Publicidade

Arquivo da Categoria Ex-jogadores

terça-feira, 22 de março de 2011 Eliminatórias da Eurocopa, Ex-jogadores, Seleção francesa | 19:35

Seleção, uniforme e Platini

Compartilhe: Twitter

Desde a segunda-feira, a seleção francesa se prepara em Clairefontaine para os compromissos contra Luxemburgo, na sexta-feira (25, 17h de Brasília), pelas Eliminatórias da Eurocopa 2012, e contra Croácia, em amistoso na terça da semana que vem (29, também às 17h) – não achei nenhuma transmissão nas TVs. Se alguém encontrar, avise!

Hoje rolou treino com portões fechados e para amanhã está prevista coletiva com o téncico Laurent Blanc antes de uma nova atividade. O ex-jogador Just Fontaine, artilheiro da Copa de 1958, foi convidado para passar a quarta-feira ao lado do grupo, um bonito gesto!

Sobre o time que deve entrar em campo na sexta, Evra e Ribéry devem ser titulares e Menez e Alou Diarra parariam no banco, ao que indicam as primeiras movimentações. Do meio para a frente, teríamos M’vila, Gourcuff, Nasri, Malouda, Ribéry e Benzema, uma formação interessantemente ofensiva – que é o que se espera contra um adversário como Luxemburgo…

Camisa 2 dos Bleus
Fiquei devendo aqui o novo uniforme de visitante, que saiu já faz um tempo. A Nike adotou um estilo “marinheiro” que me agradou, embora esteja mais para roupa de passeio, não? Clique nas imagens abaixo para ampliá-las


Platini reeleito
O ex-jogador francês mais bem-sucedido da cartolagem mundial está apto para cumprir outro mandato na presidência da Uefa, até 2015. Marcado por ampliar as ligas dos Campeões e Europa, além da Eurocopa, Michel Platini não teve oposição na última eleição. Afirmou que pretende nomear uma mulher para o Conselho Executivo da entidade, para, com essa atitude simbólica, fazer evoluir a mentalidade da Uefa. E falou das principais metas para a próxima gestão:

“As principais ações a implementar nos próximos quatro anos são a renovação do prestígio das competições de seleções, implementação definitiva das medidas de fair play financeiro, luta contra a violência e as fraudes nas apostas e o fim da discriminação institucional”. Será que ele consegue?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 4 de março de 2011 Ex-jogadores, Extracampo, Franceses no mundo | 19:32

O rei, o pop e o figura

Compartilhe: Twitter

Por conta de viagem neste Carnaval, talvez só volte aqui na quarta-feira. Quem quiser conferir o resultado da rodada do Francês (resultats) e a classificação atualizada (classement) pode clicar aqui: http://www.francefootball.fr/ligue-1/resultats.html . Até a volta!

***

Viram quem está “causando” em nome do New York Cosmos em visita à Ásia? Eric Cantona, ex-jogador francês, estrela de cinema e ainda mito, o Rei Pelé, que dispensa apresentações, e… Cobi Jones, ele mesmo!  

O ex-jogador norte-americano de estilo inconfundível (que passou por Coventry City-ING, Vasco da Gama! e Los Angeles Galaxy), recordista em número de partidas pelos EUA, faz parte, ao lado de Cantona, da diretoria do Cosmos, que obviamente explora seu maior garoto propaganda, Edson Arantes do Nascimento, no projeto de renascimento do futebol do clube que deve se completar em 2014.

O NYC formalizou parceria com o Courts Young Lion, ajudando no desenvolvimento da base do clube cingapuriano.  Só a fumaça que o trio levantou já foi suficiente para o nome, camisa e representantes do Curts ganharem as lentes da imprensa mundial…

Nos anos 1970, o Cosmos realizou excursão por Cingapura, Hong Kong e China. Somente Pelé irá para Hong Kong (rala, rei!), entre 6 e 9 de março, quando o tour asiático se encerrará.

cantona_pele_ap

Olha o respeito! Em conferência de imprensa em Cingapura, Cantona fala, Pelé escuta (AP)

cantona_cobi_jones_ap

Eric ao lado de Cobi N'Gai Jones, o indefectível: diretoria malemolente no NY Cosmos (AP)

cantona_pele_camisas_afp

Pelé com a camisa do Cosmos e dirigentes com a camisa do Courts Young Lion. Cantona, só com a presença (AFP)

cantona_autografo_getty

Ofícios de ser estrela no Jalan Besar Stadium. Depois de Cingapura, somente Edson parte para Hong Kong (Getty Images)

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 Brasileiros contra a França, Copa do Mundo, Ex-jogadores, Seleção francesa | 17:55

France vs Brésil: História é o que não falta

Compartilhe: Twitter

Quarta-feira agora, cotidianamente conhecida como amanhã, as seleções masculinas de futebol de França e Brasil farão o 14º confronto desde sempre. A vantagem é ligeiramente brasileira: cinco vitórias, contra quatro francesas (21 gols canarinhos, 18 bleus). Foram quatro empates também, o que permite enxergar bastante equilíbrio no retrospecto.

Se bem que, nos últimos cinco embates, nada de vitória brasuca – a última foi há quase 20 anos, em 1992. De todos os participantes do jogão que se aproxima, cinco são os personagens que já disputaram um França x Brasil: Laurent Blanc, Eric Abidal, Alou Diarra, Florent Malouda e Robinho. O único francês que perdeu foi o técnico, quando era jogador, ainda no século 20…

Eis os duelos:

lequipe_13_07_1998

"Para a eternidade", sobre 12/07/1998 (Zidane, Djorkaeff e Petit na foto)

01/07/2006França 1 x 0 BrasilCopa do Mundo (Alemanha)
Apesar da desvantagem histórica, a última lembrança, entretanto, é doce para os europeus e catastrófica para os sul-americanos. A maestria de Zinedine Zidane e o gol de Thierry Henry em Frankfurt classificaram a França para a semifinal, mandando o Brasil de Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e Kaká para casa na Copa. Quer rever os melhores momentos? Vídeo no pé do post! (com Galvão Bueno é mais gostoso…)

20/05/2004 – França 0 x 0 BrasilAmistoso (Saint-Denis)
Comemoração do centenário da Fifa, com os então campeões do mundo e da Europa em campo. Uniformes à moda antiga, pompa e circunstância, mas nada de gols, até porque Grégory Coupet foi muito bem.

07/06/2001Brasil 1 x 2 FrançaCopa das Confederações (Suwon, Coreia do Sul)
Semifinal do torneio ocorrido um ano antes do Mundial asiático. Pirés abriu o placar, Ramon empatou para a seleção de Emerson Leão (que tinha Leomar, Carlos Miguel, Robert e outros craques) e Desailly deu a vitória aos franceses.

12/07/1998 – França 3 x 0 BrasilCopa do Mundo (Saint-Denis) 
Eis que o mundo da bola conhece e reverencia Zizou – premiado, dias atrás, com o Laureus por sua carreira no esporte – autor de dois gols e vencedor de um duelo que não houve com Ronaldo, na época ainda Ronaldinho. Petit fechou o caixão do time do mestre Zagallo (veja o que o ex-volante faz da vida hoje). No último domingo, a edição impresa do L’Équipe relembrou o fato. O vídeo está lá no pé (tem Galvão? mas é claro!)

03/06/1997 – França 1 x 1 BrasilTorneio da França (Lyon)
Partida inaugural do mini-campeonato, que reuniu ainda Inglaterra (a campeã) e Itália. Roberto Carlos abriu o placar com aquela célebre bomba que fez uma impressionante curva para vencer Barthez. No segundo tempo, o empate veio com o obscuro Marc Keller, atacante que passou por clubes medianos nos anos 1990 e atualmente é dirigente do Monaco. Em seis jogos pelos Bleus, seu único gol foi aquele propiciado pelo rebote de Taffarel.
 
26/08/1992 – França 0 x 2 Brasil Amistoso (Parc des Princes, Paris)
Não me lembro deste jogo (tinha 10 anos na época…), nem achei vídeo no YouTube. Os Bleus, que tinham demitido Michel Platini do comando da equipe quase dois meses antes, foram comandados por Gerard Houllier, com Aimé Jacquet como preparador físico. O time já tinha os futuros campeões mundiais Blanc, Deschamps e Petit, assim como Papin e Ginola lá na frente. 

 
 

platini_alemao_86

Platini precedeu Zidane no posto de "francês mais odiado pelos brasileiros no futebol"

21/06/1986 Brasil 1 (3) x 1 (4) França Copa do Mundo (México)
Embora o estádio Jalisco tenha sido o principal palco do tricampeonato mundial em 1970, a última aparição canarinho por lá em Copas teve sabor amargo para a torcida brasileira: no duelo dos craques de então, Michel Platini deixou Zico para trás nas quartas-de-finais em Guadalajara, quando o Galinho perdeu pênalti, defendido por Joel Bats, que alteraria o placar de 1 a 1 no tempo normal e poderia ter evitado a posterior disputa por penalidades. Platini marcou o único gol sofrido pelo Brasil na Copa nos 90 minutos regulamentares. 
 
15/05/1981 – França 1 x 3 Brasil – Amistoso (Parc des Princes)
Zico, Reinaldo e Sócrates decretaram a vitória brasileira, com Didier Six descontando perto do final para os Bleus, que tinham Jean Tigana, hoje técnico do Bordeaux, naquele grupo.

01/04/1978 – França 1 x 0 Brasil – Amistoso (Parc des Princes)
Michel Platini decidiu aos 41 minutos do 2º tempo.
 
30/06/1977
 – Brasil 2 x 2 FrançaAmistoso (Maracanã, Rio de Janeiro)
Edinho e Roberto Dinamite deixaram os brasileiros em vantagem, mas Didier Six e Marius Trésor igualaram o placar final. Platini jogou os 90 minutos, assim como Bernard Lacombe, então atacante e posteriormente treinador e dirigente do Lyon.

28/04/1963França 2 x 3 BrasilAmistoso (Olympique des Colombes, Paris)
Os três gols brasileiros constam no currículo de um tal de Edson Arantes do Nascimento…

24/06/1958 – Brasil 5 x 2 FrançaCopa do Mundo (Suécia)
Just Fontaine, artilheiro do Mundial com incríveis 13 gols em 6 jogos (recorde até hoje), fez um dos gols franceses em Estocolmo. Raymond Kopa deu passe para os dois tentos gauleses. Mas Pelé, três vezes, Vavá e Didi arruinaram o sonho europeu de chegar à final. No YouTube dá para assistir a essa relíquia histórica, dividida em várias partes (procure por “World Cup 1958 Full Game Semifinal Brazil vs France”).

01/08/1930 – Brasil 3 x 2 FrançaAmistoso (Laranjeiras, Rio de Janeiro)
Primeiro duelo da história, vitória dos anfitriões de virada.

*Mais curiosidades sobre Brasil x França, como as comparações dos valores de passe de todos os jogadores convocados pro jogo de amanhã, você acha no blog Futebol em Números, do iG.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 Ex-jogadores, Extracampo, Franceses no mundo | 01:53

Cantona nos States

Compartilhe: Twitter

É com pompa de rei que Eric Cantona chega a Nova York, Estados Unidos. O ex-jogador francês virou diretor de Futebol do New York Cosmos, que ficou conhecido mundialmente como o clube por onde Pelé encerrou a carreira, nos anos 1970.

O time de futebol, que existiu entre 1971 e 1985, ressurge para a modalidade, e caberá ao polêmico ex-atacante do Manchester United – jogador do século do time inglês, segundo texto no site do clube estadunidense – comandar a formação da nova equipe (será que vai tentar implementar sua filosofia de sempre tirar satisfação com torcedores que o provocarem?). 

Bonne chance a lui! Boa sorte, “king Eric”

cantona_cosmos

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 22 de outubro de 2010 Ex-jogadores | 17:50

Momento retrô: Carlos Valderrama!

Compartilhe: Twitter

Volta e meia o site da revista France Football coloca uma reprodução, na home page, da capa da revista há 20 anos. E aí dá para se deparar com figuras de impacto, como essa:

france_football_valderrama_montpellier_1990

Clique na imagem para admirá-lo e se admirar ainda mais (France Football)

O meia colombiano Carlos Alberto Valderrama (02/09/1961), natural de Santa Marta (onde tem uma estátua dele!), marcou a infância de quem foi infante nas Copas do Mundo de 1990, 1994 e 1998 (eeeu!) e pôde admirar sua bela cabelereira nos álbuns de figurinhas de então. Agora, informações secundárias: começou no Unión Magdalena, em 1981, e passou por Millionarios e Deportivo Cali antes de se transferir para a Europa, onde defendeu Montpellier e Valladolid, da Espanha. Voltou ao país natal e encerrou a carreira nos Estados Unidos, depois de perambular por lá, em 2004, no Colorado Rapids. 

A foto acima, da edição da FF de 18 de setembro de 1990, mostra Valderrama com a camisa (peladinha heim…) do Montpellier, que defendeu entre 1988 e 1991. Não por acaso, foi justamente a fase mais vitoriosa da história do clube fundado em 1919: título da Copa da França de 1990 (o 2º e último, depois de 1929), terceira colocação na Ligue 1 1987/1988 (melhor posição de sempre), e quartas-de-finais da Copa dos Campeões da UEFA (antiga Liga dos Campeões da Europa) em 1991. O time da época era realmente bom, contando com o zagueiro-líbero Laurent Blanc (maior artilheiro da história do MHSC, pasme!) e o atacante Eric Cantona em seus quadros.

Descobrindo agora o que Valderrama fez pelo MHSC, entendo que o clube pode ter pensado nisso quando contratou o também colombiano Victor Hugo Montaño, em 2005. O atacante ficou por lá durante longos cinco anos, tendo se transferido na última janela para o Rennes, atual líder do Campeonato Francês.

Sempre que achar figuraças ou fatos relevantes do passado, da France Football ou outra fonte que o valha, colocarei aqui. Aceito sugestões também :)

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 30 de setembro de 2010 Brasileiros na França, Ex-jogadores, Torneios europeus | 18:16

Os pontos esperados na Liga Europa

Compartilhe: Twitter
Nenê repetiu Michel Bastos na façanha de acertar um belo chute fora da área e estufar as redes nessa semana por uma competição europeia (AFP)

Nenê repetiu Michel Bastos na façanha de acertar um belo chute fora da área e estufar as redes nessa semana por uma competição europeia (AFP)

 

PSG tinha que vencer, Lille no mínimo precisava empatar: foi o que aconteceu na segunda rodada do “torneio B” de clubes europeus, com gol brasileiro na França. O curioso foi ver o ex-atacante brasileiro Sonny Anderson comentando o jogo do LOSC para o Canal+ Sport. Com passagens por Olympique de Marselha, Monaco e Lyon, ele é hoje treinador dos atacantes lioneses e embaixador do clube.


Paris Saint-Germain 2 x 0 Karpaty

Não veio a goleada que eu queria porque os donos da casa, com 2 a 0 já aos 20 minutos do primeiro tempo, diminuíram o ritmo. Jallet e Nenê acertaram tirambaços de fora da área, definindo o placar no Parc des Princes – veja os gols no vídeo abaixo

Com a derrota do Borussia Dortmund em casa para o Sevilla (1 a 0), o PSG lidera o grupo J, com seis pontos, seguido por Sevilla e Borussia, com três. Na próxima rodada, dia 19 de outubro, um pega difícil para o time francês: vai a Dortmund para encarar o mordido rival alemão, encerrando o turno da fase de grupos.

A finalização certeira de Frau que não perdoou nem o gramado na Bélgica (AFP)

A finalização certeira de Frau que não perdoou nem o gramado na Bélgica (AFP)


Gent 1 x 1 Lille

Pierre-Alain Frau fez o gol de empate, depois que o time belga saiu na frente – um belo tento após jogada individual pelo lado direto do ataque lilleano. Um ponto não é tão bom como três, mas é melhor que nada, até porque impede que seu adversário pontue mais que você…

Com os 5 a 0 do Sporting Lisboa sobre o Levski Sofia, o LOSC divide a lanterna do grupo C justamente com o adversário belga desta quinta (Sporting tem 6, Levski 3), com um ponto ganho. No dia 21, recebe o time búlgaro, precisando da vitória para superá-lo na tabela e fechar o turno provavelmente como segundo colocado da chave.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 24 de setembro de 2010 Ex-jogadores, Franceses no mundo | 12:31

"Ninguém o chamou ainda. Melhor assim"

Compartilhe: Twitter
Enzo - tal qual Zinedine - Zidane (France Football)

Enzo - tal qual Zinedine - Zidane (France Football)

É o que diz Zinedine Zidane sobre uma provável convocação do filho, Enzo, para a seleção espanhola (ele vive no país e defende o Real Madrid) ou francesa sub-16. O jovem atacante de 15 anos, já observado por dirigentes das duas seleções, provavelmente será chamado por ambas (o técnico espanhol Gilles Melendez disse que falará com Zizou em outubro agora), mas a decisão pelo país a defender ainda não precisa ser definitiva, pois ele tem até os 21 anos para fazer isso.

Por mais que se reconheça cada vez que vê o pimpolho com a bola, o craque francês das Copas de 1998 e 2006 quer mais é que o moleque estude e cumpra com suas obrigações escolares, para só depois decidir o que quer da vida. Mas se até as roulettes (dribles chamados de roletas ou carretilhas) do pai ele faz tão bem, a ponto de já estar num Real Madrid da vida e ser cortejado por duas fortes seleções nacionais, como evitar que a bola o seduza?

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 10 de agosto de 2010 Ex-jogadores, Seleção francesa | 17:52

Seleção em dose dupla. E Zizou vem aí

Compartilhe: Twitter

Nesta quarta-feira, não teremos apenas a estreia da seleção francesa adulta sob comando de Laurent Blanc, em amistoso contra a Noruega, em Oslo, às 16h15 de Brasília. O time sub-21, chamado de France Espoirs, também vai a campo: pelas Eliminatórias da Eurocopa da categoria, pega a Bélgica em Vannes, às 13h15 de Brasília, com nomes bem conhecidos, como os lioneses Maxime Gonalons, volante, e Lamine Gassama, zagueiro.

frança nasri mexes

Nasri e Méxès no estádio Ullevaal, palco do amistoso (AFP)

Blanc não confirmou o time titular em Oslo, tendo testado duas formações no primeiro treino: 4-4-2 (com M’Vila e Hoarau) e 4-2-3-1 (com Cabaye e Nasri). E tudo indica que Philippe Méxès será o capitão, já que o zagueiro da Roma o acompanhou na coletiva de imprensa pré-jogo.

Jornalista que está cobrindo a França, Tom Williams disse que o time que encerrou o treino final tinha Ruffier; Fanni, Méxès, Rami e Cissokho; M’Vila, Sissoko, Nasri e N’Zogbia; Hoarau e Remy. Eu prefereria uma escalação inicial com a mesma defesa, mas tendo Lass, Ben Arfa, Ménez e Benzema. Que tal?

Reforço extra-campo
A partir de setembro, quando se iniciam as Eliminatórias para a Eurocopa 2012, Blanc terá um reforço de peso no trabalho com os novos Bleus: Zinedine Zidane estará presente na concentração, ao lado dos jogadores, para tentar transmitir aos atletas o espírito vencedor que demonstrou quando jogava. Fabien Barthez, outro da geração vencedora 1998-2000-2006, já auxilia os goleiros da seleção nesse pós-Copa 2010.

Essa vinda de Zidane é uma jogada hábil do treinador, trazendo um crítico da seleção (contundente nos últimos meses) para dentro dela, a fim de ajudá-la – claro que o fato deles serem amigos e terem sido colegas de seleção por vários anos também pesa. O primeiro compromisso francês no torneio qualificatório será no dia 3 de setembro, contra a Bielorrússia, no Stade de France. Que essa nova empreitada seja mais uma jogada de sucesso de Zizou!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 22 de julho de 2010 Ex-jogadores | 21:40

Que rosa mais feio…

Compartilhe: Twitter

Três campeões mundiais pela França participaram, nesta quinta-feira, de uma partida beneficiente durante um torneio de golfe em Évian-Les-Bains. Zinedine Zidane (presente em 11 de cada 10 jogos beneficentes extra-temporada), Laurent Blanc, novo técnico da seleção, e Bixente Lizarazu, ex-lateral-esquerdo e apresentador de rádio.

Até aí, louvável. Mas o uniforme escolhido para vestir as estrelas deixou a desejar, não acham? Pelo site oficial do Evian Masters Golf Tournament, que só reúne jogadorAS, parece que o rosa é mesmo regra…

lizarazu blanc zidane

Da esquerda para a direita: Lizarazu, Blanc (encoberto) e Zidane entram em campo desse jeito aí... (AFP)

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 14 de junho de 2010 Copa do Mundo, Ex-jogadores, Seleção francesa | 00:39

"Domenech não é um treinador"

Compartilhe: Twitter

Trata-se de uma das frases mais faladas e pensadas por aqueles que acompanham a França nos últimos tempos. Mas neste domingo, durante a Copa 2010, não foi dita publicamente por mim nem por você, pobres mortais anônimos. Veio da boca de um dos franceses mais influentes no mundo do futebol: Zinedine Zidane.

Presente em Polokwane para conferir de perto a estreia da “sua” Argélia (país de origem da sua família, pois Zizou nasceu em Marselha) contra a Eslovênia, ele foi bem claro: “Domenech é apenas um selecionador, não um treinador. Penso que montou uma seleção, escolheu os jogadores, mas um treinador precisa dar ordens”, declarou, chamando Raymond de “frouxo”.

Zidane foi além e disse que os jogadores precisam chamar a responsabilidade em campo, serem menos individualistas e buscarem o jogo coletivo, para terem sucesso. Exageradas ou não, penso que as palavras do ídolo podem ser muito úteis para mexer com os brios dos Bleus já contra o México, na quinta. Serão?

frança domenech treino

Raymond só tem dado bola fora ultimamente, mas ainda há Copa para se reverter isso... (AP)

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. Última