em Portugal, voltou a ser dominada por Zlatan Ibrahimovic. Em 2012/13, foram 30 gols, com o segundo fazendo 19 (o gabonês Aubameyang, então no Saint-Etienne). Desta vez 26, como ele caiu de rendimento! rs.

Confira abaixo quem o sucedeu nessa lista:

L1 final

Uma relação dos melhores da temporada de prestígio no país é a da L’Equipe, imagem que encabeça essa postagem. Não por coincidência, os três melhores assistentes estão lá: James Rodríguez (Monaco, 12), Ibra e Lucas (ambos PSG, ambos 11 passes a gol).

Eu não poria o meia brasileiro entre os 11 tops, pois ele não foi constante, ao longo dos dois turnos, como outros nomes tais quais Lacazette, do Lyon, e Kalou, do Lille, por exemplo. Até Cabella, do Montpellier, poderia ocupar seu posto, pelo que representou ao limitado elenco do seu clube. Além de Lucas, o brasileiro Alex e o meio brasileiro mezzo italiano Thiago Motta, também do PSG, figuram na seleção.

Bolão da Ligue 1 Brasil no Facebook
O final do campeonato revela os resultados finais do nosso bolão lá na comunidade do feice. Mais de 30 participantes começaram, só que 13 bravos persistentes foram até o fim de modo constante.

Contando apenas os pontos das rodadas da L1, acabei num medíocre 8º lugar. Maaas, adicionando-se os pontos extras, de palpites como artilheiro, classificados para ligas europeias, rebaixados e promovidos da L2, tive a maior ascensão da tabela:

1º Victor Barbosa, 769 Pontos – liderou quase de ponta a ponta, parabéns!
2º Vinícius Ramos, 723
3º Filipe Frossard Papini, 712
4º Eduardo Ramos de Medeiros, 700
5º Bruno Pessa, 679 – apenas bom, mas tá bom!
6º Willian Kressin, 678
7º Eduardo Madeira Júnior, 672
8º Joab Júnior, 672
9º Vitor Emanuel, 637
10º Vitória Capuano, 634
11º Sérgio Ayres, 600
12º Flávio Botelho, 598
13º Oemerson Moreira, 592

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 8 de maio de 2014 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 14:03

PSG assegura título mesmo perdendo na 36ª rodada da Ligue 1

Compartilhe: Twitter

Abastecido às 17h08

Selfie no vestiário parisiense durante o festejo da conquista, com os brasileiros Marquinhos (encoberto), Thiago Motta (naturalizado italiano, no centro, atrás) e Alex (à direita)

Selfie no vestiário parisiense durante o festejo da conquista, com os brasileiros Marquinhos (encoberto), Thiago Motta (naturalizado italiano, no centro, atrás) e Alex (à direita)

A antepenúltima rodada finalmente confirmou a consagração do Paris Saint-Germain, bicampeão francês – pela primeira vez conseguiu esse doublé. O quarto título da L1 da história do clube foi garantido antes mesmo do time entrar em campo contra o Rennes, já que minutos antes o Monaco não venceu o Guingamp (1 a 1). Assim, até com a derrota em casa (1-2), que livrou o Stade Rennais do rebaixamento, o PSG já pôde celebrar.

Mais curiosamente ainda, foi justamente o Rennes o último que havia batido o Parrí no Parc des Princes, em novembro de 2012. Lavezzi abriu o placar para os anfitriões, e Kadir e Ntep decretaram o resultado final, marcando os gols que faltaram ao rubro-negro dias antes, na decisão da Copa da França…

Na sexta, o empate do Lille com o Bastia por 1 a 1 já havia assegurado ao Monaco o ingresso na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões da Europa, como já se previa. Desde 2004/5 que o clube não a disputava, depois de ter sido vice em 2003/4. O Lille deve ratificar a terceira colocação mesmo, pois soma cinco pontos a mais que o Saint-Etienne, com seis em jogo ainda.

No domingo, o Choc des Olympiques favoreceu o Marseille: 4 a 2 contra o Lyon. O centroavante Gignac foi decisivo para os donos da casa, no Vélodrome, com dois gols. Thauvin e Diawara também marcaram para o OM, agora a apenas dois pontos do OL, com duas rodadas ainda a disputar, na querela pelo quinto lugar, que conduzirá à Liga Europa 2014/5.

Aliás, já está credenciado para disputar a UEL, ao menos na fase de playoffs, o St Etienne. Ganhou do Montpellier por 2 a 0, manteve a quarta posição e pode, no máximo, terminar o campeonato em quinto. Esperemos que desta vez atinja a etapa de grupos, ao contrário do que vimos no início desta temporada.

Mesmo tendo batido o Valenciennes, por 1 a 0, o Bordeaux, hoje sétimo, já não consegue brigar pelo quinto posto. Já o derrotado VAFC vai mesmo ser rebaixado, se juntando ao outrora relegado Ajaccio. O último descendente para a Ligue 2 segue indefinido, entre Montpellier, Nice, Guingamp (o recém-campeão da Copa da França, isso mesmo!), Evian e Sochaux.

Quem também vive um fim de temporada angustiante é o Auxerre, que estávamos acostumados a ver na Ligue 1, inclusive em Liga dos Campeões recente. Luta faz tempo para não cair da L2 para o National, a terceira divisão, está na ZR e agora faltam 3 rodadas para o fim da competição.

-> Leia uma análise tática do PSG bicampeão no site espanhol Futbol desde Francia

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014 Torneios europeus | 23:28

Ibra comanda “classificação antecipada” do PSG em Leverkusen

Compartilhe: Twitter

Enriquecido em 19/02

E quem mais deveria estar em primeiro plano, que não o sueco? (Photo: AP)

E quem mais deveria estar em primeiro plano, que não o sueco? (Photo: AP)

No final das contas na Bay Arena, não é exagero dizer que o Paris Saint-Germain foi passear na Alemanha. Volta pra França com um categórico 4 a 0, selando em 99% seu passaporte para as quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa.

Para o jogo de ida contra o Bayer Leverkusen, Laurent Blanc mandou a campo Sirigu, van der Wiel, Thiago Silva, Alex e Maxwell; Thiago Motta, Matuidi, Verratti e Lucas; Lavezzi e Ibrahimovic. E com poucos minutos (mais precisamente 3) seu time praticamente inverteu a condição de visitante, dando as cartas desde que o versátil volante Matuidi foi ao ataque pela direita, trocou passes com Ibra e Verratti e apareceu na cara do goleiro Leno, colocando no canto como se fosse um habitué da grande área: 1 a 0.

Logo depois Ibrahimovic desperdiçou uma boa chance, dentro da área, mas o gol não fugiu do sueco quando Spahic se enroscou com Lavezzi dentro da área, após cruzamento de Maxwell, e foi marcado o penal. Sem tomar distância, Zlatan fez o básico, chutando firme e bem no canto: 2 a 0, aos 39 minutos.

Antes do intervalo ainda, a marca do craque matador: bola rolada pra trás próxima à grande área, rasteira, e Ibrahimovic mandou o petardo cruzado, alto, lá na junção da rede, no fundo do gol literalmente: 3 a 0 aos 42 (Zlatan passou Cristiano Ronaldo na artilharia da UCL, 10 gols em 7 jogos). A segunda etapa viu o Paris mais moroso, só que o Bayer colaborou com a expulsão do imprudente Spahic (que já apareceu por aqui quando defendeu o Montpellier, em 2009 e 2010), depois de atingir Lucas, aos 15 minutos.

E o placar se fechou aos 43, quando Lucas tocou com açúcar para Cabaye, vindo do banco, bater de chapa fora do alcance de Leno, marcando seu primeiro gol pelo PSG e colaborando para que o Leverkusen contine sendo “Neverkusen”, como o amigo Mario Monteiro, do Blog do Alemão, volta e meia profere diante dos sucessivos fracassos do clube.

Paciência agora porque a partida de volta só acontece dia 12 de março, e dará tranquilamente para Blanc poupar alguns atletas e fazer testes, visando a sequência da Champions e a disputa pelo bicampeonato da Ligue 1.

Assista aos melhores momentos da goleada segundo o site da ESPN

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 12 de maio de 2013 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:18

ENFIN, PSG CHAMPION!

Compartilhe: Twitter

Atualizado em 15/05

Na comemoração no vestiário parisiense, Lucas (no centro), Thiago Motta (o segundo da direita para a esquerda) e Maxwell (meio escondido à esquerda de Thiago) aparecem. Thiago Motta e Alex são os outros brasileiros campeões

Foi em grande estilo, na casa de um grande rival, que o Paris Saint-Germain sacramentou a conquista do Campeonato Francês, como todos esperávamos já há algum tempo.

Menez foi o autor do gol da vitória sobre o Lyon no Gerland, e o milionário clube da capital, disparadamente o elenco mais caro da Ligue 1, encerrou o jejum de 19 anos, faturando seu terceiro título do Francês (os anteriores foram em 1986 e 1994) na antepenúltima rodada.

Voltado para tentar se garantir entre os 3 primeiros e voltar à Champions League, o Lyon tem 3 pontos a mais que Lille e Nice, com seis ainda por disputar.

Marseille 2 x 1 Toulouse – Segundo na tabela, o Olympique não pode mais alcançar o PSG, mas se garante no pódio do campeonato e consequentemente na próxima Liga dos Campeões

Lille 3 x 0 Reims – LOSC sobe para o quarto lugar, na posição que conduz para a Liga Europa

Evian 4 x 0 Nice – Apesar do sopapo, a tia Nice segue em quinto, junto com o Lille

Lorient 3 x 1 St Etienne – Um ponto atrás de Nice e Lille vem a ASSE, que podia ter ido à quarta colocação se tivesse conseguido os três pontos

Brest 0 x 2 Montpellier – Stade Brestois é o primeiro matematicamente rebaixado para a Ligue 2

LE PODCAST DU FOOT
Na edição de número 31, os amigos comentam sobre o título parisiense. O dinheiro do Catar foi o grande responsável pela conquista? Ouça e comente abaixo!

Le Podcast du Foot #31 by Eduardomtjunior on Mixcloud

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 19 de setembro de 2012 Brasileiros na França, Torneios europeus | 17:59

Estreias na Champions: PSG confirma, Montpellier e Lille decepcionam

Compartilhe: Twitter

*PSG 4 x 1 Dínamo de Kiev* (Assista aos gols)
Bela estreia parisiense, comandado, como vem sendo a tônica nesta temporada, por Zlatan Ibrahimovic. O sueco abriu o placar convertendo pênalti, atingindo duas marcas únicas no Parc des Princes: disputou a Liga e fez gols por seis camisas diferentes (Ajax, Juventus, Internazionale, Barcelona, Milan e PSG) em seu retrospecto no torneio.

A equipe francesa ganhou tranquilidade no marcador depois que a dupla de zaga brasileira mostrou talento ofensivo em poucos minutos: o estreante Thiago Silva e seu parceiro Alex marcaram, aproveitando cruzamentos na área ucraniana. Nos minutos finais, o Dínamo descontou, mas ainda deu tempo para Pastore chutar rasteiro e o goleiro Koval aceitar.

O saldo de gols elástico foi importante, até por já colocar o time na liderança da chave, já que o Porto bateu o Dínamo Zagreb por 2 a 0 na outra partida, na Croácia. Um belo começo, impondo moral, como a ambição tricolor sugere.

Brasil e Argentina sorrindo: Nenê, vindo do banco como tem sido costume nos últimos jogos, celebra com Pastore o último gol no Parc (Uefa.com/Getty Images)

*Montpellier 1 x 2 Arsenal*
O começo foi deveras animador para a torcida franco-brasileira, com Belhanda abrindo o placar aos 9 minutos, batendo penalidade com ousada cavadinha. Mas a alegria caseira durou pouco, com Podolski e Gervinho, ex-Lille, virando o marcador antes dos 20, em gols com a participação e “fogo amigo” de Olivier Giroud, atacante bleu e campeão francês com o MHSC em 2011/12.

A reação do Montpellier veio no segundo tempo, mas não se confirmou em gols, tendo no máximo uma bola no travessão em chute colocado de Cabella. No ataque, o senegalês Camara foi muito mal (o pior avaliado pelo site Top Mercato), e nem o substituto argentino Herrera pôde fazer melhor. Resultado ruim, mas sabemos que dificilmente a equipe de Girard poderá fazer frente aos adversários do grupo. Por coincidência, o outro jogo da chave registrou mesmo placar: Olympiacos 1 x 2 Schalke (surpresa pra mim)

Mathieu Debuchy disputa bola na dura peleja para os Dogues, batidos pelo Bate... (Uefa.com/Getty Images)

*Lille 1 x 3 Bate Borisov*
Se a derrota do Montpellier era até previsível, pelo peso do adversário em questão, o revés do LOSC em seu primeiro jogo oficial continental no Grand Stade foi péssimo (pesou demais o retrospecto ruim em casa?). O primeiro tempo já selou o resultado, com a equipe bielorrussa aplicando 3 a 0. Chedjou descontou aos 15 do segundo, mas foi só. Tulio de Melo foi titular, mas só jogou meio tempo, dando lugar ao caboverdiano Ryan Mendes, ambos sem sucesso na busca do gol.

No outro jogo do grupo, o Bayern fez 2 a 1 no Valencia, em Munique. Pra quem já teria dificuldade em se classificar mesmo se vencesse, ficou ainda mais complicado pros comandados de Rudi Garcia. Como diz o L’Equipe no fligir dos ovos, o Lille “hipotecou” suas chances de avançar às 8as de finais…

E aí, o que acha dos resultados e perspectivas dos franceses nesta UCL? Commentez!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 26 de agosto de 2012 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 19:29

Com 3 rodadas, Olympique de Marselha é o único 100% e lidera isoladamente

Compartilhe: Twitter

Andre-Pierre Gignac marcou o gol da partida contra o Montpellier (com a ajuda do zagueiro brasileiro Hilton, que permitiu o chute, e sobretudo do goleiro Jourdren, que deixou a bola passar por baixo do braço) e o OM (9 pontos) passa a ser o único impecável em termos de aproveitamento após três rodadas de Campeonato Francês 2012/2013. Alguém precisa avisar o atual campeão que a temporada já começou, pois até agora foram duas derrotas e um empate, mantendo o time na zona de rebaixamento à frente apenas de Troyes, também com um ponto conquistado, e Sochaux, único a não pontuar por ora.

Depois do Olympique, os ponteiros são Lyon, Valenciennes, Bordeaux e Toulouse, com 7 pontos. O empate do OL com o Evian (gol de Michel Bastos pro Lyonnais, um petardo de canhota à la Roberto Carlos) pode ser considerado tropeço, mas o dos Girondinos com o Paris Saint-Germain não. Segurar o elenco estrelado do PSG é pra se comemorar, por mais que o clube da capital estranhamente só tenha acumulado empates até aqui.

Vi um pouco de PSG x Bordeaux na SporTV hoje, e achei os visitantes defensivos demais, com três zagueiros (Sané, Ciani e Henrique, que de vez em quando saía um pouco) em torno de Ibrahimovic, pouco acionado por Nenê e Pastore, que tiveram muitas dificuldades para acertar os passes. Por outro lado, o contra-ataque girondino também não apareceu, com Diabaté isolado, sem a ajuda que Jussiê e Obraniak poderiam lhe proporcionar em teoria.

Destaque para os duelos brasileiros no Parc des Princes, com Nenê x Henrique, Maxwell x Mariano, Thiago Motta x Jussiê (o zagueiro Alex foi outro brasuca em campo). Menez e Verratti entraram na 2a etapa, mas Ibra saiu insatisfeito, Ancelotti mais ainda, e a pressão só tende a aumentar para o elenco tricolor, que logo logo tem Liga dos Campeões pra encarar…

Elie Baup recém-assumiu o Marseille, com a ida de Didier Deschamps para a seleção, e por enquanto não perdeu nenhum ponto na Ligue 1 (om.net)

Resultados da journée:

Montpellier 0 x 1 O. Marseille
PSG 0 x 0 Bordeaux
Evian 1 x 1 Lyon
Nancy 0 x 1 Toulouse
Valenciennes 3 x 0 Ajaccio
Rennes 3 x 2 Bastia
Troyes 2 x 2 Lorient
Lille 2 x 2 Nice
St Etienne 4 x 0 Brest – A goleda da rodada
Reims 1 x 0 Sochaux

Gols: Assista ao vídeo no site da ESPN

Eis a programação para a 4a rodada:

Sábado, 1/09
Lyon x Valenciennes
Sochaux x Montpellier
Toulouse x Reims
Ajaccio x Evian
Bastia x St Etienne
Lorient x Nancy
Brest x Troyes

Domingo, 2/09
Bordeaux x Nice
Marselha x Rennes
Lille x PSG

– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (Já são mais de 60 membros!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,