Publicidade

domingo, 13 de abril de 2014 Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 19:59

Lyon bate PSG e Monaco vence: decisão adiada

Compartilhe: Twitter

Enriquecido em 14/04

O presidente do Montpellier, Louis Nicollin, o colombiano Carlos Valderrama e o prefeito da cidade, Philippe Saurel

O presidente do Montpellier, Louis Nicollin, o colombiano Carlos Valderrama e o prefeito da cidade, Philippe Saurel, momentos antes do time local enfrentar o Marselha

Quando Valderrama estava no MHSC (sempre foi moleza achá-lo nessas fotos...)

Quando Valderrama estava no MHSC (sempre foi moleza achá-lo nessas fotos…)

Antes de falarmos dos placares que importam, acima a foto da figura que importa. Em 2010, na seção Momento Retrô, postei aqui sobre a passagem do emblemático Valderrama, “El Pibe de la Mosson”, pelo Montpellier. Quem também viu Montpellier 2 x 3 Olympique de Marseille in loco, no Stade de la Mosson, foi Marcelo “El Loco” Bielsa, provavelmente o treinador do OM para a próxima temporada.

Rennes 0 x 1 Monaco no sábado, Lyon 1 x 0 PSG no domingo. A Ligue 1 segue indefinida, ao menos até o final da próxima rodada, a de número 34. Rivière foi o nome do gol para os monegascos, e Ferri o dos lioneses (depois de uma saída errada de Lavezzi), no clássico dos “eliminados recentes nas ligas europeias”…

A diferença entre líder Paris e vice Monaco caiu pra 10 pontos, restando 15 a jogar. Continuo achando que não teremos disputa…

A luta pelo terceiro lugar do Campeonato Francês, que parecia mais animada, enfraqueceu-se com a vitória do Lille (1-0 Valenciennes), que foi a 63 pontos, e o empate do seu perseguidor mais próximo, o Saint-Etienne (2-2 Stade de Reims), que chegou a 56.

Ligue 2
Metz (61 pontos, ainda joga pela rodada amanhã) e Lens (56 pontos) estão com o acesso bem encaminhado, mas o terceiro a subir segue totalmente indefinido. Iguais em 50 pontos, a 6 rodadas do final (18 pontos em disputa), estão Caen, Nancy, Chamois Niortais e Angers.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.