Publicidade

Posts com a Tag Alemanha

quinta-feira, 14 de maio de 2015 Futebol feminino | 19:33

PSG falha na Champions feminina também

Compartilhe: Twitter
A lamentação das jogadoras, com a capitã Sabrina Delannoy em primeiro plano (Uefa.com)

A lamentação das jogadoras, com a capitã Sabrina Delannoy em primeiro plano (Uefa.com)

Hoje o time feminino do Paris Saint-Germain teve a chance de “vingar” os fracassos recentes, e doídos, dos homens do atual bi-quase tricampeão francês na Liga dos Campeões da Europa, a mais desejada do continente.

Mas perdeu a final da Uefa Women’s Champions League para o Frankfurt, que jogou no seu país, em Berlim (que também receberá a final masculina, em 6 de junho, entre Barcelona e Juventus). O gol que decretou a vitória por 2 a 1 e o quarto título do clube alemão foi decretado nos acréscimos do segundo tempo, oh dor!

A Alemanha abocanhou 9 das 14 edições da Champions feminina, e a França parou nas duas conquistas do Lyon em 2010/11 e 11/12. De qualquer forma, as mulheres do PSG já foram mais longe no torneio do que os homens, no máximo semifinalistas, em 1994/95.

Falando neles, têm tudo pra assegurar o tri da Ligue 1 depois de amanhã, em Montpellier. Um empate contra os donos da casa já basta! A bola rola as 16h de Brasília. E no dia 30, outro caneco possível: decisão da Copa da França contra o Auxerre.

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 14 de julho de 2014 Copa do Mundo | 14:56

Pogba leva o prêmio de revelação da Copa 2014

Compartilhe: Twitter
Em 5 partidas no Brasil, o hirsuto camisa 19 fez 1 gol, deu 1 assistência e cometeu 6 faltas apenas

Em 5 partidas no Brasil, o hirsuto camisa 19 fez 1 gol, deu 1 assistência e cometeu 6 faltas apenas

O meio-campista Paul Pogba foi o representante da França entre os premiados individualmente pela Fifa ontem, no encerramento da Copa do Mundo.

Faturou o Prêmio de Jogador Jovem, patrocinado pela Hyundai e concedido ao melhor debutante do Mundial nascido após 31/12/1992 (que tenha 21 anos ou menos). Lembrando, novamente, que ele foi eleito o craque do Mundial sub 20 em 2013, vencido por Les Espoirs!

Não foi das piores decisões da Fifa ontem (como ter dado o de melhor do torneio para Messi…), mas também não foi unânime, pois creio que entre as três primeiras seleções da competição houve nomes que o merecessem também. De qualquer forma, a revelação francesa da Juventus, da Itália, está de parabéns!

Aliás, pra quem quiser acompanhar o que rola no futebol alemão, atualmente o melhor do mundo, recomendo o site Alemanha FC, do parça Mario “Alemão” Monteiro.

Autor: Tags: , , , , ,

domingo, 6 de julho de 2014 Eurocopa, Seleção francesa | 11:17

Amistosos prepararão a França para a Euro 16 em casa

Compartilhe: Twitter
Tietagem no aeroporto ajudou a confortar a frustração pela volta antecipada para casa (20minutes.fr)

Tietagem no aeroporto ajudou a confortar a frustração pela volta antecipada para casa (20minutes.fr)

A França já está na França depois da eliminação na Copa 2014, nas quartas de finais, diante da Alemanha. Deixou o Rio de Janeiro na sexta, voltou a Ribeirão Preto para recolher as bagagens, e ontem pegou o avião para o Rio e depois para casa, descendo hoje no Aeroporto de Bourget, próximo a Paris. Foram recebidos com carinho por um grupo de torcedores, assim como foram acolhidos pelos brasileiros na cidade do interior paulista.

Sei que é preciso deixar a derrota para trás, mas penso agora que, se Ribéry estivesse em campo, seria muito útil, especialmente no maior desafio, contra os alemães. Nas quatro partidas anteriores do Mundial, os Bleus se viraram sem ele, e seria fácil e oportunista demais, nessa altura, dizer que perderam principalmente porque sentiram falta dele no Maracanã. Mas o melhor europeu da última temporada seria um dos mais experientes do grupo, habilidoso e preparado para chamar a responsabilidade no momento do revés no placar, com o tempo atuando contra. E vivencia o futebol alemão nos últimos sete anos.

Paciência, vou torcer para que Deschamps, ou o técnico que estiver no comando em junho de 2016, não ter que cortar um jogador como ele às vésperas da Eurocopa, o próximo torneio importante que a seleção disputa. Porque é uma Eurocopa e, não nos esqueçamos, porque será na França, então multiplique a pressão sobre o grupo. Já garantida na fase final, a seleção francesa está dispensada das Eliminatórias, que começarão neste segundo semestre, e para se preparar já programou diversos amistosos (lista abaixo).

Deschamps volta a reunir seus selecionados no comecinho de setembro, daqui a quase dois meses, para enfrentar a machucada Espanha e, três dias depois, a Sérvia. É justamente nesse mês que terão início as Eliminatórias – clique neste arquivo em PDF do site da Euro para ver todos os duelos, até a rodada final em outubro de 2015. Os adversários dos amistosos franceses não foram definidos a esmo, por critérios exclusivos da Federação Francesa de Futebol. De 7 de setembro deste ano a 8 de outubro do ano que vem, vai encarar justamente os membros do Grupo I das Eliminatórias, o único que conta com cinco e não seis seleções, para que aquela que ficar de fora da rodada não fique parada: Albânia, Armênia, Dinamarca, Portugal e Sérvia.

JEUDI 4 SEPTEMBRE 2014 – STADE DE FRANCE
FRANCE x ESPAGNE

DIMANCHE 7 SEPTEMBRE (coincide com 1a rodada das Eliminatórias da Euro)
SERBIE x FRANCE

SAMEDI 11 OCTOBRE
FRANCE x PORTUGAL

MARDI 14 OCTOBRE
ARMÉNIE x FRANCE

VENDREDI 14 NOVEMBRE
FRANCE x ALBANIE

DIMANCHE 29 MARS 2015
FRANCE x DANEMARK

SAMEDI 13 JUIN
ALBANIE x FRANCE

VENDREDI 4 SEPTEMBRE
PORTUGAL x FRANCE

LUNDI 7 SEPTEMBRE
FRANCE x SERBIE

JEUDI 8 OCTOBRE
FRANCE x ARMÉNIE

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 4 de julho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 21:06

Alemanha erra menos e elimina França da Copa 2014

Compartilhe: Twitter

fra-ale-fff

Fim da aventura francesa no Brasil, nas quartas de finais. Hummels ganhou de Varane numa bola alta, venceu Lloris no início do primeiro tempo e, como Benzema e seus colegas não conseguiram superar o seguro Neuer, é a Alemanha quem avança pra semifinal.

Assim podemos resumir o que vimos no Maracanã hoje no início da tarde, não? Claro que o sol e o calor são os mesmos para os dois lados, mas provavelmente se a partida fosse às 17h, e não às 13h, veríamos os franceses correndo mais. Não acho que fizeram corpo mole, entendo que ficaram um pouco nervosos a maior parte do tempo, já atrás no placar e precisando de um gol a qualquer custo para tentar evitar a eliminação. Aí erraram muitos passes, desperdiçando demais a bola.

Deschamps até que tentou mudar o time no segundo tempo, e não poupou em termos de opções ofensivas: os Bleus terminaram o jogo com seus quatro atacantes disponíveis. Entretanto, as oportunidades de gols permitidas pelos alemães eram escassas, e nas que os franceses conseguiram criar, a defesa adversária foi melhor. Faltou inspiração, aquele quê a mais que faz a diferença, inclusive para Benzema, principal finalizador dos azuis.

No geral, foi uma boa campanha, com a equipe chegando entre os 8 melhores e se despedindo de forma digna. Nada para chorar. Muitos jogadores terão idade para a Copa de 2018, então que amadureçam bem não somente no desempenho técnico, mas também na experiência emocional para lidar bem com pressões e situações adversas. Valeu!

-> Leia as últimas notícias francesas na Copa na página do iG Esporte

Ficha técnica – FRANÇA 0 x 1 ALEMANHA

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro

Árbitro: Nestor Pitana (Argentina)

Gol: Hummels aos 12 minutos do 1o tempo.

FRA – Lloris (c); Debuchy, Varane, Sakho (Koscielny) e Evra; Cabaye (Rémy), Matuidi, Pogba e Valbuena (Giroud); Benzema e Griezmann. Técnico: Didier Deschamps.

ALE – Neuer; Boateng, Howedes, Hummels e Lahm (c); Khedira, Kroos ( Kramer), Schweinsteiger e Ozil (Gotze); Muller e Klose (Schurrle). Técnico: Joachim Low.

No twitter @obrunopessa, com a hashtag #leblogdufoot, tem mais informações e comentários meus sobre a França e a Copa ;)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de julho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 18:53

Retrospecto contra Alemanha é favorável aos Bleus

Compartilhe: Twitter

Se contarmos todas as vezes em que as seleções alemãs e francesas se enfrentaram, chegaremos a 25 duelos com 11 vitórias dos Bleus, 8 germânicas e 6 empates. :) A Nationalelf, no entanto, marcou um gol a mais: 42 a 41… :(

O último confronto foi em 6 de fevereiro do ano passado, relatado neste blog por este link: vitória visitante em amistoso no Stade de France, 2 a 1. Aliás, veja pela escalação anfitriã que o time de Deschamps era bem parecido com o que deve alinhar nesta sexta, às 13 horas de Brasília, pelas quartas de finais da Copa 2014.

Antes, eles se encontraram em 29 de fevereiro de 2012, com placar e mando inversos: 2 a 1 para a França na Alemanha! Mais do que o desempenho do time do então técnico Blanc, chamou a atenção da geral naquele jogo o beijão que Giroud tascou em Débuchy na comemoração de um dos gols… #argh!

-> Leia as últimas notícias da França na Copa na página do iG Esporte

Entretanto, por Copas do Mundo a vantagem é alemã em três encontros de alto nível. Em 1958, a decisão do terceiro lugar do Mundial na Suécia foi favorável aos franceses numa chuva de gols: 6 a 3, com quatro de Just Fontaine, maior artilheiro em uma única edição do torneio com 13 tentos! Mas em 1982 e 1986, época de Platini dando as cartas nos Bleus, foram duas semifinais com final feliz alemão. Na Copa da Espanha, um jogaço memorável acabou 5 a 4 nos pênaltis depois de 3 a 3 no tempo regulamentar + prorrogação! No México, foi 2 a 0. Curiosamente, em ambas as Copas os alemães acabaram voltando para casa como vice-campeões.

Pogba foi eleito o melhor em campo contra a Nigéria e é uma das armas de Deschamps nesta Copa

Pogba foi eleito o melhor em campo contra a Nigéria e é uma das armas de Deschamps nesta Copa

Desta vez, vamos torcer para que a dupla de zaga titular, Sakho e Varane, esteja recuperada e possa jogar depois de amanhã. Koscielny não passa a mesma confiança, e Mangala ainda não sentiu o que é jogar numa Copa. E que a repercussão da entrada dura de Matuidi sobre Onazi, que contundiu seriamente o nigeriano, não interfira nos nervos franceses nem no julgamento do árbitro argentino Nestor Pitana, escalado hoje.

A Argélia ficou perto de evitar esse duelo de campeões mundiais no Rio de Janeiro pelas 4as de finais, pelo que apresentou diante dos alemães. Se a Alemanha desperta mais temor, um confronto contra a seleção africana teria um tempero especial extracampo, pois os argelinos formam a maior comunidade estrangeira na França e têm influências nos Bleus de ontem e hoje (os pais de Zidane e Benzema são de lá, por exemplo) -> sobre isso, veja essa videorreportagem de João Castelo Branco, correspondente da ESPN, em Paris na última segunda-feira.

No twitter @obrunopessa, com a hashtag #leblogdufoot, tem mais informações e comentários meus sobre a França e a Copa ;)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 1 de julho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 11:06

Entrevistado pela Rádio Gaúcha sobre a seleção francesa!

Compartilhe: Twitter

Tive uma ótima notícia ontem quando o colega de iG Esporte Mário Monteiro, colunista de futebol alemão, pediu meu número de celular para passar a um produtor da Rádio Gaúcha. O veículo de Porto Alegre o entrevistara, sobre o desempenho germânico nesta Copa 2014, e agora queriam falar comigo principalmente sobre a seleção francesa!

E assim aconteceu por volta das 22h, quando entrei ao vivo no programa Show dos Esportes para conversar com a dupla de apresentadores. Falamos de França 2 x 0 Nigéria, França x Alemanha nesta sexta, os desempenhos de Pogba e James Rodriguez, meia colombiano do Monaco, a disputa entre Giroud e Griezmann ao lado de Benzema, entre outros assuntos :)

O áudio do programa foi publicado na íntegra no site da rádio, neste link. Mas vocês podem ouvir abaixo também, clicando no player. O programa é longo, então se quiserem ir direto para a parte em que falo, está entre o minuto 53 e 30 segundos e o 62 e 30 segundos, aproximadamente:

Para me preparar para a entrevista, fiz uma colinha com várias informações e dados numéricos, também vou compartilhar porque gosto dos bastidores da notícia:

cola

-> Futebol e música: confira uma playlist com sucessos franceses históricos
-> Futebol e bebida: já conhece a cerveja que homenageia a seleção da França?
-> Futebol nas redes sociais: os perfis dos jogadores bleus pra vc seguir e curtir!

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 30 de junho de 2014 Copa do Mundo | 16:35

França despacha Nigéria no segundo tempo e vai às quartas!

Compartilhe: Twitter

Quinta classificada para as quartas de finais da Copa 2014, a seleção francesa bateu a nigeriana por 2 a 0 hoje  em Brasília, gols de Pogba e Yobo contra. Encara agora a Alemanha, que suou mais pra bater a Argélia. Não foi brilhante, mas obviamente está valendo pelo resultado!

Uma das saídas do goleiro francês no primeiro tempo, preferindo encaixar a bola do que socar (Reuters)

Uma das saídas do goleiro francês no primeiro tempo, preferindo encaixar a bola do que socar (Reuters)

O segundo jogo na história entre as duas seleções (o primeiro foi um amistoso em 2009, em Saint-Etienne, vencido pelos nigerianos por 1 a 0) começou com 27 graus e 33 por cento de umidade relativa do ar em Brasília, tempo seco e quente, um fator prejudicial ao desempenho dos jogadores, no primeiro compromisso francês nesta Copa iniciando no exigente horário das 13h.

-> Gosta de música? Veja esse post com playlists francesas de sucesso

A partida começou movimentada, lá e cá, mas com predomínio da Nigéria, que parecia mais leve, já que a responsabilidade maior estava do outro lado. Aos 18 minutos, os africanos até foram às redes com Emenike, porém o bandeira assinalou corretamente o (ufa!) impedimento.

A resposta francesa veio rapidamente, aos 21, com Pogba puxando contra-ataque, acionando Valbuena e recebendo dentro da área. A conclusão de primeira requereu grande defesa de Enyeama, nosso conhecido grande goleiro do Lille.

-> Instagram, Facebook e Twitter: siga os Bleus nas principais redes sociais!

O equilíbrio persistia, com os verdes criando perigo nas bolas paradas e aéreas (inclusive Evra abusou da sorte, segurando o adversário acintosamente numa cobrança), dando trabalho a Lloris, e os brancos explorando bem a chegada perto da área com passes rápidos. Aos 39, Debuchy se apresentou para chutar dentro da área, mas o arremate saiu à direita do gol de um vencido Enyeama.

Nada de modificações no intervalo, apesar de Giroud ter merecido sair para a entrada de Griezmann. Tanto que Deschamps ouviu nosso clamor e fez essa substituição aos 16 minutos da etapa complementar. Com 24, a grande chance bleu: Benzema tabelou com seu novo colega de ataque, passou pelo arqueiro mas o chute saiu fraco e Moses salvou em cima da linha!

-> Curioso pra saber como é um treino francês nesta Copa? Veja este relato e muitas fotos do treino da última sexta!

Aos 31, novo grito de quaaase: após cobrança de escanteio, Benzema chutou cruzado, bateu Enyeama só que Ambrose afastou. Na sobra, Cabaye carimbou a trave! (é a segunda vez que fez isso, depois daquele rebote de pênalti contra a Suíça…). O terceiro “uuuh” veio com 33 minutos, em defesaça do goleiro do Lille na cabeçada de Benzema, só que um minuto depois tivemos a redenção!

Valbuena cobrou escanteio, Enyeama (finalmente) saiu mal e direcionou a bola na cabeça de Pogba, que não falhou e balançou a rede!! Recompensa para quem criou mais oportunidades de gol, e seguiu criando mesmo depois de abrir o placar. Tanto que, aos 46, Valbuena cruzou rasteira para Griezmann, Yobo tentou atrapalhar a conclusão e acabou desviando contra o patrimônio, fim de papo e vamos para as quartas nessa próxima sexta-feira, dia 4, às 13h, no Rio de Janeiro!

Vem, Brazuca, vem que eu te espero no primeiro gol francês no Mané Garrincha! (Reuters)

Vem, Brazuca, vem que eu te espero no primeiro gol francês no Mané Garrincha! (Reuters)

Ficha técnica francesa: Lloris (capitão); Debuchy, Varane, Koscielny e Evra; Cabaye, Matuidi, Pogba e Valbuena (Sissoko); Giroud (Griezmann) e Benzema. Técnico: Didier Deschamps

No twitter @obrunopessa , com a hashtag #leblogdufoot, tem mais informações e comentários meus sobre a França e a Copa ;)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013 Seleção francesa | 17:29

França leva virada e perde invencibilidade para a Alemanha

Compartilhe: Twitter

Legenda pra imagem acima: O amistoso em Saint-Denis teve a diplomática presença da chanceler alemã Angela Merkel, recepcionada pelo presidente François Hollande, dois dos principais chefes de Estado do planeta. Imagino a conversa no momento da foto: “- Aquele feinho da sua França eu já vi na minha Alemanha, não??”.” – Sim, minha cara, e até que a madame foi bondosa em relação ao Ribéry…”

No primeiro compromisso de 2013, a seleção de Deschamps acabou derrotada em casa, 2 a 1 para os germânicos em amistoso no Stade de France, ontem. Desde 1987 que os alemães não venciam os franceses, e desde 1935 jogando na França, como publicou o colega Blog do Alemão. Porém, a vantagem no retrospecto histórico ainda é dos campeões mundiais de 1998: 11 vitórias francesas e 8 alemãs nos 25 duelos até aqui.

O time da casa atuou com Lloris – Debuchy, Koscielny (Rami), Sakho, Evra – Sissoko (Giroud), Cabaye, Matuidi (Capoue) – Valbuena (Menez), Benzema, Ribery.

Os anfitriões saíram na frente com Valbuena, pouco antes do intervalo: Benzema acertou o travessão em cobrança de falta, Sissoko mandou de cabeça para o meio da área, No rebote, e o meia do Olympique de Marseille apareceu livre para completar a gol.

Mas logo aos seis minutos da segunda etapa, Capoué vacilou na saída de bola e entregou para Gundogan, que lançou Muller. O meia alemão saiu cara a cara com Lloris, e com um toque por cima, no meio do gol, empatou.

A França buscou a reação, criou oportunidades porém não soube aproveitá-las. E foi castigada aos 28: Ozil acertou lindo passe para Khedira, seu companheiro de Real Madrid, que entrava livre pelo lado direito da área. Com um leve toque no canto esquerdo de Lloris, o volante fez o gol da virada.

Aí a Alemanha assumiu o controle do jogo, neutralizou a maioria das tentativas de ataque da França, e quando não o fez teve sorte, porque os donos da casa até marcaram, aos 44, mas Giroud estava impedido ao dar a assistência para Benzema, e o gol foi invalidado.

Pelo que li (não pude ver ao vivo ou melhores momentos), Lloris, Valbuena e Ribery foram bem. Evra, Capoue e Benzema, há 10 jogos sem marcar pelos Bleus, mal.

O próximo compromisso da seleção vale três pontos, pelas eliminatórias da Copa 2014, no final de março. Vejaí o calendário bleu pro restante do ano:

> Vendredi 22 mars 2013 – Eliminatoires Coupe du Monde 2014: France-Géorgie
> Mardi 26 mars 2013 – Eliminatoires Coupe du Monde 2014: France-Espagne
> Mercredi 5 juin 2013 – Match amical au Stade Centenario, à Montevideo (21h heure française): Uruguay-France
> Dimanche 9 juin 2013 – Match amical au Gremio Arena de Porto Alegre (21h00 heure française): Brésil-France
> Vendredi 6 septembre 2013 – Eliminatoires Coupe du Monde 2014: Géorgie-France
> Mardi 10 septembre 2013 – Eliminatoires Coupe du Monde 2014: Biélorussie-France
> Mardi 15 octobre 2013 – Eliminatoires Coupe du Monde 2014: France-Finlande

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 16 de outubro de 2012 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 22:17

Empate com gosto de vitória em Madri: Espanha 1 x 1 França

Compartilhe: Twitter

As circunstâncias dos gols e a dificuldade de enfrentar a campeã mundial em casa nos levam a concluir que a igualdade no placar foi muito boa para os Bleus, jogando visualmente como “Blancs”. Embora no desempate o saldo de gols coloque os espanhóis como líderes do Grupo I das Eliminatórias para a Copa 2014, os franceses também somam 7 pontos, o que é bastante relevante nessa dura disputa pela vaga direta para o Mundial no Brasil.

Melhores no primeiro tempo, os donos da casa abriram o marcador aos 25 minutos, com Sergio Ramos aproveitando falhas de Lloris e da marcação francesa na área. O goleiro do Tottenham, ex-Lyon, se redimiu em outras ocasiões, especialmente no pênalti que Koscielny cometeu em Pedro e Fábregas desperdiçou, com grande defesa do arqueiro de amarelo. Ainda na etapa inicial a França teve um gol mal anulado, por conta de impedimento atribúído a Menez, depois de escorar toque também de cabeça de Benzema.

A França deu o troco no segundo tempo, em termos de desempenho, e confirmou a reação só nos acréscimos dos acréscimos, quando o contra-ataque chegou a Ribéry, que encontrou a cabeça de Giroud (substituto do machucado Benzema) sem marcação, no último lance da partida. (ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS E AOS GOLS)

Para termos uma ideia do que é não ser derrotado pela esquadra de Vicente Del Bosque, a Fúria acumulava 24 vitórias seguidas em jogos de eliminátórias (Euro e Copa)! E não é batida em casa, por partidas oficiais, desde junho de 2003 (0-1 para a Grécia pelo qualificatório da Euro 2004, que seria vencido pela própria Hellas!). O último gol bleu no estádio Vicente Calderón, do Atlético de Madri, havia sido Alain Giresse, contra a Irlanda, encerrando os 4 a 1 pela Copa de 1982, ano em que nasci, e curiosamente também de cabeça!

No outro jogo da chave, a Bielorrússia conquistou sua primeira vitória ao impor 2 a 0 na Geórgia, chegando a três pontos e assumindo a quarta colocação, à frente da Finlândia. Já a Geórgia se manteve em terceiro, com quatro pontos ganhos. As eliminatórias europeias voltam apenas em março de 2013: no dia 22, a Espanha recebe a Finlândia, e a França joga em casa contra a Geórgia.

Porém, antes disso, dois compromissos amistosos bem mais que amistosos para os Bleus: visitando a Itália, dia 14 de novembro, e abrindo a temporada 2013 com a recepção à Alemanha, em 6 de fevereiro.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 2 de março de 2012 Seleção francesa | 12:10

Foi mesmo na boca o beijo de Giroud em Débuchy em Alemanha 1 x 2 França?

Compartilhe: Twitter

Além do surpreendentemente rápido futebol apresentado contra uma das tops do planeta bola (veja alguns dos melhores lances), chamou a atenção na vitória francesa por 2 a 1 sobre a Alemanha em Bremen, na última quarta-feira, a comemoração do primeiro gol.

Pra lá de grato com a assistência de Débuchy, o artilheiro Giroud se voltou para o colega, segurou seu rosto e tascou um beijão nele… Até tem cara de beijo na boca, mas foi “apenas” perto dos lábios. As câmeras não nos permitem concluir, assista:

Já a foto abaixo permite, não é?

debuchy-giroud

Apenas bons amigos (Crédito: F.Fife/AFP - 20minutes.fr)

Curiosamente, os protagonistas do carinho explícito foram os mais bem avaliados pelo L’Equipe na partida. Eis as notas: Lloris 7, Débuchy 8, Rami 6, Méxès 6, Abidal 5; Cabaye 6, M’Vila 4, Valbuena 7, Nasri 5, Ribéry 4; Giroud 8.

Se o amigo Mário Alemão Monteiro lamentou, o sagaz Leonardo Bertozzi comparou o bom trabalho de Laurent Blanc com seu colega de banco de reservas Mano Menezes, no sentido de ter conseguido formar um time com quase um ano e meio de trabalho.

De fato, os Bleus estão invictos há 18 jogos (o post de Bertozzi lista-os). Em que pese esse número incluir umas babas no caminho das Eliminatórias da Euro 2012, houve também Inglaterra, Brasil, Alemanha… E haverá, até a Copa 2014, Inglaterra e Suécia (Euro, junho), Uruguai (agosto), Espanha (Eliminatórias da Copa, ida e volta), Itália (novembro) e novamente Alemanha (2013).

Para ficarmos ligados, antes do torneio europeu deste ano os compromissos agendados são:

> Dimanche 27 mai, match international à Valenciennes >> France x Islande
> Jeudi 31 mai, à Reims >> France x Serbie (não me faça feio no dia dos meus 30 anos!)
> Mardi 5 juin, au Mans >> France x Estonie

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última