Publicidade

quarta-feira, 11 de agosto de 2010 Seleção francesa | 18:12

Derrotas

Compartilhe: Twitter

Charles N'Zogbia, uma das novidades francesas, em ação no estádio Ullevaal (AP)

*Não consegui ver o jogo. Quem conseguiu ou tiver mais o que contar, por favor pratique o jornalismo colaborativo nos comentários!*

Laurent Blanc levou a campo os seguintes jogadores em sua estreia: Ruffier; Fanni, Rami, Méxès e Cissokho; Mvila, Sissoko, Nasri e N’Zogbia; Hoarau e Rémy. O primeiro tempo acabou sem gols, com a França tendo dificuldade em superar a marcação norueguesa.

Para a segunda etapa, Lass Diarra, Ben Arfa e Ménez vieram para o jogo, nos lugares de Sissoko, N’Zogbia e Rémy. No seu segundo toque na bola, o meia do Olympique de Marselha acertou um chute de 25 metros sem defesa para o goleiro adversário Knudsen, abrindo o placar em Oslo. Bem, Arfa! Vendo o gol mais tarde, na TV, podemos dizer que foi um forte arremate de canhota, no canto.

Mas não teve nada de tranquilidade para os Bleus, porque dois minutos depois os donos da casa empataram, com Huseklepp – em chute cruzado que, vendo pela TV, dava impressão de que Ruffier poderia ter desviado se tivesse ido para a bola com mais firmeza…

Aos 16 minutos, Benzema substituiu Hoarau. Porém, o gol de empate motivou a Noruega, que alcançou a virada novamente por intermédio de Huseklepp, que recebeu em contra-ataque, após bobeada feia de Diarra, ficou frente a frente com Ruffier e não desperdiçou, fazendo 2 a 1 aos 27. Sem entrosamento, sobretudo na defesa, o time francês não conseguiu o empate e a Era Blanc começou com derrota mesmo. Mas vamos com calma antes de levantar as pedras em sua direção…

O retrospecto francês contra a Noruega agora é menos favorável, apontando quatro vitórias, quatro empates e três derrotas. Mais cedo, a seleção sub 21 também não foi bem em seu compromisso oficial, pelas Eliminatórias para a Eurocopa da categoria: 1 a 0 para a Bélgica. Dirigido por Erick Mombaerts, o time teve Carrasso; Yanga-Mbiwa, N’Goyi, Mangala e Tabanou; Gonalons, N’Zonzi, (Martin), N’Gog (camisa 10 e capitão!) e Biabiany (Rivière); Roux e Aït-Fana (Sako).

Karim Ait Fana frança belgica sub 21

Karim Ait Fana, do Montpellier, cai num dia mesmo de quedas... (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

4 comentários | Comentar

  1. 24 José Afonso Jr 13/08/2010 12:17

    Eu gosto do Hoarau. Pelo PSG ele confere. Talvez com mais regularidade no selecionado, com o Blanc, com as convocações… A seleção como um todo acredito que evolua com o tempo. Au revoir.

  2. 23 tubarão 11/08/2010 22:15

    O jogo em Sarajevo, no dia da Independência do Brasil, pode ser de igual pra igual. A Seleção-Azul-e-Branca-do-Leste-Europeu também não ganhou. Pior: ao contrário dos Bleus, jogou em casa!

  3. 22 Filipe Frossard Papini 11/08/2010 20:48

    Com Rémy e Hoarau no ataque, ia ser difícil mesmo. Ben Arfa e Benzema não são banco nesse time jamais!…

    To achando que vou pleitear uma vaguinha quando o Blanc cair viu. Parece que só tem gente burra pra treinar na França. Ta doido!

  4. 21 Mário André Monteiro 11/08/2010 18:48

    Alemanha também não foi bem no seu amistoso e no sub-21. Paciência…

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.