Publicidade

sábado, 27 de junho de 2015 Futebol feminino | 00:15

Francesas param nas alemãs e adiam novamente o sonho

Compartilhe: Twitter
Na hora do desconsolo, a experiente meia Abily não resistiu às lágrimas

Na hora do desconsolo, a experiente meia Abily não resistiu às lágrimas

Por mais que eu torcesse totalmente pra França hoje, se tivesse que apostar algum turu antes do jogo contra a Alemanha, pelo Mundial no Canadá, ia nas germânicas. E se houvesse que botar minhas fichas em uma das duas seleções assim que a disputa foi pras penalidades, também não seria nas gaulesas. Da mesma forma que, mesmo torcendo para o Brasil, palpitaria em EUA ou Japão contra o time verde e amarelo.

Nesses momentos decisivos, normalmente quem é mais carrancudo e frio leva.

Foi uma grande pena, não somente pela torcida, mas porque as francesas foram melhores na maior parte dos 90 minutos, criando perigo ao gol adversário. Abriram o placar merecidamente, com A MUSA Necib. Até que uma infelicidade fez um cruzamento alemão bater no braço de uma imprudente Majri dentro da área, e elas empataram perto do final do segundo tempo.

-> Assista aos gols do tempo normal e dos pênaltis

Nos pênaltis, as eficientes alemãs converteram todos, e lá no último da série regulamentar, a ótima goleira delas, Angerer, defendeu uma cobrança ruim de Lavogez.

Assim como nas quartas de finais da última Copa do Mundo masculina, a Alemanha derrotou a França, e por pouco. Só que a seleção masculina não terá a chance que a feminina ainda tem, no ano que vem, de buscar o título (ou, ao menos, uma medalha no pódio) olímpico, aqui no Rio de Janeiro. Talento pra isso elas têm. Não sabemos se esse experiente grupo francês continuará junto, pois a base é bem veterana, com várias jogadoras somando muitos anos e dezenas de partidas com a seleção. Mas é claro que vamos apoiar.

Autor: Tags: , , , ,

2 comentários | Comentar

  1. 22 Bruno Pessa 02/07/2015 14:19

    Vamos torcer pra que não bata sempre na trave, José Luis…rs

  2. 21 José Luis Aquino 01/07/2015 13:37

    Grato pela reportagem! O bom e que a seleção feminina tem cacife para competir com as melhores. meio a cara do PSG na liga e até mesmo a seleção masculina de futebol, quer dizer o futebol francês que acompanhamos com paixão “vai” sempre bater na trave,fica o rugby!

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.